Resenha - Daemusinem Domine Empire - Daemusinem

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Drustan
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Depois da "febre" do Heavy Melódico, outro estilo que cada vez mais se torna forte é o do chamado Melodic Black/Death Metal, e o DAEMUSINEM é mais um que não foge à regra.

Black Sabbath: Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Formado das cinzas do UNCREATED e DETESTOR, este trio italiano apresenta em seu CD de estréia um Death/Black com fortes influências dos primeiros trabalhos do DARK TRANQUILITY e IN FLAMES em suas composições.

Porém, o diferencial em relação às bandas já citadas é a execução dos temas, que é feita de maneira mais rápida que o usual, além de alguns elementos aqui e ali que denotam outras influências dos caras; por exemplo: "Daemusinem", faixa que abre o CD, possui riffs semelhantes ao SATYRICON na fase "Nemesis Divina".

Aliás, nos riffs de Patrick, que também ficou responsável pelo baixo e teclados, fica nítida a influência de Heavy, digamos "tradicional", principalmente nos solos, que chegam a lembrar (vagamente) o IRON MAIDEN na época do "Piece Of Mind".

O baterista Massino (Fog), que já tocou também no MORTUARY DRAPE e no BLACK FLAME, se mostra muito preciso, e chega a alcançar uma velocidade impressionante nos dois bumbos - notadamente na faixa "The Key Of The Realm Of Deads", um dos possíveis destaques do álbum.

Na parte vocal, Gianni demonstrou ser possuidor de uma voz literalmente infernal, embora em minha opinião tenha pecado nas partes mais "limpas", soando de forma um tanto quanto desnecessária e estranha ao que se propõe o grupo, haja visto seu vocal rasgado ser bastante convincente... enfim, há gosto para tudo, pode ser que alguns ouvintes apreciem estas inovações...

Todas as músicas seguem praticamente a mesma fórmula, ou seja, em sua maioria rápidas (velocidade é o ponto forte dos caras), com partes mais lentas e cadenciadas, acompanhadas de uns teclados bem discretos, apenas para dar um clima, que por sinal funcionou muito bem.

Curiosidade adicional: Daemusinem se trata da junção das palavras "Daemon" e "Musinè", que é o nome de uma montanha próxima à cidade de Torino, que possui uma imensa cruz cravada em seu cume, onde muitos fenômenos inexplicáveis ocorreram no passar dos séculos...

Faixas:

1) Daemusinem
2) Domine Empire
3) Throne Of Illusions
4) Witch's Dream
5) Killers Of The Wood
6) Burning Souls
7) The Key Of The Realm Of Deads
8) Silence In he Water Mother Of Life

total time: 39:43

Formação:

Gianni (vocal)
Massimo (bateria)
Patrick (guitarras)

Site da gravadora: www.coldbloodindustries.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Daemusinem"


Black Sabbath: Tony Iommi explica como tocar ParanoidBlack Sabbath
Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"

Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill WardBlack Sabbath
O dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Viking Metal: Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!Viking Metal
Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!

Pantera: o surreal e constrangedor funeral de Dimebag DarrellPantera
O surreal e constrangedor funeral de Dimebag Darrell

Poeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer partePoeira
Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte

Slash: um resumo de suas experiências ao longo dos anosSlash
Um resumo de suas experiências ao longo dos anos

Márcio Guerra Canto: o Axl Rose paraguaio que parece o Sebastian Bach (vídeo)Márcio Guerra Canto
O Axl Rose paraguaio que parece o Sebastian Bach (vídeo)


Sobre Drustan

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.