Resenha - Damnation And a Day - Cradle of Filth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Você estava com medo? A banda de Black Metal mais "mainstream" do mundo foi contratada pela Sony!!! Será que Dani Filth e seus asseclas iriam "amolecer" e fazer um CD mais acessível? "The Promise of Fever", a primeira faixa deste "Damnation and a Day", mostra que não. O CoF continua pesado e agressivo como em todos outros CDs, Dani continua berrando como sempre e as letras continuam interessantes e gigantescas.

Cradle Of Filth: nova linha de camisetas tem colaboração de vocalista do BMTHDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada

Infelizmente, ou felizmente, dependendo do ponto de vista, não há nenhuma mudança brusca na sonoridade, e eles parecem estar se repetindo mais uma vez, como acontece desde o lançamento do excelente "The Cruelty And The Beast".
Depois de várias mudanças de line-up a banda se estabiliza com Dani Filth (vocais), Adrian (bateria), Paul (guitarra), Martin Foul (teclados) e David Pubis (baixo).

"Damnation And a Day" é dividido em quatro partes (na ordem: "Fantasia Down", "Paradise Lost", "Sewer Side Up" e "The Scented Garden"), cada parte começa com uma introdução e tem mais três músicas, em um total de doze músicas e quatro introduções (e mais uma "outro" que fecha o disco).

Destaques? Lógico: "Hurt And Virtue" (com influências de Iron Maiden, a melhor da primeira parte), "Better to Reign In Hell" (que começa a segunda parte, com um grande riff e ótimos arranjos), a pesada "Presents From The Poison Hearted", a interessantíssima "Babylon A.D." (talvez a mais original e diferente de todo CD) - ambas da terceira parte - e a excelente "Mannequim" (com melodias incríveis, abrindo a quarta parte).

A produção está impecável (é interessante notar que a banda está usando uma orquestra de verdade e um coro de 32 vozes!!!) e os vocais de Dani Filth continuam se desenvolvendo, sendo mais do que uma marca registrada do Cradle Of Filth.

O encarte segue o estilo dos outros CDs da banda, sem grandes novidades.

Um CD que deve estar na discografia de todos os fãs da banda.

Site oficial: www.cradleoffilth.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Cradle Of Filth"


Cradle Of Filth: nova linha de camisetas tem colaboração de vocalista do BMTH

Cradle Of Filth: quais os filmes de horror preferidos de Dani Filth?Cradle Of Filth
Quais os filmes de horror preferidos de Dani Filth?

Em 29/10/2012: Cradle Of Filth lançava o álbum The Manticore and Other HorrorsCradle Of Filth: banda lançou sua cerveja; primeiro lote foi vendido em uma hora

Cradle Of Filth: quais os filmes de horror preferidos de Dani Filth?Cradle Of Filth
Quais os filmes de horror preferidos de Dani Filth?

Sexta-feira 13: treze músicas para escutar nesta dataSexta-feira 13
Treze músicas para escutar nesta data


David Bowie: a última foto pública e a última foto privadaDavid Bowie
A última foto pública e a última foto privada

Astros do rock: o patrimônio líquido de cada umAstros do rock
O patrimônio líquido de cada um


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

adGoo336