Resenha - Mechanical Spin Phenomena - Mnemic

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Depois de cinco anos de existência e duas demos lançadas, a banda dinamarquesa Mnemic conseguiu um contrato com a gravadora alemã Nuclear Blast para finalmente lançar o seu 'debut' álbum, este que leva o nome de "Mechanical Spin Phenomena". O som da banda caminha para os lados europeus do experimentalismo do metal extremo, beirando em alguns momentos o Soilwork e até o In Flames, e por que não, o Nevermore.

Rolling Stone: as 10 melhores bandas de Heavy MetalHumor: o que os fãs de rock pedem para beber em um bar?

Michael (vocal), Mircea (guitarra e sintetizador), Rune (guitarra), Obeast (baixo, sendo que quem gravou o baixo no CD foi o antigo baixista Mikkel) e Brylle (bateria e teclado) apresentam um thrash metal vigoroso, cheio de passagens extremas, mas incluindo muitos momentos eletrônicos e muitas melodias no seu som. Eu até deveria dar uma nota maior para este trabalho, mas como esta dose experimental do Mnemic não é nada original atualmente, prefiro manter uma nota com o parâmetro do estilo da banda em relação às bandas que de certa forma criaram este tipo de música. O importante a se dizer é que a banda mesmo incluindo passagens de teclado e linhas eletrônicas em seu som, não o transforma em algo dançante ou "virtual" - o Mnemic soube muito bem utilizar os recursos musicais contemporâneos sem deixar o seu som algo simplesmente new metal.

A produção límpida do CD destaca o estilo bem peculiar do vocalista Michael de impor o seu estilo de cantar, a utilização de guitarras sujas (sem utilizar baixa afinação) e até boas viradas do baterista Brylle. No som dos dinamarqueses, o teclado serve apenas como base no "fundo", exemplo claro nas melhores músicas do CD, como "Liquid" (onde a banda investiu, e muito, em riffs pesadíssimos), "DB'XX'D" (um nome estranho em um música que chega a beirar o death metal pela tamanha violência e pelos riffs cortantes), "Tattoos" (se vê aqui bem a dose de melodias à lá Soilwork usadas pela banda), assim como em "The Naked and the Dead". Na minha modesta opinião, "Mechanical Spin Phenomenon" é a melhor música de todas as nove que compõem o CD, isto porque é a que menos investe em "camas" de teclado e partes meramente eletrônicas. Como o disco não é apenas maravilhas, "Zero Gravity" é uma faixa bem experimental, instrumental e repleta de tosquices eletrônicas - o quê francamente, não precisaria estar no CD.

Fã de Soilwork? Então acho que o Mnemic cairá muito bem no seu agrado. Aos que não curtem este tipo de música, mesmo assim, vale dar uma conferida neste estilo que está começando a virar febre entre as bandas do norte europeu. Eu particularmente gostei do CD...

Site oficial: www.mnemic.com

Line-up:
Michael (vocal);
Mircea (guitarra/sintetizador);
Rune (guitarra);
Obeast (baixo);
Brylle (bateria/teclado).

Track-list:
01. Liquid
02. Blood Stained
03. Ghost
04. DB'XX'D
05. Tattoos
06. The Naked and the Dead
07. Closed Eyes
08. Mechanical Spin Phenomenon
09. Zero Gravity

Material cedido por:
Century Media/Nuclear Blast Brasil
Caixa Postal 1240, São Paulo (SP). Cep: 01059-970. Brasil
Fone: (11) 3097.8117. Fax (11) 3816.1195.
www.centurymedia.com.br - www.nuclearblast.de




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Mnemic"


Rolling Stone: as 10 melhores bandas de Heavy MetalRolling Stone
As 10 melhores bandas de Heavy Metal

Humor: o que os fãs de rock pedem para beber em um bar?Humor
O que os fãs de rock pedem para beber em um bar?

Blasfêmias?: Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e DeusBlasfêmias?
Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Góticas: 10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 80Góticas
10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 80

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Megadeth: tocar com Kiko e Adler é como um grupo de 4 rockstarsMegadeth
Tocar com Kiko e Adler é como um grupo de 4 rockstars

Jimi Hendrix: fotos raras da época em que era inquilino de Ringo StarrJimi Hendrix
Fotos raras da época em que era inquilino de Ringo Starr


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.