Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemNovo álbum do Krisiun será lançado em julho; veja capa e tracklist

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemMichael Anthony diz que "Van Halen III" foi "a coisa mais louca que a banda já fez"

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemTobias Forge, do Ghost, diz que ABBA deveria receber um Prêmio Nobel

imagemBlind Guardian divulga vídeo oficial de "Blood Of The Elves"; veja aqui

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode


Resenha - Keepers Of Jericho - Tribute To Helloween

Por Fernando De Santis
Em 08/11/00

Nota: 8

Finalmente, a banda criadora do heavy metal melódico, Helloween, recebeu um tributo. Em uma época em que gravadoras se aproveitam de tributos para divulgar suas bandas novas, esse tributo ao Helloween se destaca pela qualidade e pelos músicos famosos no cenário do Metal mundial, como Rhapsody, Sonata Arctica, Heaven’s Gate, Labyrinth, entre outros.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A primeira música do tributo é, sem dúvida, o grande destaque. A versão que o Rhapsody fez para o clássico "Guardians", do primeiro álbum do Helloween, Walls Of Jericho, ficou impressionante. Com o vocal impecável de Fabio Lione e a guitarra precisa de Luca Turilli, o Rhapsody conseguiu deixar essa versão do clássico do Helloween tão boa quanto a original. A fidelidade nos solos e os arranjos de teclado deixaram a música perfeita.

A banda Sonata Arctica fez uma versão peculiar de "I Want Out", mais rápida do que a versão original e com solos diferentes. A banda Heaven’s Gate fez um cover da música "A Little Time", que logo de início pode assustar um pouco os fãs do Helloween, pois o vocalista Thomas Rettke canta seu início em um tom mais baixo. Com o desenvolver da música, o vocal de Thomas cai para o estilo de Michael Kiske, algo que a deixou muito interessante. O Metalium fez uma versão super pesada de "Ride The Sky", com uma bateria super nervosa e um vocal extremamente melódico, nos mesmos moldes de Kai Hansen.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O guitarrista Luca Turilli fez uma versão muito boa de "I’m Alive". Com uma introdução épica e arranjos de teclado por toda a música, essa versão também é um grande destaque do álbum. Mais uma vez Luca reproduz os solos do Helloween com grande precisão.

A decepção desse tributo ficou por conta do Vision Divine. A versão do maior clássico do Helloween, Eagle Fly Free, ficou fraca. A música ficou sem o peso original. Mesmo sendo uma versão cover, o Vision Divine tirou um pedaço da alma desta música, deixando-a meio vazia. O que ficou interessante nesta faixa foi a introdução do Keeper Of The Seven Keys II, Invitation, que é tocada antes de Eagle Fly Free.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Uma das grandes surpresas desse tributo ficou por conta do Dark Moor, que tocou o hino da banda: "Halloween". Apresentando uma introdução totalmente assustadora, a banda surpreende do começo ao fim. Com muitos arranjos de teclados e solos precisos, o Dark Moor consegue impressionar nos 13 minutos desse clássico. Esse tributo ainda conta com as versões de "Judas", tocada pelo Morifade, "Savage" - com um vocal todo diferente da versão original -, tocada pelo Brainstorm, "Future World", tocada pelo Labyrinth, "Save Us", em uma versão bem diferente tocada pelo Cydonia, "Victim Of Fate", tocada pelo Squealer, e "How Many Tears", em uma versão mais pesada do que a original (!!!), tocada pela banda Secret Sphepre.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Um tributo muito bem feito, com direito a homenagem à banda até na parte gráfica, pois a capa é feita pelo desenhista Uwe Karczewski (que já havia feito capas para o Helloween). O ponto fraco desse tributo fica por conta da ausência de músicas dos discos Pink Bubbles Go Ape, Chameleon, e dos discos da fase Andi Deris. Quem sabe num próximo tributo?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Helloween: Decifrando o disco "Master of The Rings" (podcast)


Helloween: Jack O. Lantern não foi o primeiro mascote da banda?


Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Fernando De Santis

Paulistano, nascido em 1979, Fernando De Santis passa grande parte do seu tempo viajando entre São Paulo, Santos e Curitiba. Nas horas de viagens dentro de ônibus ou aviões, costuma ouvir Hard Rock, Heavy Metal e demos de qualquer estilo. Atualmente trabalha como webdesigner para o Estado de São Paulo. Mantém o site "We Burn", dedicado ao Helloween desde 1998, que nunca lhe trouxe nenhum dinheiro, mas rendeu muito amigos.

Mais informações sobre

Mais matérias de Fernando De Santis.