Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemGene Simmons compartilha tweet com meme da ex-presidente Dilma Rousseff

imagemDave Mustaine, do Megadeth, inicia vida de youtuber e mostra o ônibus de turnê da banda

imagemÍcone do metal é alvo de críticas por tocar com músico condenado por assassinato

imagemVocalista do Greta Van Fleet não entende os haters: "parece a p**** de uma religião"

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemEvanescence coloca baixista no cargo de guitarrista e anuncia nova baixista

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemIntegrantes do Rush relembram a época que abriram shows para o Kiss, em 1975

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal


Resenha - HTP II - Hughes & Turner

Por Marcelo Melgaço
Em 16/09/03

Já disse mais de uma vez no Whiplash! que Glenn Hughes é, sem sombra de dúvida, o rocker mais ativo da atualidade. Só no ano passado lançou um álbum solo, o aclamado Hughes & Turner Project (HTP), em parceria com Joe Lynn Turner e participou do Voodoo Hill – álbum do guitarrista italiano Dario Mollo, fazendo os vocais de todas as músicas. Neste ano já lançou outro álbum solo, já fez os vocais do novo álbum do tal Dario Mollo e, junto com Joe Lynn Turner, colocou no mercado o HTP II – um petardo sonoro!!!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Glenn Hughes, The Voice of Rock, lançou, de 1992 a 2001, 8 álbuns solo, variando desde pesados, como Addiction, passando por outros com certa tendência pop, como From Now On, com um pé no funk mixado com hard rock – Feel, e ecléticos como The Way It Is. Todos excepcionais! Até CD de músicas de natal saiu - por sinal, muito bonito. Há de se destacar também o monstruoso Burning Japan Live, um dos álbuns ao vivo mais espetaculares que já ouvi.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Aí vão alguns comentários sobre as principais músicas do HTP II (na minha opinião):

Revelation – abre o CD com força total, com um riff de guitarra simples, mas marcante;

Alone I Breathe – grande performance vocal dos dois, com destaque p/ GH. Uma certa levada pop;

Going my Way – típico rock setentista. JLT lidera os vocais;
Lost dreams – cantam juntos, maravilhosa, ao final dos versos revezam-se nas últimas palavras de forma marcante;

Burning Sky – começa com certo peso, e fica mais leve no seu decorrer. Seu refrão "I’m learning to fly, I’m burning the sky" cola na mente como chiclete. Grande performance vocal de ambos;

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Let’s Talk About It Later – um bluesão bem ao estilo dos interpretados por GH em seu álbum Blues. Aqui ele apresenta toda sua amplitude vocal, e mais uma vez dá provas que não há ninguém, da sua ou da nova geração, cantando como The Voice of Rock nos dias de hoje. Atualmente, na verdade, canta melhor que na época do Deep Purple.

Em resumo - IMPERDÍVEL!!!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp