Resenha - No Ass No Pass - Bastardz

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando De Santis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Tire suas maquiagens do fundo da gaveta, pegue aquela sua camiseta rosa e rasgada que estava jogada no armário, acessórios de zebras ou onças são bem vindos, e arrume seu cabelo no estilo "anos 80", pois o Hard Rock glam não morreu... aliás, vive mais próximo do que você imagina!

Halloween: dez clássicos do Heavy Metal para curtir a dataFotos de Infância: Cliff Burton, do Metallica

Formado por Nat Reed (vocal), Mr. Lady (bateria), Thomas Büttcher (guitarra), Danny Michaels (guitarra) e Drannath Kate (baixo), a banda Bastardz está lançando de forma independente seu álbum de estréia, intitulado "No Ass No Pass". Muitos podem torcer o nariz por ser um trabalho independente, mas o álbum está muito caprichado. A capa é disparada uma das mais legais que eu já vi nos últimos tempos, o encarte embora não tenha as letras, tem bastante informações e é muito bonito. A produção do álbum, que ficou por conta de Henrique Baboom, está impecável. O disco conta com apenas cinco músicas, mas é o suficiente para ver a qualidade e o profissionalismo dos músicos.

"Pills" é a faixa de abertura do álbum, que conta com um riff bem marcante, enquanto o vocal de Nat às vezes apresenta aquele efeito falado de "walkie-talk". A construção da música é bem simples e direta, versos, ponte e refrão e sem solo. "Grab Her By The Tail" tem uma introdução ao estilo Guns n' Roses e já cativa pela bateria bem peculiar. O vocal de Nat meio "enjoado" é o destaque da banda. Aliás, o vocal foi gravado à parte, depois da gravação de todos os instrumentos, em outra ocasião. "Wasted Generation" tem como destaque o trabalho de Mr. Lady na bateria, cheia de pequenos detalhes e o solo de guitarra de Thomas muito bem feito.

"Spider Sarah" é mais direta, tem uma base simples, porém empolgante. O baixo de Drannath fica mais evidente nessa faixa. E ao som de gemidos de uma moça, "Alleycat Spoiled Brat" começa já arregaçando tudo (sem trocadilhos com o detalhe do início da música), pois trata-se da composição mais interessante do álbum. A música tem aquele clima de festa característico no Hard, o refrão é marcante, desses que ficam na cabeça por um tempo e fecha em grande estilo o álbum da banda paulistana.

Se você curte aquele clima glam dos anos 80 e se você aprecia um bom hard rock, o disco "No Ass No Pass" da banda Bastardz é altamente recomendado! Uma pena que o álbum tem poucas composições... a função "repeat" do CD player terá que trabalhar muito, quando esse CD estiver rodando.

Site: http://www.bastardzweb.com



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Bastardz"


Halloween: dez clássicos do Heavy Metal para curtir a dataHalloween
Dez clássicos do Heavy Metal para curtir a data

Fotos de Infância: Cliff Burton, do MetallicaFotos de Infância
Cliff Burton, do Metallica

Os mais feios: Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...Os mais feios
Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...

Haja pente: os músicos mais cabeludos e barbudos do RockHaja pente
Os músicos mais cabeludos e barbudos do Rock

Metallica: a regressão técnica de Lars UlrichMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

Nirvana: Grohl fala como se sentiu ao reencontrar Frances CobainNirvana
Grohl fala como se sentiu ao reencontrar Frances Cobain

Avenged Sevenfold: criticado por vocalista do NOFXAvenged Sevenfold
Criticado por vocalista do NOFX


Sobre Fernando De Santis

Paulistano, nascido em 1979, Fernando De Santis passa grande parte do seu tempo viajando entre São Paulo, Santos e Curitiba. Nas horas de viagens dentro de ônibus ou aviões, costuma ouvir Hard Rock, Heavy Metal e demos de qualquer estilo. Atualmente trabalha como webdesigner para o Estado de São Paulo. Mantém o site "We Burn", dedicado ao Helloween desde 1998, que nunca lhe trouxe nenhum dinheiro, mas rendeu muito amigos.

Mais informações sobre Fernando De Santis

Mais matérias de Fernando De Santis no Whiplash.Net.