Resenha - Lit Up/Let Down - Vains Of Jenna

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fábio Cavalcanti
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


A banda Vains Of Jenna, formada por 4 suecos que hoje atuam no cenário underground norte-americano, acaba de lançar seu primeiro álbum, "Lit Up/Let Down" (2006), através do selo Filthy Note Records (de Bam Magera, astro do programa Jackass). Com uma proposta de trazer de volta o "brilho" do hard rock oitentista, a banda fez um bom trabalho em seu álbum de estréia.

Burzum: A polêmica história e filosofia de Varg VikernesMetal Extremo: chocando os jurados em reality-shows

Constituído de apenas oito músicas, "Lit Up/Let Down" é fiel ao som de bandas como Guns N' Roses, Ratt e Motley Crue, mas com um toque "slease" que parece ter se tornado obrigatório nas bandas de hard rock atuais. Abrindo com a ótima "Don't Give A Damn", o Vains Of Jenna mostra de cara a sua essência, que preza o lado mais "melódico" do hard rock, mas com letras que alternam atitude punk com irreverência rock 'n' roll.

Seguindo a mesma linha de som, a banda despeja mais bons rocks como "Hard To Be Vain", "Get On The Ride", "Baby's Got A Secret", e a extensa "Set It Off", que fecha muito bem o álbum. Mas o grande destaque vai para a excelente "Ceased Emotions", a música mais crua e fiel à essência do estilo hard rock. E a faixa mais "slease" do grupo é justamente o seu primeiro single "Noone's Gonna Do It For You", que tem uma pegada veloz, quase punk.

Não podia deixar de faltar também uma balada no álbum, que é a faixa-título "Lit Up/Let Down". Com um estilo pesado e melancólico, que lembra bastante o tipo de som que as bandas de rock "mainstream" fazem atualmente, essa música pode até servir como um impulso da banda ao cenário comercial.

E por fim, o álbum traz duas faixas bônus acústicas, que são versões das músicas "Noone's Gonna Do It For You" e "Set It Off". Tais faixas servem mais como "enchimento de linguiça", já que bandas de hard rock não soam tão interessantes acústicas. Mas como são bônus, podemos simplesmente ignorá-las, e apertar "Stop" após o término de "Set It Off"... versão elétrica, claro!

Músicas:
1. Don't Give A Damn
2. Ceased Emotions
3. Hard To Be Vain
4. Lit Up/Let Down
5. Get On The Ride
6. Baby's Got A Secret
7. Noone's Gonna Do It For You
8. Set It Off
9. Noone's Gonna Do It For You (Acoustic bonus)
10. Set It Off (Acoustic bonus)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Vains Of Jenna"


Burzum: A polêmica história e filosofia de Varg VikernesBurzum
A polêmica história e filosofia de Varg Vikernes

Metal Extremo: chocando os jurados em reality-showsMetal Extremo
Chocando os jurados em reality-shows

Humor: Urros, raiva, dor, sangue! As regras do Death Metal!Humor
Urros, raiva, dor, sangue! As regras do Death Metal!

Queen: algumas curiosidades sobre a bandaQueen
Algumas curiosidades sobre a banda

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1988Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1988

Separados no nascimento: Serj Tankian e BoratSeparados no nascimento
Serj Tankian e Borat

Turma do Chaves: uma versão inusitada de Smells Like Teen SpiritTurma do Chaves
Uma versão inusitada de "Smells Like Teen Spirit"


Sobre Fábio Cavalcanti

Baiano, sempre morou em Salvador. Trabalha na área de Informática e ¨brinca¨ na bateria em momentos vagos, sem maiores pretensões. Além disso, procura conhecer novas - e antigas - bandas dos mais variados subgêneros do rock. Por fim, luta para divulgar, sempre que possível, o pouco conhecido cenário rocker da tão sofrida ¨Terra do Axé¨.

Mais matérias de Fábio Cavalcanti no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336