Resenha - Dies Irae - Where Angels Fall

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maurício Gomes Angelo
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 7


O nome não mente, o título não mente, a capa não mente. O som do Where Angels Fall é este mesmo que estás pensando: vocais femininos carregados de lamentações, corais de fundo, bateria em estado hipnótico, tom arrastado, riffs aqui e acolá - servindo como intermezzos estruturais - peso em menor ou maior escala, e, claro, influências clássicas. Funciona? Sim. É original? Não. É bom? È.

Fotos de Infância: Gene Simmons, do KissContra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay Area

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A faixa título, de cara, já demonstra o delicioso doom-gothic destes noruegueses, e quando "Hollow" se inicia, percebemos que na verdade eles têm, sim, um diferencial: os sintetizadores. Usados com destreza e habilidade, o resultado de tais intervenções é altamente satisfatório (e ele sempre é quando utilizados com consciência), resultando num ótimo complemento por trazer sobreposições de tons agradáveis e contributivos.

A vocalista, Eirin Bendigsten, não apenas possui uma bela voz, como sabe ser perfeitamente comedida, sendo certeira na interpretação emotiva e lírica, se afastando da pieguice e de malabarismos vocálicos egocêntricos.

"Lose Yourself In Me" vai à tradição de bandas como Virgin Black e The Gathering, de teor melancólico, progressivo e com riffs cadenciados. "Requiem", apesar de mais rebuscada, já demonstra sinais de cansaço. Como é comum em bandas do gênero, a fórmula se torna familiar, a estruturação das músicas também e os maneirismos do conjunto idem. A cozinha é competente (falta dar destaque ao baixo), mas as guitarras de André Bendigstsen deveriam ser mais criativas.

Por ser um EP, "Dies Irae" passa agradavelmente, todavia, a pergunta é inevitável: como todos estes elementos se comportariam num álbum cheio?
Os 21 minutos de música aqui presentes, salvo as objeções, conseguem despertar a curiosidade.

Formação:
Eirin Bendigsten (Vocal)
André Bendigstsen (Guitarras e programação)
Krisitan Andersen (Baixo)
Tom Remi Flygel (Sintetizadores e programação)
Ole Kristian Lovberg (Bateria)

Site Oficial: www.whereangelsfall.com

Material cedido por:

Hellion Records
Rua 24 de Maio, 62 - Lojas 280/282/308 - Centro
São Paulo - SP - CEP: 01041-900 - Brasil
Tel: (11) 5083-2727 - 5083-9797 - 5539-7415
Fax: (11) 5549-0083
Internet: www.hellionrecords.com
Email: hellion@hellionrecords.com


Outras resenhas de Dies Irae - Where Angels Fall

Resenha - Dies Irae - Where Angels Fall



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Where Angels Fall"


Fotos de Infância: Gene Simmons, do KissFotos de Infância
Gene Simmons, do Kiss

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area


Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL