Matérias Mais Lidas

imagemO mega sucesso do Led Zeppelin que era pra ser uma piada mas se tornou um hino

imagemDave Mustaine perde a compostura e xinga membro da equipe do Judas Priest

imagem"Master Of Puppets" apareceu em comédia há 19 anos, muito antes de "Stranger Things"

imagemA banda de hard rock dos anos 1970 que é a queridinha de Xande de Pilares

imagemSlash explica porque o Guns N' Roses faz shows de 3 horas e meia

imagemO que Lemmy Kilmister aprendeu trabalhando como roadie de Jimi Hendrix

imagemMetallica em "Stranger Things" deixa fãs preocupados com a "popularização" da banda

imagemLed Zeppelin ou Pink Floyd, qual dos dois vendeu mais discos de estúdio?

imagemGuitarrista original do Mercyful Fate solta os cachorros por ter ficado fora de reunião

imagem"Master Of Puppets" entra no top 30 global do Spotify depois de "Stranger Things"

imagemAngra: vídeos e setlist de show celebrando "Rebirth" em SP, com convidada especial

imagemMorre Patricia Kisser, esposa do guitarrista Andreas Kisser

imagemGuns N' Roses: A crítica de Portnoy ao trabalho de Matt Sorum

imagemDave Mustaine rasga elogios e fala sobre amizade com Ice-T, vocalista do Body Count

imagemFilho de Trujillo fez guitarra na "Master of Puppets" que toca em Stranger Things


Airbourne 2022

Resenha - Hybris - Agorhy

Por Paulo Finatto Jr.
Em 18/11/01

Nota: 9

Como já foi dito anteriormente a respeito do Agorhy, eles são mesmo o que falta aparecer no Brasil a respeito de heavy metal. O estilo escolhido, auto-intitulado brutal grindcore é extremamente nervoso, técnico e cheio de passagens rudes.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Sim, é podreira pura! A demo do grupo, Hybris, mostra 4 ótimas composições, e destacam-se também por não basearem-se em temas religiosos, mas sim apenas expressam sentimentos através da música em estado bruto. A banda está na ativa desde 1997, como maiores influências estão bandas como Napalm Death, Extreme Noise Terror, R.D.P entre outras. Em todas faixas estão as boas quebradas de bateria, bons riffs de guitarra e um vocal mais do que gutural. Destacamos as músicas Hybris, Law (I don't See), e a melhor de todas e ainda cantada em português Disgracera. Você ainda ouvirá o nome Agorhy por muito tempo, caso as qualidades do grupo sejam mantidas. Ah, a capa da demo possui uma ótima qualidade!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Contatos: Rua Major Rêgo, 218, Olaria. Rio de Janeiro - RJ. Cep: 21073-440. E-mail: [email protected]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre

Mais matérias de Paulo Finatto Jr..