Matérias Mais Lidas

AC/DC: as ordens de Malcolm para quem ia subir ao palcoAC/DC
As ordens de Malcolm para quem ia subir ao palco

AC/DC: a reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vezAC/DC
A reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vez

Chorão: quando o vocalista do Charlie Brown Jr tretou com Hermes e RenatoChorão
Quando o vocalista do Charlie Brown Jr tretou com Hermes e Renato

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda

Iron Maiden: As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a LoudwireIron Maiden
As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a Loudwire

Epica: saiba tudo o que rolou em Omega Alive, a superproduzida livestream da bandaEpica
Saiba tudo o que rolou em "Omega Alive", a superproduzida livestream da banda

Guns N' Roses: quando a banda ajudou Ian Astbury, do The Cult, a fugir da políciaGuns N' Roses
Quando a banda ajudou Ian Astbury, do The Cult, a fugir da polícia

Go Ahead And Die: Não me importo em ser comparado com meu pai, diz filho de MaxGo Ahead And Die
"Não me importo em ser comparado com meu pai", diz filho de Max

Covers: dez bandas de rock e metal que gravaram álbuns para homenagear seus ídolosCovers
Dez bandas de rock e metal que gravaram álbuns para homenagear seus ídolos

David Ellefson: a diferença de trabalhar com Max Cavalera e Dave Mustaine, segundo eleDavid Ellefson
A diferença de trabalhar com Max Cavalera e Dave Mustaine, segundo ele

Metaleiro também ama: músicas escritas por bandas de metal que falam de amorMetaleiro também ama
Músicas escritas por bandas de metal que falam de amor

Kiss: veja o rápido show de volta aos palcos em Nova IorqueKiss
Veja o rápido show de volta aos palcos em Nova Iorque

Pink Floyd: os incríveis desenhos de uma inteligência artificial para músicas da bandaPink Floyd
Os incríveis desenhos de uma inteligência artificial para músicas da banda

Brian May: por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palhetaBrian May
Por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palheta

Deep Purple: a fase com David Coverdale e Glenn Hughes foi o auge da banda? (vídeo)Deep Purple
A fase com David Coverdale e Glenn Hughes foi o auge da banda? (vídeo)


Blind Guardian
Stamp

Resenha - Lit Up/Let Down - Vains Of Jenna

Por Fábio Cavalcanti
Em 07/12/06

Nota: 7

A banda Vains Of Jenna, formada por 4 suecos que hoje atuam no cenário underground norte-americano, acaba de lançar seu primeiro álbum, "Lit Up/Let Down" (2006), através do selo Filthy Note Records (de Bam Magera, astro do programa Jackass). Com uma proposta de trazer de volta o "brilho" do hard rock oitentista, a banda fez um bom trabalho em seu álbum de estréia.

Constituído de apenas oito músicas, "Lit Up/Let Down" é fiel ao som de bandas como Guns N' Roses, Ratt e Motley Crue, mas com um toque "slease" que parece ter se tornado obrigatório nas bandas de hard rock atuais. Abrindo com a ótima "Don't Give A Damn", o Vains Of Jenna mostra de cara a sua essência, que preza o lado mais "melódico" do hard rock, mas com letras que alternam atitude punk com irreverência rock 'n' roll.

Seguindo a mesma linha de som, a banda despeja mais bons rocks como "Hard To Be Vain", "Get On The Ride", "Baby's Got A Secret", e a extensa "Set It Off", que fecha muito bem o álbum. Mas o grande destaque vai para a excelente "Ceased Emotions", a música mais crua e fiel à essência do estilo hard rock. E a faixa mais "slease" do grupo é justamente o seu primeiro single "Noone's Gonna Do It For You", que tem uma pegada veloz, quase punk.

Não podia deixar de faltar também uma balada no álbum, que é a faixa-título "Lit Up/Let Down". Com um estilo pesado e melancólico, que lembra bastante o tipo de som que as bandas de rock "mainstream" fazem atualmente, essa música pode até servir como um impulso da banda ao cenário comercial.

E por fim, o álbum traz duas faixas bônus acústicas, que são versões das músicas "Noone's Gonna Do It For You" e "Set It Off". Tais faixas servem mais como "enchimento de linguiça", já que bandas de hard rock não soam tão interessantes acústicas. Mas como são bônus, podemos simplesmente ignorá-las, e apertar "Stop" após o término de "Set It Off"... versão elétrica, claro!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Músicas:
1. Don't Give A Damn
2. Ceased Emotions
3. Hard To Be Vain
4. Lit Up/Let Down
5. Get On The Ride
6. Baby's Got A Secret
7. Noone's Gonna Do It For You
8. Set It Off
9. Noone's Gonna Do It For You (Acoustic bonus)
10. Set It Off (Acoustic bonus)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Pentral
Arte Musical
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guns N' Roses: Mauricio de Sousa, o criador da Turma da Mônica, odeia a banda?Guns N' Roses
Mauricio de Sousa, o criador da Turma da Mônica, odeia a banda?

Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUATúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA


Sobre Fábio Cavalcanti

Baiano, sempre morou em Salvador. Trabalha na área de Informática e ¨brinca¨ na bateria em momentos vagos, sem maiores pretensões. Além disso, procura conhecer novas - e antigas - bandas dos mais variados subgêneros do rock. Por fim, luta para divulgar, sempre que possível, o pouco conhecido cenário rocker da tão sofrida ¨Terra do Axé¨.

Mais matérias de Fábio Cavalcanti.