Resenha - Believe - Burning In Hell

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Há algum tempo venho solidificando em minha mente que o metal melódico está vivendo sua fase de envelhecimento, tendendo à morte, devido ao baixo nível das bandas que vêm surgindo no cenário. Não falo apenas de maus músicos, mas sim de uma simples cópia da fórmula escancarada pelos medalhões do estilo, o que torna as novas bandas previsíveis e repetitivas. Ou seja, clones de Michael Kiske por aqui e ali, riffs chupados do Helloween e outras bandas começam a se tornar mais importantes que a música em si. Por isso, é com bastante alívio que ouço este novo da galera do Burning In Hell. Confesso que seu primeiro CD não me impressionou tanto, mas este novo mostra uma banda bem mais amadurecida. Presa aos clichês do melódico? Sim... mas pelo menos procurando mostrar variações, o que já é digno de elogios.
5000 acessosSeparados no nascimento: Sarah Jessica Parker e o mascote Eddie5000 acessosRock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os tempos

Você duvida? Ouça a primeira faixa, “Little Indian Voice”, e suas guitarras mais lentas e pesadas. Apesar de apenas reciclar o estilo em “Medusa” e “Never Surrender”, a levada pesadíssima de “Believe” impressiona. A banda ainda mostra muito bom gosto em músicas mais épicas, como “Save The Queen, Save The King” e “Stay Together Forever”.

Alguns momentos de maior destaque podem ser encontrados na speed “Code Of Honour” e na boa “Waterfalls” (que conta com a presença de Andreas Kisser nas guitarras, em bom momento). Nada originais, mas bem feitas. A suíte “Goddesses Of Fate” (dividida em duas partes) encerra um trabalho que ainda está longe de solidificar a identidade dos músicos, mas que pelo menos mostra esforço nesta direção.

Um bom CD, se você ainda curte melódico. Mais algumas lapidações e um cuidado maior com a produção (boa, mas poderia estar melhor) farão com que a banda soe mais forte e coesa.

Formação:
Leandro Moreira – Vocais
Marcelo Moreira – Bateria
Geraldo Aita – Guitarras
Thiago Della Vega – Guitarras
Ederson Prado – Baixo

Faixas:
“Indian Forest”
“Little Indian Voice”
“Medusa”
“Believe”
“Never Surrender”
“Guide Of Dead”
“Save The Queen, Save The King”
“Stay Together Forever”
“Code Of Honour”
”The Waterfalls”
“Goddesses Of Fate – I”
”Goddesses Of Fate – II”

Encore Records – 2006 (NACIONAL)

Site Oficial: http://www.burninginhell.com.br

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Burning In Hell"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Burning In Hell"

SeparadosSeparados
Sarah Jessica Parker e o mascote Eddie

Rock ProgressivoRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos

Iron MaidenIron Maiden
Bruce Dickinson diz não haver muito diálogo na banda

5000 acessosGuns N' Roses: funkeiro assassina clássico máximo da banda5000 acessosSpin: as 30 melhores faixas instrumentais de todos os tempos5000 acessosNirvana: Grohl fala como se sentiu ao reencontrar Frances Cobain4500 acessosDave Mustaine: "depois que eu saí do Metallica, eu me reavaliei"5000 acessosApocalyptica: "Natal na Finlândia é um período negro"5000 acessosVan Halen: Gene Simmons e Paul Stanley comentam a banda

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online