Resenha - Duke - Jorn

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Cara... é impressionante... Jorn Lande canta maravilhosamente bem, vem lançando CD's com uma regularidade que faria Jeff Scott Soto se assustar, se apresenta em vários shows e festivais mundo afora mas não consegue esquentar o microfone das bandas por onde passa. Seja o The Snakes (que o lançou como clone de David Coverdale), ou o Beyond Twilight (que quase o pôs na justiça), ou até mesmo o Masterplan (que durou dois CD's e veio ao Brasil em 2003), este Norueguês parece ter um temperamento a altura da qualidade de sua voz. Mais que um novo Coverdale, Jorn mostra-se capaz de cantar qualquer coisa, e sua carreira solo (que chega ao quarto CD em 5 anos!) mostra claramente essa faceta.

Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosWonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e crítica

Confesso que nunca fui um entusiasta da carreira solo de Jorn, mas este "The Duke" me impressionou. Seja pelo hardão a lá Whitesnake de "We Brought The Angels Down", ou pela levada contagiante de "Blacksong" e pelo ritmo anos 80 de "Stormcrow" (aliás Mr. Coverdale deveria sentar-se e compor com Jorn, o que acham?) ou até mesmo pelo acento mais hard-pop the "End Of Time", Jorn mostra que não está para brincadeiras. Aonde ele coloca a voz, vem música boa na certa.

A "Whitesnakiana" "Duke Of Love" e a mais heavy (cadenciada e lenta) "Burning Chains" surpreendem por serem diferentes das anteriores, mas as coisas voltam ao normal nos rockões "After The Dying" , o oitentista "Are You Ready" e a boa re-gravação de "Starfire", faixa título de seu primeiro CD, aonde Jorn flertava mais com o hard anos 70 e começo dos 80. Vale ressaltar o teclado bem colocado de Ronny Tegner, discreto, mas muito presente.

Um bruta CD, recomendado para todos os fãs das bandas pelas quais Jorn passou e até mesmo quem sequer ouviu falar dele, o que deve ser quase impossível nos dias de hoje. Obrigatório

Formação:
Jorn Lande - Vocais
Tone Moren - Guitarras
Jorn Lofstad - Guitarras
Morty Black - Baixo
Willy Bendiksen - Bateria
Ronny Tegner - Teclados

Laser Company/Rock Brigade - 2006 (NACIONAL)

Site Oficial: http://www.jornlande.com


Outras resenhas de Duke - Jorn

Resenha - Duke - Jorn




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Jorn Lande"


Jorn Lande: o nascimento do Heavy Metal, a morte de DioJorn Lande
O nascimento do Heavy Metal, a morte de Dio

Iron Maiden: ouça Jorn Lande em versão do clássico Final FrontierIron Maiden
Ouça Jorn Lande em versão do clássico Final Frontier


Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosSonho de Consumo
Os 10 palcos de shows mais desejados

Wonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e críticaWonder Years
O soundtrack do grande sucesso de público e crítica


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adGooILQ