Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemIggor Cavalera manda ver em "Dead Embryonic Cells" ao vivo; confira drumcam

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemNovo álbum do Krisiun será lançado em julho; veja capa e tracklist

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemTobias Forge, do Ghost, diz que ABBA deveria receber um Prêmio Nobel

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil


Resenha - Believe - Burning In Hell

Por Rafael Carnovale
Em 28/01/07

Nota: 8

Há algum tempo venho solidificando em minha mente que o metal melódico está vivendo sua fase de envelhecimento, tendendo à morte, devido ao baixo nível das bandas que vêm surgindo no cenário. Não falo apenas de maus músicos, mas sim de uma simples cópia da fórmula escancarada pelos medalhões do estilo, o que torna as novas bandas previsíveis e repetitivas. Ou seja, clones de Michael Kiske por aqui e ali, riffs chupados do Helloween e outras bandas começam a se tornar mais importantes que a música em si. Por isso, é com bastante alívio que ouço este novo da galera do Burning In Hell. Confesso que seu primeiro CD não me impressionou tanto, mas este novo mostra uma banda bem mais amadurecida. Presa aos clichês do melódico? Sim... mas pelo menos procurando mostrar variações, o que já é digno de elogios.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Você duvida? Ouça a primeira faixa, "Little Indian Voice", e suas guitarras mais lentas e pesadas. Apesar de apenas reciclar o estilo em "Medusa" e "Never Surrender", a levada pesadíssima de "Believe" impressiona. A banda ainda mostra muito bom gosto em músicas mais épicas, como "Save The Queen, Save The King" e "Stay Together Forever".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Alguns momentos de maior destaque podem ser encontrados na speed "Code Of Honour" e na boa "Waterfalls" (que conta com a presença de Andreas Kisser nas guitarras, em bom momento). Nada originais, mas bem feitas. A suíte "Goddesses Of Fate" (dividida em duas partes) encerra um trabalho que ainda está longe de solidificar a identidade dos músicos, mas que pelo menos mostra esforço nesta direção.

Um bom CD, se você ainda curte melódico. Mais algumas lapidações e um cuidado maior com a produção (boa, mas poderia estar melhor) farão com que a banda soe mais forte e coesa.

Formação:
Leandro Moreira – Vocais
Marcelo Moreira – Bateria
Geraldo Aita – Guitarras
Thiago Della Vega – Guitarras
Ederson Prado – Baixo

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Faixas:
"Indian Forest"
"Little Indian Voice"
"Medusa"
"Believe"
"Never Surrender"
"Guide Of Dead"
"Save The Queen, Save The King"
"Stay Together Forever"
"Code Of Honour"
"The Waterfalls"
"Goddesses Of Fate – I"
"Goddesses Of Fate – II"

Encore Records – 2006 (NACIONAL)

Site Oficial: http://www.burninginhell.com.br

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.