Resenha - Gathering Wilderness - Primordial

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Belíssimo este sexto registro chamado "The Gathering Wilderness" do obscuro Primordial! Esta banda vem de Dublin, Irlanda, local praticamente isolado e sem grandes nomes no cenário da música pesada, contando com Alan Nemtheanga (voz), Ciáran MacUiliam (guitarra), Michael O'Floinn (guitarra), Pól MacAmlaigh (baixo) e Simon O'Laoghaire (bateria), pessoal já veterano no underground de seu país e com vários discos bem recebidos pelo público e mídia europeus.

Confesso que, mesmo percebendo as ótimas canções deste quinteto, algo soava de maneira estranha num primeiro momento. Somente depois de algumas audições é que o cérebro vai descobrindo o que é a música do Primordial, vai sacando detalhes e mais detalhes muito bem encaixados em canções aparentemente simples. Não espere grandes desenvolturas técnicas, aqui tudo soa bruto, mas valoriza em muito o sentimento.

publicidade

Também é difícil situar a sonoridade do Primordial. Suas raízes estão no black metal, mas se estendem de maneira muito inteligente, passando pelo doom, viking metal e outros subgêneros estranhos... Esbanja peso, tem seus momentos de melancolia e obscuridade, e possui ótimos arranjos climáticos.

Mesmo com toda sua distorção metálica, traz referências da música celta e ainda conta com a presença de violinos em algumas ocasiões. O desempenho de Alan é excelente, com suas linhas vocais ríspidas e mesmo assim melódicas e repletas de emoção, cantando os fatos históricos de seu país.

publicidade

O único ponto que realmente não entendi foi a escolha destes irlandeses em não querer uma gravação apoiada nos recursos das novas tecnologias... É óbvio que todas as faixas soam com muita definição, mas estão particularmente cruas. De qualquer forma, as músicas envolvem o ouvinte rapidamente, mesmo com seu tempo relativamente longo, entre sete e 10 minutos.

publicidade

Então, meu caro, se você procura uma banda que tenta se manter longe dos clichês, com ótimo equilíbrio entre peso e melodias, aquele talento distinto para criar músicas que se infiltram em sua memória e te deixa satisfeito, vá atrás desta pérola, que inclusive está saindo no mercado nacional via Sum Records.

PRIMORDIAL - The Gathering Wilderness
(2005 / Metal Blade Records – Sum Records)

publicidade

01. The Golden Spiral
02. The Gathering Wilderness
03. The Song Of The Tomb
04. End Of All Times (The Martyr’s Fire)
05. The Coffin Ships
06. Tragedy’s Birth
07. Cities Carved In Stone

Homepage: www.primordialweb.tk




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Simone Simons: Rammstein me faz querer mexer a bundaSimone Simons
"Rammstein me faz querer mexer a bunda"

Judas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy MetalJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin