Matérias Mais Lidas

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemO dia que os membros do Black Sabbath foram amaldiçoados por uma seita satânica

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemShavo Odadjian, baixista do System Of A Down, conta quais álbuns mudaram sua vida

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemIntegrantes do Rush relembram a época que abriram shows para o Kiss, em 1975


Kataklysm: longe do tédio com novo álbum

Resenha - Prevail - Kataklysm

Por Clóvis Eduardo
Em 10/07/08

Nota: 8

Depois de três anos do lançamento do último CD – "In The Arms Of Devastation" – os canadenses do Kataklysm surpreendem com mais um trabalho pesado e instigante. O Death Metal moderno continua forte, grudento e candidato para se tornar uma peça fundamental na coleção dos headbangers.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Até pode-se dizer que "Prevail" vem da mesma fonte de "In The Arms Of Devastation", pois os riffs cheios de melodias sombrias, urros para todos os lados, e um kit de bateria que mais parece uma metralhadora continuam ao longo de 10 boas faixas. A linha de guitarras do Kataklysm percebeu que reduzir o número de solos é também uma alternativa para alcançar melhor diversificação. Não que as canções perderam o brilho e contraste natural, mas o instrumental pesado e a harmonia criam uma atmosfera rígida e bem característica dos últimos trabalhos dos canadenses. Afinal, o Kataklysm é hoje uma banda forte da cena Death Metal old School, recatado, rastejante e repugnante. Mas ela não deixa nunca a peteca cair quando o assunto são velocidade e criatividade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os vocais têm efeitos que multiplicam os versos de Maurizio Iacono como se a banda tivesse uma linha de frente formada por diferentes vocalistas. Os tons mais guturais são a melhor alternativa para ele, mas ao explorar novos caminhos, Iacono tende em pouco tempo a acertar no caminho, principalmente quando em momentos mais rasgados.

No mesmo estilo em que "In The Arms Of Devastation", o novo disco tem músicas rápidas e de fácil assimilação ao headbanger. Max Duhamel repete a técnica diferenciada de "blast beat" (procure alguns vídeos de como ele movimenta a baqueta), e está de novo muito bem, devido à complexidade e ao ritmo alcançado. Virtude dele, claro, um grande diferencial da banda, quando coloca mudanças de andamento em cada uma das canções, como na excelente "As Death Lingers", completada pelas palhetadas de Jean-Francois Dagenais e do baixo pulsante de Stephane Barbe.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É mais uma boa surpresa para o ano de 2008. O Kataklysm já se firmou como referência no Death Metal, e Prevail, é uma boa pedida para quem quer conhecer ao mesmo tempo a junção entre melodias sombrias, técnica apurada e a modernidade dos tempos.

Nuclear Blast


Outras resenhas de Prevail - Kataklysm

Resenha - Prevail - Kataklysm

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metal Hammer: As melhores músicas da história do Death Metal



Sobre Clóvis Eduardo

Clóvis Eduardo Cuco é catarinense, jornalista e metaleiro.

Mais matérias de Clóvis Eduardo.