Resenha - And Then There Was Silence - Blind Guardian

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar Correções  

9


Uma das bandas mais cultuadas dentro do heavy metal nos últimos anos está prestes a lançar seu novo CD, com o título de "A Night At The Opera". Para anteceder esse esperado lançamento e para saciar a sede dos fãs que aguardavam ansiosamente por alguma coisa nova do grupo, o Blind Guardian resolveu lançar este single, chamado "And Then There Was Silence" que traz a música de mesmo nome (a única que vai estar no CD novo), a balada "Harvest of Sorrow" (que ia ser lançada como um EP na época do disco "Nightfall in Middle Earth") e uma faixa multimídia (que é uma espécie de clipe para "Borning In A Mouring Hall", do álbum "Imaginations From The Other Side").

publicidade

Para quem achava que "Nightfall..." seria a evolução máxima da banda Alemã, se "A Night At The Opera" vier tão bom quanto "And Then There Was Silence", o Blind Guardian não só vai evoluir, como também dar mais um grande passo na sua viagem musical.

A música com mais de 14 minutos é um épico de fazer inveja a 99,999999999% das bandas de heavy metal/ heavy melódico, esbanjando originalidade (uma coisa praticamente inexistente nos dias de hoje) e mostrando porque o Blind Guardian se distancia em termos de qualidade dos outros nomes dentro do estilo.

publicidade

"And Then There Was Silence" não deixa o ouvinte quieto um só segundo, tamanha é a variação do riffs, das melodias, a complexidade dos arranjos e as mudanças de andamento. Hansi Kursh (vocal) está mais uma vez perfeito em estúdio mostrando versatilidade e feeling, sendo agressivo na medida certa e sabendo não chatear com agudos e falsetes que aparecem de 1 em 1 segundo nos clones do estilo.

publicidade

Como já é de costume, o BG trabalhou intensamente cada parte da música transformando cada detalhe em uma parte importante dentro da faixa. "Harvest Of Sorrow" por sua vez é uma balada boa, mas não traz nada de muito especial, ainda mais depois de acabar de ouvir "And Then There Was Silence".

Parabéns ao Blind Guardian por se manter como uma das melhores bandas que apareceram no heavy metal nos últimos muitos anos... e que venha "A Night At The Opera" .... coitadas das outras bandas ....

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Blind Guardian: confira vídeo da edição de 25 anos do Imaginations From The Other SideBlind Guardian
Confira vídeo da edição de 25 anos do Imaginations From The Other Side

Blind Guardian: banda anuncia tour comemorativa com Somewhere Far Beyond na íntegraBlind Guardian
Banda anuncia tour comemorativa com "Somewhere Far Beyond" na íntegra

Blind Guardian: banda toca música inédita durante Wacken virtualBlind Guardian
Banda toca música inédita durante Wacken virtual

Blind Guardian: Leandro Caçoilo grava cover para a clássica "The Bard's Song"


Heavy Metal: dez grandes canções acústicas feitas por bandas do gêneroHeavy Metal
Dez grandes canções acústicas feitas por bandas do gênero

Hard & Metal: dez músicas que soam melhor ao vivoHard & Metal
Dez músicas que soam melhor ao vivo


Ghost: De quais bandas brasileiras eles gostam?Ghost
De quais bandas brasileiras eles gostam?

Humor: Os impressionantes diários secretos de Roger WatersHumor
Os impressionantes diários secretos de Roger Waters


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin