Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemAndreas Kisser conta quais os dez álbuns que mudaram a sua vida

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"


Airbourne 2022

Resenha - Inferno: Last in Live - Dio

Por Paulo Finatto Jr.
Em 16/08/03

Nota: 8

Depois de lançar "Angry Machines" em 1996, disco não tão bem recebido entre todos os outros na sua carreira, Ronnie James Dio achou que seria o momento exato de soltar um ao vivo, já que depois de tanto trabalho nos anos 90, um próximo disco inédito sairia somente em 2000. E isto realmente foi feito. "Inferno: Last in Live" é um duplo ao vivo, lançado em 1998 no exterior pela sua gravadora Spitfire, e que chegou aqui no Brasil pela Sum Records.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A formação da época, além de Ronnie James Dio (vocal) e Vinny Appice (bateria), contava ainda com Tracy G. (guitarra), Larry Dennison (baixo) e Scott Warren (teclado). Se levarmos em conta a ótima gravação, a perfeita seleção de músicas, "Inferno: Last in Live" tinha tudo para ser um dos melhores discos ao vivo da história do rock. Pena que o desastroso Tracy G. por pouco não coloca todo o trabalho de Dio no lixo. Algo interessante na gravação do disco é que o áudio não foi retirado apenas de um show da banda, mas sim de cinco apresentações: três nos EUA, uma na Alemanha e outra no Japão.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O primeiro CD abre realmente em velocidade máxima. Depois de uma pequena introdução, são tocadas algumas músicas da carreira solo de Dio, como "Jesus, Mary & Holy Ghost", "Straight Through the Heart", a ótima "Don’t Talk to Strangers" e a clássica "Holy Diver". No momento exato foi posto o solo de bateria de Appice (o mesmo solo presente no "Live Evil" do Sabbath, lançado quase 14 anos antes deste CD). Depois de "Heaven and Hell" do Sabbath, o disco finaliza com algumas outras composições próprias do Dio, como "Stand Up and Shout" (muito boa ao vivo) e "Hunter of the Heart" (muito boa também).

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Já o CD número dois, abre com "Mistreated (Catch the Rainbow)", música da época em que Dio ainda estava no Rainbow. Quebrando a boa linha das músicas, um solo sem graça de Tracy G. é executado, seguindo então para outros dois grandes clássicos, "The Last in Line" e "Rainbow in the Dark". Voltando à fase Sabbath, "The Mob Rules" é executada em uma ótima versão, finalizando com outras duas do Rainbow: "Man on the Silver Mountain" e "Long Live Rock and Roll", além de outra própria, "We Rock".

É complicado dizer o que poderia estar melhor neste disco, além da presença do guitarrista Tracy G. Considero que a sua presença seja uma coisa regular, não tão ruim como pode parecer. No fim das contas, "Inferno: Last in Live" é um disco para os amantes deste baixinho, ou para quem quer dois CD’s somente com clássicos do rock.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Line-up:
Ronnie James Dio (vocal);
Tracy G. (guitarra);
Larry Dennison (baixo);
Scott Warren (teclado);
Vinny Appice (bateria).

CD 1:

01. Intro
02. Jesus, Mary & Holy Ghost
03. Straight through the Heart
04. Don’t Talk to Strangers
05. Holy Diver
06. Drum Solo
07. Heaven and Hell
08. Double Monday
09. Stand Up and Shout
10. Hunter of the Heart

CD 2:

01. Mistreated (Catch the Rainbow)
02. Guitar Solo
03. The Last in Line
04. Rainbow in the Dark
05. The Mob Rules
06. Man on the Silver Mountain
07. Long Live Rock and Roll
08. We Rock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

No One Spoke: Lançados vídeos de "Rise Again" e versão para "Rainbow in the Dark"




Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre

Mais matérias de Paulo Finatto Jr..