Resenha - Fistful Of Hate - Pro-Pain

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 6


Outra dose de ódio americano. Porém, bem diferente da primeira propiciada pelo Superjoint Ritual. Desta feita verificamos guitarras bem tocadas, um som mais acertado com o já legendário metal / hardcore do Pro-Pain, e principalmente o fato de que estes americanos pensam!

Futebol: conheça os times do coração de alguns rockstarsViking Metal: Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!

"Fistful Of Hate" apresenta tudo aquilo que você poderia esperar da música dos nova-iorquinos, todavia traz um trabalho instrumental mais retocado do que o de lançamentos anteriores, também experimentos com teclados como em "Godspeed", entre outros pequenos detalhes que podem desagradar os fãs de "Foul Tast Of Freedom" (1992). Gary Meskil segue desempenhando, ao lado de seus companheiros, bons riffs e colocando hardcore e thrash bem próximos, como devem ser. Porém, eles não põem a fórmula em prática de maneira tão pura e direta quanto antigamente. A instrumental "The Better Half Of Forever" é um bom exemplo disso, assim como "American Dreams".

A mixagem não colabora para um ataque frontal como no excelente disco de covers, "Run For Cover" (2003), e da forma que ouvimos em "Contents Under Pressure" (1996). As guitarras não tomam frente, e acabam sendo encaminhadas pelo baixo de Meskil. Exceto pelos solos de Tom Klimchuck.

Conseqüentemente ao problema aludido anteriormente vem a falta de músicas arrebatadoras, que dêem uma nocauteada no ouvinte. Não há nenhum tema realmente forte. Todas as músicas se mantêm numa mesma média, ressalva a "Freedom Rings" e "Save Face". Estas valem a pena.

Um bom disco no geral, onde idéias interessantes acabam amortecidas por não receberem um desenvolvimento à altura.

Lançado no exterior pela Candlelight Records - 2004

Site Oficial - http://www.pro-pain.com

Gary Meskil (Vocais - Baixo)
Eric Klinger (Guitarra)
Tom Klimchuck (Guitarra solo)
JC Dwyer (Bateria)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Propain"


Futebol: conheça os times do coração de alguns rockstarsFutebol
Conheça os times do coração de alguns rockstars

Viking Metal: Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!Viking Metal
Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336