Resenha - Chaos to Control - Magnitude 9

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fábio Faria
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Este "Chaos to Control" é o ótimo primeiro trabalho do Magnitude 9, originalmente lançando em 1998, que a Megahard Records lança aqui no Brasil com 4 faixas bônus. O conjunto segue a linha prog-metal com muita competência. Altamente indicado para fãs de Fates Warning, Symphony X e Queensryche. Some-se aí a forte influência de Yngwie Malmsteen nas guitarras e dá para se ter uma idéia do som do Magnitude 9.

AC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon ScottGuitarristas e vocalistas: os 10 melhores "casamentos"

A guitarra sem dúvida alguma é uma dos destaques do álbum, embora todos os outros integrantes tenham o domínio de seus instrumentos. Rob Johnson comanda as seis cordas com maestria e pode ser considerado como o centro da banda. Além de escrever e cuidar dos arranjos das canções, ele foi o responsável pela produção e mixagem do CD ao lado de Rick Way, e ainda tocou baixo e teclado nas faixas "Y2K " e "End Of Time". Alguns podem dizer que ele tem um jeito de tocar que só agrada aos alunos de conservatório, mas na verdade o cara é um instrumentista de primeira. Dono de uma palhetada bastante precisa e ágil, cria bases pesadas, solos bem construídos, harmonias interessantes e possuem uma velocidade admirável que possivelmente deixaria até o mestre Malmsteen com as sobrancelhas em pé.

Johnson tem um entrosamento perfeito com o tecladista Joseph Anastacio Glean, o que rende muitos momentos interessantes, entre eles o solo de "After Tomorrow". O baterista John Homan não chega a ser um virtuose, mas tem a pegada ideal para o prog-metal e mostra-se bastante seguro em seu instrumento. O mesmo pode ser dito do baixista Kevin Khaos.

Além de Rob Johnson, o vocalista Corey Brown tem um papel importante no som do Magnitude 9. Ele é quem escreveu as letras para o álbum. Dono de um timbre muito agradável, embora até um pouco comum, Brown domina com facilidade sua voz, transmitindo emoção e intensidade, além de mostrar grande alcance vocal.

O Magnitude 9 conseguiu lançar um debut que passa ótima impressão aos fãs de prog-metal fazendo com que "Chaos to Control" seja um CD que não pode faltar na coleção dos admiradores do estilo. Agora, é torcer para a Megahard lançar por aqui o segundo álbum do conjunto, "Reality in Focus", e com faixas bônus também é claro.

Track List:

1 - Another World
2 - Don't Say
3 - After Tomorrow
4 - Y2K
5 - Voices
6 - Into The Sun
7 - Keeper Of Your Soul
8 - Secrets Within
9 - Writings
10 - End Of Time
Faixas bônus
11 - Man On The Silver Mountain (cover do Rainbow)
12 - Supercharged (instrumental)
13 - Guitarchitecture (instrumental)
14 - 7 String Rhetoric (instrumental)

Banda:

Corey Brown - vocal
Rob Johnson - guitarra/teclado
John Homan - bateria
Kevin Chown - baixo
Joseph Anastacio Gleab - tecladista

Megahard Records




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Magnitude 9"


AC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon ScottAC/DC
As 10 melhores músicas da banda com Bon Scott

Guitarristas e vocalistas: os 10 melhores casamentosGuitarristas e vocalistas
Os 10 melhores "casamentos"

Ortografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?Ortografia
Como deveriam realmente se chamar as bandas?

Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

Preços: quanto custa para contratar a sua banda favoritaPreços
Quanto custa para contratar a sua banda favorita

Metallica: o que aconteceria se Cliff Burton não tivesse falecido?Metallica
O que aconteceria se Cliff Burton não tivesse falecido?

Nirvana: Duff Mckagan relembra última vez que viu Kurt CobainNirvana
Duff Mckagan relembra última vez que viu Kurt Cobain


Sobre Fábio Faria

"Maidenmaníaco" convicto, nascido em 1973, passou a escutar Rock com 10 anos de idade. Primeiro disco adquirido foi "Destroyer" do Kiss. Logo depois conheceu o álbum "Killers" do Iron Maiden, e a identificação foi instantânea. Curte todos os estilos e sub-estilos do Rock e do Metal. Sem preconceito, escuta desde Black Sabbath, Yes, Janis Joplin, Slayer, In Flames, Sex Pistols até Dream Theater, U2, Blind Guardian, Slipknot, Carcass, etc. Bandas favoritas: Iron Maiden e Beatles.

Mais matérias de Fábio Faria no Whiplash.Net.