[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Soturnus: sem inovação, mas lúcido e bem resolvido

Resenha - When Flesh Becomes Spirit - Soturnus

Por Ben Ami Scopinho
Postado em 04 de maio de 2008

Nota: 8

Natural de João Pessoa (PB), o Soturnus passou entre 2000 e 2006 lutando por seu espaço e conseguindo liberar duas demos que, aos poucos, lhe possibilitou tocar por várias capitais nordestinas, inclusive no já famoso festival cearense ForCaos, e ainda garantindo sua presença nas coletâneas "Suspiria De Profundis" e "IV Blizzard Of Rock".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Um passo importante ocorreu no próprio ano de 2006, em função da saída simultânea de vários de seus integrantes. O Soturnus mostrou persistência e os fundadores Rafael Basso (voz e guitarra), Guilherme Augusto (baixo) e Eduardo Vieira (bateria) decidem recrutar o guitarrista Andrei Targino e dar uma nova orientação a seu Gothic Metal, agora abolindo as vocalizações femininas e os teclados.

E muitos considerarão esta mudança como acertada. A adaptação de algumas antigas canções e a inclusão de outras preparadas especialmente para a ocasião fazem de "When Flesh Becomes Spirit" uma obra de sonoridade abrangente, que transita por várias fases e climas, sucedendo-se uns aos outros. Estilos como o Doom, Gothic, Death e ainda o Death Melódico, além do uso de vocalizações extremas ao lado de outras limpas, aparecem em sua forma mais pura ou devidamente mescladas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

A preocupação dos paraibanos em estrear com um disco de alta qualidade é louvável. A produção ficou ao encargo de Marcello Pompeu e a mixagem e masterização foram feitas por Heros Trench, ambos do Korzus. O projeto visual é muito bonito, obscuro e exprime todas as paixões e dores humanas que o conjunto aborda em suas letras.

Ainda que o Soturnus não apresente nada de inovador, tudo em "When Flesh Becomes Spirit" é lúcido e bem resolvido, tendo pontos marcantes em "On The Verge Of Changes", a faixa-título ou "Ten Rainy Summers". Um trabalho independente que envolveu muita dedicação e bastante recomendável aos que apreciam Heavy Metal elegantemente sombrio, melódico, extremo e totalmente sintonizado com o underground.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

Formação:
Rafael Basso - voz e guitarra
Andrei Targino - guitarras
Guilherme Augusto - baixo
Eduardo Vieira - bateria

Soturnus - When Flesh Becomes Spirit
(2007 / independente – nacional)

01. Stimuli
02. On The Verge Of Changes
03. When Flesh Becomes Spirit
04. Fragments
05. The Dark Night Of Reality
06. Ephemeral Lives
07. The Weight Of Life
08. Cry Of Dawn
09. Pain And Pleasure
10. Ten Rainy Summers
11. Hollow Nights

Homepage: www.soturnus.com

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".
Mais matérias de Ben Ami Scopinho.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS