Resenha - Stiff Upper Lip - AC/DC

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Haroldo
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

Precisão, coerência e amor ao rock'n'roll.

Em essência, é isso o que o AC/DC tem a ensinar a quem quiser aprender a fazer rock. Cinco anos depois de "Ballbreaker", os australianos retornam em sua melhor forma com um punhado de canções escolhidas a dedo para agradar aos fãs.

Chester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris CornellGutural: mulheres que fazem vocal em bandas de Metal

A primeira coisa a se destacar em Stiff Upper Lip é a opção acertada da tríade Young em fazer da mixagem um festival de guitarras que, não raramente, abafa o agudo quase monocórdico de Brian Johnson. A segunda coisa é a surpresa de, ao contrário de vários álbuns anteriores, as faixas irem evoluindo progressivamente. Se a faixa-título lembra bastante "Hard As A Rock", "Meltdown", a segunda, evoca os tempos de Bon Scott, com espírito bem rock'n'roll. "House Of Jazz" tem marcação acentuada, bem pesada, uma das melhores do disco. "Hold Me Back" começa na linha de "Thunderstruck", menos power e mais alegre, assim como "Can't Stand Still". E é na sétima faixa, "You Can't Stop Rock'n'Roll" que o álbum atinge seu ápice, um formidável trabalho de guitarras no mais puro estilo hard rock, como não se faz mais hoje em dia. Ouça-a o mais alto que puder. "All Screwed Up" te leva a pensar que está escutando "Electric", o cd mais rocker do The Cult, pela semelhança de timbre e pegada.

O AC/DC tem a sorte de ter em seu líder um guitarrista despreocupado com modismos e modernices, cujo maior prazer é balançar a cabeça e tocar seu instrumento esplendorosamente. Por isso mesmo, a única dúvida dos amantes da banda é quanto ao que será feito das 5 faixas que sobraram das gravações para este disco e quando Angus Young irá reaparecer com uma nova obra-prima.

Formação:
Angus Young - Guitarra (líder)
Malcolm Young - Guitarra
Brian Johnson - Vocais
Cliff Williams - Baixo
Phil Rudd - Bateria


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "AC/DC"


Slash: o que ele achou de Axl Rose no AC/DC?Slash
O que ele achou de Axl Rose no AC/DC?

AC/DC: Tom Morello transforma clássico em canção políticaAC/DC
Tom Morello transforma clássico em canção política


Chester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris CornellChester Bennington
A tocante carta que ele escreveu para Chris Cornell

Gutural: mulheres que fazem vocal em bandas de MetalGutural
Mulheres que fazem vocal em bandas de Metal


Sobre Paulo Haroldo

Ex-comerciante, divorciado (liberdade ainda que tardia). Preferências musicais: Hard Rock (principalmente anos 70), Blues, Heavy Metal sem podreira, Progressivo (não confundir com ProgMetal), e todo bom rock/pop feito sem samplers, computadores e outros artifícios eletrônicos que só servem para mascarar falsos músicos. Exterminador de hip-hoppers...

Mais matérias de Paulo Haroldo no Whiplash.Net.

adGoo336