Resenha - Ageless Venomous - Krisiun

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


O Krisiun alcançou um nível tal, que não precisa mais dar satisfações e provar nada pra ninguém. O grupo se tornou um expoente, deixando marcas na história da cena metálica nacional e internacional, com álbuns da magnitude de "Apocalyptic Revelation" e "Conquerors Of Armageddon". Contudo, material novo e bom nunca é demais, e eles sabem disso.

Krisiun: banda anuncia turnê na Europa com 32 datas em 32 diasSlash: guitarrista fala sobre a origem da sua cartola

"Ageless Venomous" começa bem, com o esplêndido trabalho de Joe Petagno na capa. Prossegue melhor ainda, configurando-se como mais uma prova da competência destes incansáveis músicos, que continuam pisando firme no terreno do metal extremo.

O estilo varia pouco em relação aos outros álbuns. Muita agressividade, com os vocais guturais de Alex Camargo, e a insanidade completa de bateria e guitarra, tocadas respectivamente por Max e Moyses Kolesne. Como diferencial, talvez uma melodia mais pensada aqui ou um clima melhor trabalhado acolá. Nada mais. A ordem realmente é pancadaria e instrumentos na velocidade da luz.

Destaque absoluto para a seqüência de clássicos congênitos, com "Ageless Venomous", "Evil Gods Havoc", "Eyes Of Eternal Scourge" e "Saviour's Blood". As instrumentais "Serpents Specters" e "Diableros" (acústica) também chamam a atenção, e garantem o emprego do Krisiun. Se algum dia eles se desligarem da Century Media, podem procurar a Shrapnel Records, que estarão contratados.

A produção, que ficou a ofício da banda e de Tchelo Martins, é ainda melhor que a de "Conquerors Of Armageddon". Porém, nem assim foi capaz de abafar o maior defeito do Krisiun, preponderante na maldita sonoridade da bateria. Nitidamente não é questão de produção ou mixagem, como um dia pôde-se imaginar. É problema de afinação ou, mais provavelmente, apenas uma escolha, mas que definitivamente não agrada.

Site Oficial - http://www.krisiun.com.br

Alex Camargo (Vocais & Baixo)
Moyses Kolesne (Guitarras)
Max Kolesne (Bateria)

Material cedido por:
Century Media Records - http://www.centurymedia.com.br
Telefone: (0xx11) 3097-8117
Fax: (0xx11) 3816-1195
Email: brasil@centurymedia.com.br


Outras resenhas de Ageless Venomous - Krisiun

Krisiun: Ainda sem entender o motivo da rejeição a este álbum




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Krisiun"


Krisiun: banda anuncia turnê na Europa com 32 datas em 32 dias

Krisiun: banda já tentou gravar duas vezes no Brasil mas não rolouKrisiun
Banda já tentou gravar duas vezes no Brasil mas não rolou

Heavy Metal: O homem tem que ser na vida o que prega no palco?Heavy Metal
O homem tem que ser na vida o que prega no palco?

Metal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o SepulturaMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura


Slash: guitarrista fala sobre a origem da sua cartolaSlash
Guitarrista fala sobre a origem da sua cartola

Andre Matos: confira o incrível alcance do vocalistaAndre Matos
Confira o incrível alcance do vocalista

Motivação: 10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estimaMotivação
10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estima

Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da bandaIron Maiden
Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

Mr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)Mr Catra
Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)

Slash: um resumo de suas experiências ao longo dos anosSlash
Um resumo de suas experiências ao longo dos anos

Márcio Guerra Canto: o Axl Rose paraguaio que parece o Sebastian Bach (vídeo)Márcio Guerra Canto
O Axl Rose paraguaio que parece o Sebastian Bach (vídeo)


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336