Resenha - Violent Revolution - Kreator

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Finatto Jr
Enviar Correções  

9


Depois de lançarem duas coletâneas para relembrar os fãs que a banda continuava dentro do thrash metal, os álbuns anteriores a "Violent Revolution" mostravam um Kreator mais atmosférico exemplificados em "Outcast" de 97 e "Endorama" de 99. Isto gerou diversos novos fãs para a banda, mas este tipo de sonorização pareceu não agradar nenhum fã das antiga, e também nenhum dos integrantes da banda com o passar do tempo.

publicidade

Com um baterista finlandês chamado Yli-Sirnio que substituiu Tommy Vetterli por um problema que o impedia de tocar com freqüência ao lado do Kreator, foi em 2001 que a banda entrou em estúdio para preparar o álbum que marcou de vez o abandono do grupo das influências do industrial para retornarem totalmente ao tempo em que foi lançado "Coma of Souls", ou seja, executando um thrash metal muito agressivo. Além de Yli, a banda alemã conta os créditos de Mille Petrozza (baixo e vocal), Christian Geisler (baixo) e Jorg Tritze (guitarra), que formam hoje um dos ‘line-ups’ mais bem entrosados desde o início da carreira da banda, datado em 1984. Realmente "Violent Revolution" é um álbum perfeito para os fãs de thrash metal, pois apresenta só músicas belíssimas, sem mais nenhuma interferência da música industrial, fato que hoje "assombra" diversas bandas com o crescimento popular do new metal.

publicidade

São músicas como "Reconquering the Throne", "Violent Revolution" e "All of the Same Blood" que evidenciam o bom trabalho de guitarra do Kreator assim como a boa pegada do baterista, fazendo destas três músicas os maiores destaques do CD. Outro ponto alto é a longa e muito rápida música intitulada "Replicas of Life", que serve perfeitamente para agitar o público durante os shows do Kreator. É bom também dizer que as demais músicas também são de uma boa qualidade....

publicidade

Conclui-se que o retorno do Kreator foi da melhor maneira possível, e agora é só torcer pela passagem da banda aqui no Brasil, para conferir de perto o resultado de "Violent Revolution". Para os interessados na compra: versão nacional pela Century Media!

publicidade


Outras resenhas de Violent Revolution - Kreator

Kreator: A revolução violenta que fez a banda renascer




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Kreator: banda está trabalhando em novo álbum de estúdio, segundo guitarristaKreator
Banda está trabalhando em novo álbum de estúdio, segundo guitarrista

Kreator: banda está trabalhando em músicas do próximo álbumKreator
Banda está trabalhando em músicas do próximo álbum


O Mapa do Metal: Grandes bandas de Heavy Metal da AlemanhaO Mapa do Metal
Grandes bandas de Heavy Metal da Alemanha

Kerrang!: os maiores mascotes do Heavy MetalKerrang!
Os maiores mascotes do Heavy Metal


Motorhead: 10 das frases mais marcantes de Lemmy KilmisterMotorhead
10 das frases mais marcantes de Lemmy Kilmister

A História Impopular dos Rolling StonesA História Impopular dos Rolling Stones


Sobre Paulo Finatto Jr

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin