Resenha - My Severance - My Severance

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 4

O My Severance é uma banda francesa que faz um heavy metal influenciado pelo gótico e pelo hard rock. Esta demo auto-intitulada sucede "Unreal", lançada em 2003.

Tom Araya: "Não sou ateu; acredito em Deus!"Heavy Metal: 10 músicas inspiradas em heróis de quadrinhos


Formada por David Correia da Silva nos vocais e guitarras, Jihane Langlois no baixo, Thelo Guyader no teclados e vocais e Bertrand Drécourt na bateria, apresenta neste novo registro três faixas que mostram muita energia e alguma dose de talento.

"In Vain", a primeira faixa, traz riffs pesados de guitarra influenciados pelo hard rock oitentista e que, aliados ao bom vocal e a intervenções certeiras dos teclados, produzem um resultado final bem satisfatório.

Já "I Pray", que vem a seguir, segue a mesma linha, mas incomoda um pouco pela repetição da mesma estrutura da canção anterior. Apesar das ótimas guitarras, incomoda, e muito, a bateria extremamente reta de Drécourt, que repete praticamente o mesmo arranjo de "In Vain".

A demo fecha com "Man Born And Fall", balada com alta carga emocional, climática, bem ao gosto dos fãs do gótico. Nesta faixa percebem-se tímidas influências doom. Na explosão sonora de seu final, quando a canção atinge o clímax, repete o erro apontado na parágrafo anterior, com linhas de bateria extremamente repetitivas.

A banda tem potencial? Tem, isso é inegável, mas é preciso ousar mais e não ficar preso apenas a uma fórmula sonora, que causa a impressão de estarmos ouvindo sempre a mesma música. Percebendo isso, o My Severance pode almejar algum futuro, caso contrário serão apenas mais um entre os milhares de grupos mundo afora.

Faixas:
1. In Vain
2. I Pray
3. Man Born And Fall

http://www.myseverance.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "My Severance"


Tom Araya: Não sou ateu; acredito em Deus!Tom Araya
"Não sou ateu; acredito em Deus!"

Heavy Metal: 10 músicas inspiradas em heróis de quadrinhosHeavy Metal
10 músicas inspiradas em heróis de quadrinhos

O Clube dos 27: 17 roqueiros que sucumbiram à idade fatídicaO Clube dos 27
17 roqueiros que sucumbiram à idade fatídica

Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Covers: alguns dos mais legais feitos por bandas de MetalCovers
Alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal

Raul Seixas: Canção salvou a carreira de Chitãozinho e XororóRaul Seixas
Canção salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

Slipknot: as mudanças na voz de Corey Taylor de 1999 a 2015Slipknot
As mudanças na voz de Corey Taylor de 1999 a 2015


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336