Resenha - Hellnation - Outlaw Thrash

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Cláudio Pinheiro
Enviar Correções  


Caralho, mas isso é que é um EP altamente recomendável!! Na verdade, trata-se de um 7"split-EP, que, em seu lado A apresenta o trabalho da Hellnation, banda de Kentucky, Estados Unidos, que iniciou suas atividades no ano de 1998 com claras influências do antigo hardcore inglês de bandas como Heresy e Ripcord, e do HC japonês dos anos 1980 das bandas S.O.B. e Outo, além de acrescentar a sonoridade das bandas também norte-americanas A.O.D. e D.R.I.. Em "Outlaw Thrash", Al (bateria/vocal), Ken (guitarra) e Mark (baixo) trucidam pescoços mais sensíveis com seis canções ("Head In The Clouds", "Bore", "Green To Gray", "Who Do You Fool?", "Any Way The Wind Blows" e "Don't Want To Hear It") gravadas em fevereiro do ano 2001, e descem a lenha sem dó nem piedade com seu hardcore/thrash curto, grosso, nervoso e sujo (convém ressaltar que, hoje em dia, este estilo é mais conhecido como power violence). A Hellnation tem um currículo invejável: um 5" EP, quatro 7" EPs, cinco 7" split-EP, seis CDs/LPs, além da participação em oito coletâneas.

Gilby Clarke: Axl me disse "aproveite seu último show"

Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos


O lado B vem com o trampo da Merda (para mim - e, acredito que para todo o Brasil -, o nome dos três componentes desta banda ainda é uma incógnita), que surgiu em Vila Velha (ES) em 2000 e conta com membros do Mukeka Di Rato em sua line-up. Suas influências básicas resumem-se basicamente nos antigos trabalhos de trupes como F.Y.P. e D.R.I., uma corrosiva salada de hardcore barulhento, insano, rápido e tosco adicionada a letras ácidas e de um senso de humor muito peculiar. "Radicalismo Fashion" é hardcore em estado puro, bem humorado e sem a inclusão de elementos alienígenas, invencionices bobas ou misturebas desnecessárias em seis composições ("Pelo Direito de Portar Armas de Brinquedo", "Muito Mais Pecado, Menos Religião", "Eu Não Fiz Nada", "22 = 10", "Vai se Fudê" e "Xaninho"). Apesar do pouco tempo na ativa, a banda já têm nas costas, além desse split-EP dividido com a Hellnation, o álbum "Curtição dos Jovens", lançado pela Lãjã Rãkords. A bolacha, capitaneada pelos selos 2+2=5 Records e Luna Records, teve duas prensagens: a primeira aconteceu em maio de 2001 (1.000 cópias - 900 em vinil preto e 100 em vinil amarelo) e a segunda em agosto do mesmo ano (1.000 cópias - 900 em vinil preto e 100 em vinil vermelho).

Absolutamente fodido!!

Hellnation
P.O. Box 17742 - Covington, KY - 41017 - USA
Site: www.sound-pollution.com
E-mail: [email protected]

Merda
Caixa Postal 25519 - Vila Velha (ES)
CEP.: 29102-973.

2+2=5 Records
Caixa Postal 1668 - São Paulo (SP)
CEP.: 01059-970
Site: www.terror225.cjb.net
E-mail: [email protected]

Luna Records
Caixa Postal 2480 - Brasília (DF)
CEP.: 70849-970
E-mail: [email protected]




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Gilby Clarke: Axl me disse aproveite seu último showGilby Clarke
Axl me disse "aproveite seu último show"

Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatosMegadeth
Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos


Sobre Cláudio Pinheiro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

adWhipDin