Resenha - Fellini Nights - Fish

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Guilherme Vignini
Enviar Correções  

9


Como já se tornou uma tradição, Fish lança mais um cd ao vivo, após uma tour bem sucedida do cd "Fellini Days", que inclusive passou pelo Brasil. A banda é praticamente a mesma, com a diferença que o tecladista é o experiente John Young, que saiu da banda pouco após esse show para unir-se ao Scorpions.

publicidade

Se o Fellini Days já era o melhor trabalho do Fish em vários anos, esse registro mostra um show de bastante impacto, abrangendo bastante os últimos trabalhos do vocalista escocês. O que diferencia este dos outros cd’s ao vivo dele? Bom, pra começar ele "limou" as inúmeras piadas que conta durante o show, já que estas são muito legais ao vivo, mas perdem muito da graça no cd. E finalmente não tem nenhuma música do Marillion, nos poupando de ouvir a 79ª versão de "Kayleigh". Aliás durante toda a tour ele só tocou músicas de sua antiga banda nos shows da América Latina.

publicidade

Os destaques no cd vão para as músicas do "Fellini Days", quase inteiro no cd: "3D", "So Fellini", "Long Cold Day", "Tiki 4", "Our Smile", "Pilgrim’s Address" e "Clock Moves Sideways". Com destaque para as ótimas versões de "Tiki 4" e "Pilgrim’ Address". O cd ainda conta com "Brother 52" (excelente), "Tumbledown" (com uma bonita introdução de Young), "Perception of Johnny Punter" (um dos melhores momentos), um medley composto de "Lucky", "Credo" e "Vigil in a Wilderness of Mirrors" (quem foi no show de outubro passado vai se lembrar bem), "The Company", e para encerrar um encore com uma versão à capela da tradicional canção escocesa, "Flower of Scotland".

publicidade

Esse cd é indicado para quem conhece bem o trabalho do "Higlander" Fish, para quem perdeu um dos shows mais elogiados de 2001, mas conhece pouco do seu trabalho, mas conhece o bom gosto de um dos vocalistas mais emblemáticos do Rock Progressivo mundial.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Hetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no MetallicaHetfield
Egos, Mustaine, Load e homossexualidade no Metallica

Slash: Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vícioSlash
Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vício


Sobre Guilherme Vignini

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin