RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA rockstar famosa que rejeitou Steven Tyler por não gostar de algo tão grande

imagemO grave erro de Kiko Zambianchi aos 15 anos que o inspirou a compor "Primeiros Erros"

imagemOzzy Osbourne explica porque o Black Sabbath não pode mais voltar

imagemA banda brasileira que Metallica virou fã e convidou para os EUA depois de tocar junto

imagemO surpreendente país da Europa em que Angra é idolatrado e devia fazer mais shows

imagemA separação dos Beatles segundo a visão de Ringo Starr

imagemShow do Babymetal terá área chamada "Mosh Pit Silencioso" onde fãs não poderão gritar

imagemSepultura e Nightwish fizeram sucesso no Metal pelo mesmo motivo, afirma Regis Tadeu

imagemIan Gillan diz que ficou desapontado com "Born Again" e jogou álbum pela janela do carro

imagemIan Gillan diz que Blackmore é um pé no saco e manda reunião para o espaço

imagemO dia que Paulo Ricardo mentiu para presidente de gravadora e fez RPM ser contratado

imagemAxl Rose reclama dos "drones piratas" que ficam sobrevoando os shows do Guns N' Roses

imagemPerfil oficial do Monsters of Rock publica fotos misteriosas com pistas sobre line-up

imagemAs "traições do movimento" mais emblemáticas do rock 'n roll

imagemA adorável opinião de Tarja Turunen sobre Floor Jansen, atual vocalista do Nightwish


Samael Hypocrisy
Stamp

Meat Loaf: mais uma vez, um grande álbum

Resenha - Bat Out Of Hell: The Monster Is Loose - Meat Loaf

Por Ricardo Seelig
Em 04/10/07

publicidade
[an error occurred while processing this directive]

Eu sou meio contra essa história de lançar sequências de álbuns de sucesso. Eles são tão representativos de uma época, tão importantes para a carreira de seus autores, que a simples menção de seus títulos já triplica a expectativa em cima do que está por vir. A vítima mais recente dessa equação foi o Helloween, que não conseguiu repetir (como já era esperado) todo o brilhantismo das duas primeiras partes de "Keeper Of The Seven Keys" ao acrescentar mais um capítulo à saga.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É por tudo isso que os resultados alcançados por Meat Loaf e seus "Bat Out Of Hell" são tão impressinantes. O americano consegue manter, mesmo trinta anos após o álbum que deu início a uma das maiores e mais bem sucedidas óperas rock da história, toda a qualidade que o material sempre possuiu.

E, diga-se de passagem, "Bat Out Of Hell: The Monster Is Loose" tinha tudo para dar errado. O principal motivo para isso foi que Meat Loaf e Jim Steinman, o compositor responsável pelos dois primeiros volumes da saga (lançados em 1977 e em 1993, respectivamente), se desentenderam e levaram a sua briga até os tribunais, fato esse que, logicamente, impossibilitou que a parceria se repetisse nesse novo álbum. Mesmo assim, sete das quatorze faixas de "Bat Out Of Hell III" são de autoria de Steinman, composições antigas e que, na maioria das vezes, já haviam sido gravadas por outros artistas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Meat Loaf, macaco velho na cena musical, buscou preencher a ausência de Steinman com o trabalho de compositores de renome, como Desmond Child e Nikki Sixx, e recheou o álbum de participações especiais acima de qualquer suspeita, como Steve Vai, Brian May e as excelentes vozes femininas de Marion Raven, Patti Russo e Jennifer Hudson.

Com isso, a qualidade de "Bat Out Of Hell: The Monster Is Loose", foi mantida lá em cima, como já fica claro na abertura. "The Monster Is Loose" vem carregada de uma dose de peso até então inédita na obra de Meat Loaf, e, além disso, mantém o clima épico e os coros apoteóticos que caracterizam suas músicas. Ouvindo-a, percebe-se que Loaf atualizou a sua obra para toda uma nova geração, e conseguiu fazer essa transição de maneira convincente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outros ótimos momentos podem ser ouvidos na grandiosa "Blind Is A Bat", na balada "It´s All Coming Back To Me Now", em "Alive", "Bad For Good" e "If It Ain´t Broke, Break It". O álbum possui uma grande quantidade de baladas, marca registrada de Meat Loaf, e composições bem típicas de AOR, que, com a interpretação de Loaf, ficam ainda mais grandiloquentes.

Finalizando, "Bat Out Of Hell: The Monster Is Loose" honra a tradição dos dois primeiros volumes, e apresenta para mais uma geração todo o talento de Meat Loaf. Mais uma vez, um grande disco.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Funerais: as músicas mais tocadas no Reino Unido

Acontece: cinco vezes em que a voz de grandes cantores falhou (ou quase)

Azarados: em vídeo, 10 rockstars sendo assassinados em filmes

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

AC/DC: A origem do nome da banda


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig.