Resenha - Infantrycide E.P. - Soldier

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

7


Caramba!!!! Esses caras começaram atividades em 1979!!! É mole? Estiveram presentes em algumas coletâneas da época ("Heavy Metal Herores de 1980) e gravaram alguns singles. Mas em 1983 eles resolveram encerrar atividades, retornando em 2004 para gravar este EP e re-colocar a banda na estrada. Por incrível que pareça, "Infantrycide" é o lançamento mais completo do Soldier, que apesar de ter um nome bem conhecido na Inglaterra nos anos 80, não chegou a gravar um cd completo.

publicidade

A banda parece que parou no tempo: é o mesmo heavy metal que felizmente infestou os ouvidos do mundo nos anos 70 e 80. Guitarras em ritmo cavalgante ("Infantrycide" e "Come One Down"), belos riffs a lá Iron Maiden (se bem que a banda é contemporânea dos caras!) em "Silver Screen Teaser" e uma bela balada pesada ("Paradox"). O timbre de Garry Phillips lembra o mestre Ozzy, sendo bem colocado.

publicidade

Uma boa banda, que não deveria ter parado, mas já que voltou, que continue com lançamentos de alto nível. WELCOME BACK, SOLDIERS!!!!

Line Up:
Garry Phillips - Vocais
Steve Barlow - Baixo
Ian Astrop - Bateria
Ian Alan Dick - Guitarras

Site oficial: http://www.soldiersstormtroopers.com

Material Cedido por:
Hellion Records.
Http://www.hellionrecords.com.br
São Paulo (SP)

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Planet Rock: as maiores vozes da história do rockPlanet Rock
As maiores vozes da história do rock

Slipknot: Demissão de Joey Jordison foi a decisão mais difícil da carreiraSlipknot
Demissão de Joey Jordison foi a decisão mais difícil da carreira


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin