Resenha - Welcome To The Other Side - Rage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Agora com a formação consolidada com ninguém menos que Mike Terrana, bateria, e Victor Smolski, guitarra, Peavy (voz e baixo) nos traz mais um álbum do Rage. Desde o lançamento da obra-prima Trapped de 92, a banda conseguiu produzir outros discos maravilhosos, como o não menos perfeito The Missing Link, e os ótimos Black in Mind e XIII, que tinha uma grande influência clássica nas suas composições.

Filmes sobre rock: A história do gênero no cinemaDe AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rock

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Welcome to the Other Side marca uma nova fase da banda alemã, e é latente a empolgação dos músicos com as novas faixas. Para quem achou que depois da 'pisada de bola' do último trabalho, Ghosts, Peavy havia diminuído o ritmo de produção, de peso, e do mais importante, da qualidade de suas composições, estava muito enganado.

Ponha esse novo disco em seu CD player e após a introdução, Paint Devil On The Wall entra mostrando que o Rage esta de volta a velha fase, ainda mais com a bateria "cavala" (desculpem, foi o único termo que consegui achar para descrever o que Mike Terrana toca nesse disco), que deixa as faixas ainda mais interessantes e com bem mais punch, além trabalho impressionante de guitarra de Victor Smolski, que inclusive compõe boa parte das músicas.

Tribute to Dishonour, dividida nas suas 4 partes é Rage puro, e mostra seu power metal sendo tocado da melhor forma, com riffs muito pesados e excelentes linhas de vocal, pois como sempre Peavy simplesmente esculacha, indo do vocal mais agressivo e rasgado possível à melodias perfeitas. Outros destaques são: a paulada Welcome to the Other Side, Riders in the Moonlight e a boa Point of No Return.

Esse disco faz justiça a grande discografia da banda e também ao gênio criativo que é Peavy Wagner. Não é a melhor coisa lançada pelo Rage, mas é obrigatório na coleção de qualquer fã da banda.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rage"


Terrana: Nunca um computador limpará minha bunda!Terrana
"Nunca um computador limpará minha bunda!"

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 2002Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 2002


Filmes sobre rock: A história do gênero no cinemaFilmes sobre rock
A história do gênero no cinema

De AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rockDe AC/DC a ZZ Top
Origens dos nomes de bandas e artistas de rock


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336