Resenha - Mission No X - UDO

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


É inegável a importância do Sr. Udo Dirkschneider, com seus mais de 50 anos e uma inconfundível voz, para o cenário metálico mundial onde atua há mais de três décadas, seja no grande Accept ou em sua banda UDO. "Mission Nº X", como o próprio nome sugere, é seu décimo registro de inéditas, trazendo o que todos já esperam: o mais puro heavy metal alemão, raiz até o osso.

Porém, isso não quer dizer que este registro seja realmente matador, é apenas um contínuo esforço em fazer a música honesta que se espera de UDO. Riffs e ótimas melodias típicas do metal, grandes solos, cozinha potente, sem esquecer do anão-alemão-que-rosna, está tudo presente.

publicidade

"Mission Nº X" começa com uma introdução e uma faixa-título que possui todas as características da sonoridade da banda, seguida de uma das melhores faixas do CD, "24/7", potência sonora que empolga principalmente pelo excelente trabalho de guitarras.

Ainda sobre grandes guitarras, "Shell Shock Fever" e "Primecrime On Primetime" são excelentes, assim como suas afiadas seções instrumentais.

publicidade

Udo sempre fez questão de colocar faixas lentas em seus discos, geralmente com bons resultados. A boa representante aqui é a melancólica "Eye Of The Eagle", onde percebemos como este vocalista sabe fazer uso de sua voz limitada, porém cativante. Infelizmente, o mesmo não ocorre com a outra balada "Cry Soldier Cry", completamente dispensável e o ponto realmente baixo de "Mission Nº X". Outro ponto no mínimo esquisito é "Mean Streets", onde se percebe uma tentativa de fazer algo diferente. Neste caso, parte das vocalizações estão com influências de... parece hip hop!?! Até que não ficou ruim, mas Udo cantando assim?!?!?

publicidade

É claro que a voz de Udo não permite muita diversidade musical (e isso nem é necessário), então é natural uma freqüente reciclagem musical do que a própria banda já fez. Obviamente isso não assegura a liberação de um álbum totalmente clássico, tanto que estes alemães nunca fizeram um sob o nome UDO. Mas, em todos os seus discos, a banda sempre coloca algumas canções magníficas, e assim vai garantindo a legião de fãs que tem ao redor do globo.

publicidade

Formação :
Udo Dirkschneider - vocals
Stefan Kaufmann - guitarra
Igor Gianola - guitarra
Fitty Wienhold - baixo
Francesco Jovino - bateria

UDO – Mission Nº X
(2005 / AFM Records – Rock Brigade Records)

01. Mission Nº X
02. 24/7
03. Mean Streets
04. Primecrime On Primetime
05. Eye Of The Eagle
06. Shell Shock Fever
07. Stone Hard
08. Breaking Down The Border
09. Cry Soldier Cry
10. Way Of Life
11. Mad For Crazy

publicidade

Site Oficial: www.udo-online.de




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bill Hudson: guitarrista fala em entrevista exclusiva à Revista Freak!


Udo: vocalista conta porque não tem mais relações com o AcceptUdo
Vocalista conta porque não tem mais relações com o Accept

Separados no nascimento: Miley Cyrus e Udo DirkschneiderSeparados no nascimento
Miley Cyrus e Udo Dirkschneider


Top 5: Os roqueiros mais chatos da históriaTop 5
Os roqueiros mais chatos da história

Mayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011Mayhem
Banda levou restos humanos para o palco em 2011


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin