Resenha - From The Screen To Your Stereo - A New Found Glory

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Valença
Enviar correções  |  Ver Acessos


O New Found Glory é uma dessas muitas bandas que, influenciadas por medalhões como Down By Law e NoFX, vêm trilhando uma caminhada de sucessos no mundo do hardcore. Mas ela se diferencia de outras bandas pela sua ousadia, tanto nos arranjos de suas músicas, quanto nas suas próprias letras. E, com este disco, fica claro que esta ousadia vai mais adiante. Os garotos apostaram em covers de trilhas sonoras de filme e mandaram muito bem nessa empreitada.

Hall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do MetalMetallica: a regressão técnica de Lars Ulrich

Num disco sem muitos enfeites, o A New Found Glory pegou 7 músicas e meteu a cara, fazendo, na grande maioria das versões, elas parecerem mesmo terem origem no punk rock. Ao ouvir, até me lembrei das versões que os Ramones faziam de clássicos em seus discos.

O disco começa com "That Thing You Do", do The Wonders (na minha opinião, a pior versão do disco). Bem fraquinha, a versão original dá de 10. Na seqüência, emoção pura. O clássico da minha infância "Never Ending Story Theme" (para os moleques que não se tocaram ainda, A História Sem Fim).

Ainda vêm mais pérolas. Depois de uma melhorada em "I Don't Want To Miss A Thing" (Armaggedon), chega o ponto alto do trabalho com "The Goonies R Good Enough" e "The Glory Of Love", o tema do Karatê Kid. Quer mais flashback de Sessão da Tarde do que isso? O disco acaba ainda com "(Everything I Do) I Do It For You" (Robin Hood) e a farofada do "My Heart Will Go On", da mala-mor do Canadá, Celine Dion.

É aquela famosa coisa. Cutucando, procurando coisas em grandes lojas de música do exterior, você acha várias bombas. E também perfeitas pérolas como esta, que me custou a bagatela de 3 dólares, suficiente para um lanche num final de semana. Enfim, custo/benefício mais que compensador para os momentos de diversão que o disco está proporcionando.

Set List

That Thing You Do
Never Ending Story Theme
I Don't Want To Miss A Thing
The Goonies R Good Enough
The Glory Of Love
(Everything I Do) I Do It For You
My Heart Will Go On




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "A New Found Glory"


Hall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do MetalHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal

Metallica: a regressão técnica de Lars UlrichMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

Ôôôôôeeee: Sílvio Santos aprovou montagem com Steve HarrisÔôôôôeeee
Sílvio Santos aprovou montagem com Steve Harris

Metal sueco: site elege as dez melhores bandas da SuéciaMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia

Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Centúrias: como surgiu a placa No Posers?Centúrias
Como surgiu a placa "No Posers"?

Heavy Metal: a história do estilo em uma única músicaHeavy Metal
A história do estilo em uma única música


Sobre Marcelo Valença

Estudante de Direito na PUC-Rio. Ouve Ska, Surf Music, HC, Guitar e Punk Rock, tocava baixo no Milhouse. Não dispensa um bom bate boca. Está preparando o lançamento de sua nova banda, Peter Gunn & The Neighbor's Rockin' Band. Bandas favoritas: Weezer, Ramones, Queers, Ira!, MxPx, Pixies, Brian Setzer Orchestra, NUFAN, Bouncing Souls, Specials, Madness, Hillvalleys, Autoramas, Randal Grave, Dumbs e Stukas Lazy.

Mais matérias de Marcelo Valença no Whiplash.Net.