Matérias Mais Lidas

Land of Souls: falece o guitarrista Elton Machado, vítima de COVIDLand of Souls: falece o guitarrista Elton Machado, vítima de COVID

Ian Gillan: Dio e Klaus Meine, dois baixinhos junto com o giganteIan Gillan: Dio e Klaus Meine, dois baixinhos junto com o gigante

Ozzy Osbourne: a piada que virou música e fez a banda do Madman ganhar um GrammyOzzy Osbourne: a piada que virou música e fez a banda do Madman ganhar um Grammy

Metallica: o dia que Cronos, do Venom, teve que acalmar chilique no backstageMetallica: o dia que Cronos, do Venom, teve que acalmar chilique no backstage

Trivium: o dia que o vocalista tomou banho de urina e continuou o show (sem se enxugar)Trivium: o dia que o vocalista tomou banho de urina e continuou o show (sem se enxugar)

Gloria: quanto a banda ganhou para tocar no Rock in Rio 2011 - e quanto sobrouGloria: quanto a banda ganhou para tocar no Rock in Rio 2011 - e quanto sobrou

Paul Di'Anno: vocalista fará cirurgia nesta semana com médico fã de Iron MaidenPaul Di'Anno: vocalista fará cirurgia nesta semana com médico fã de Iron Maiden

Korn: Eu vi alguém que eu gosto morrer e não vou fazer isso de novo, afirma vocalistaKorn: "Eu vi alguém que eu gosto morrer e não vou fazer isso de novo", afirma vocalista

Rock Progressivo: 4 bandas atuais que provam ainda haver espaço para expansão criativaRock Progressivo: 4 bandas atuais que provam ainda haver espaço para expansão criativa

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Metallica: por que James Hetfield não gosta do Guns N' Roses, com quem tocou em 1992Metallica: por que James Hetfield não gosta do Guns N' Roses, com quem tocou em 1992

Mikkey Dee: baterista do Scorpions recebe o título de Gothenburger Of The YearMikkey Dee: baterista do Scorpions recebe o título de "Gothenburger Of The Year"

Lords Of Chaos: Varg critica filme e fala de homossexualidade de EuronymousLords Of Chaos: Varg critica filme e fala de homossexualidade de Euronymous

Rock e metal: 10 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (26/11) para você ouvirRock e metal: 10 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (26/11) para você ouvir

Shaman: como foi tocar após a perda de Andre Matos, segundo Ricardo Confessori (vídeo)Shaman: como foi tocar após a perda de Andre Matos, segundo Ricardo Confessori (vídeo)


Garimpeiro
Stamp

Resenha - Anno Luz - Anno Luz

Por Marcos A. M. Cruz
Em 13/10/01

Nota: 9

Uma das grandes vantagens da era digital em que vivemos é o relançamento de preciosidades, cujos velhos LP's, nem sempre em tão bom estado de conservação, eram disputados a tapa nos sebos, mas que hoje podem ser encontrados em CDs remasterizados com excelente qualidade sonora, muitos deles ainda contendo faixas adicionais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dentre estes relançamentos, um dos mais aguardados pelos fãs do Rock Progressivo brazuca era o do único auto-intitulado álbum do "ANNO LUZ", formado em 1987 na cidade de Petrópolis (RJ), que na verdade se tratava de um duo constituído pelos músicos Guilherme Orcutt (teclados, programação, efeitos e voz) e Paulo Loureiro (violão, efeitos e voz), além de diversos artistas convidados, com destaque para o flautista Marco Aureh (atualmente no Lummen) na faixa "Novo Mundo".

Mesclando admiravelmente as sonoridades "cósmicas" dos sintetizadores com a pureza dos instrumentos acústicos, Guilherme e Paulo conseguiram a façanha de criar um estilo próprio, alternando momentos de profunda suavidade e beleza, com momentos de alto nível energético.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entre as influências musicais de seus membros, as mais claras são as oriundas dos mestres alemães do Tangerine Dream, mas o ANNO LUZ vai muito além, aproximando-se do estilo sinfônico dos austríacos do Gandalf e dos húngaros do Solaris, artistas totalmente desconhecidos para eles naquela época.

Difícil destacar apenas uma faixa, mas podemos considerar como sendo a mais importante a suíte "Titanic", de cerca de 16 minutos divididos em cinco partes extremamente criativas e propícias a imaginação, constituindo-se em um verdadeiro filme sonoro.

Entretanto, não podemos deixar de citar a belíssima "Infinitas Terras" e seus climas absolutamente oníricos, a lisérgica "Inocência", também repleta de significados e possibilidades de interpretação e, finalizando, a magnífica "Novo Mundo", uma verdadeira sinfonia progressiva.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Enquanto o LP original possuía apenas cinco faixas, este relançamento em CD traz outras duas preciosidades inéditas gravadas no mesmo período: a psicodélica e experimental "O Templo" e a atmosférica "Encontros da Alma".

Tendo encerrado suas atividades antes mesmo do LP ser lançado (fato ocorrido em agosto de 1988), o ANNO LUZ foi mais um grupo de vida efêmera naquele período tão difícil para a Música Progressiva. Apesar disso, este trabalho obteve imediato reconhecimento no mercado internacional, notadamente nos EUA, Alemanha, Inglaterra, França e Japão, países que absorveram quase a totalidade da prensagem.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Esta formidável penetração, mereceu, além das mais elogiosas críticas, a honra de ser incluído no mais completo arquivo discográfico de rock europeu e norte-americano existente em formato de livro: o famoso ROCK RECORD, editado na Inglaterra e já em sua 7ª edição. Detalhe deveras importante é que, em meio a mais de 115.000 títulos ali registrados, os únicos brasileiros também presentes como solistas são o Sepultura e o Eumir Deodato.

ANNO LUZ marcou também o surgimento da primeira gravadora especializada em Progressivo no Rio de Janeiro, a "Som Interior Produções Artísticas", de propriedade do Produtor Musical e Empresário Claudio Fonzi, um dos maiores divulgadores do Progressivo no país, colaborador de diversos veículos de comunicação - dentre eles o Whiplash, onde assina a coluna Horizonte Progressivo, proprietário da Renaissance Discos, e também o responsável pelo resgate digital desta preciosidade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Tarmat
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre Marcos A. M. Cruz

Fanático por rock setentista.

Mais matérias de Marcos A. M. Cruz.