Guitarpedia: 11 dicas para um comportamento mais profissional - Pt1

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Mingues da Silva, Fonte: Blog Guitarpedia
Enviar correções  |  Comentários  | 

No Post de hoje nós do site Guitarpedia, vamos lhe dar algumas dicas que podem lhe auxiliar a deixar o seu comportamento musical em um nível altamente profissional.

127 acessosGuilherme Costa: demonstrando técnicas em 5 clássicos do rock/metal5000 acessosEmos: 23 músicas que já estiveram na sua playlist

1 - Controle o seu Ego

Uma das coisas mais óbvias, porém mais difíceis de ser feita por alguns, é deixar de lado a sua vontade exagerada de mostrar ao mundo o quanto habilidoso é com o instrumento e em razão disso deixar toda a musicalidade e fluência natural da obra se perder.

Nunca se esqueça, os músicos têm como objetivo fazer música, e não competirem entre si, sobre quem é o mais rápido, ou possui a técnica mais inovadora, e outras picuinhas.

A música não pode ser apenas um pretexto para um pseudo músico mostrar aquilo que sabe fazer com instrumento. A obra é sempre maior que o artista, e este por sua vez deve fazer tudo que está ao seu alcance para que a sua música venha sempre em primeiro lugar.

2 – Saiba o seu Papel

Sempre que tocamos com outras pessoas, acabamos desempenhando um papel naquela situação, e é de extrema importância que cada músico saiba qual é o seu papel, seja em uma banda, uma orquestra, em uma inusitada Jam, que você foi pego de surpresa, em um trabalho como sideman, etc.

Em diferentes situações o papel do instrumentista pode mudar drasticamente, por exemplo, em uma banda formada por amigos, é comum cada um ter a mesma voz de importância no grupo, o que não acontece quando um músico é contratado para ser um sideman de uma cantora já consagrada, nesta segunda situação o músico deve geralmente seguir ordens, e fazer aquilo que tal ocasião espera dele para “resolver o problema”.

3 – Não se Arrisque Sem estar Preparado

Quando ainda não acumulamos muita experiência em nossa carreira acabamos entrando em algumas ciladas, uma delas pode ser aceitar aquele trabalho em que não somos um expert no assunto.

Isso pode ser algo terrível para a nossa reputação e para a relação com os demais músicos daquele trabalho.

Conheça as suas qualidades e seus defeitos, e saiba em qual situação você pode se encaixar perfeitamente, em qual você consegue realizar um trabalho satisfatório, e em qual você ainda não esta preparado, a não ser que passe por um bom período de estudo.

Acesse www.guitarpedia.com.br, assista a uma de nossas aulas, e conheça o nosso player exclusivo com a função loop, que otimiza o seu tempo, e elevará a sua técnica nas seis cordas para um novo patamar.

Nós contamos com alguns dos músicos mais relevantes no cenário musical do nosso país como: Djalma Lima, Pollaco, Cuca Teixeira, Fábio Santini, Bruno Godinho, Vandré Nascimento, entre outros. Acesse já!!!

4 – Espere o Inesperado

Um músico profissional com experiência sabe muito bem que dificilmente em uma apresentação, tudo sai exatamente como planejado, portanto fazer o dever de casa se preparando para algumas situações imprevisíveis é no mínimo necessário.

Você deve se precaver para problemas técnicos, como a quebra de uma corda ou um defeito em seu equipamento, como para problemas de entrosamento com os outros músicos e até mesmo problemas com o repertório.

Saber alguns Standards do estilo em questão pode lhe ajudar muito em uma situação de problemas com o repertório. Por exemplo, enquanto o baixista troca uma corda você pode puxar uma música famosa e praticamente unanime como ‘Smoke on the Water’ e divertir o público pelos minutos necessários para tudo voltar ao normal. Em uma situação mais jazzista, o mesmo pode ser feito com temas como All The Things You Are ou Stella By Star Light, por exemplo.

Fique ligado para não perder a segunda parte deste Post, com mais 7 dicas para você adquirir uma postura de respeito dentro do ramo musical !!

Para saber mais sobre guitarra, história da música e teoria musical, visite o site Guitarpedia, e curta a página para ficar por dentro das novidades e interagir conosco!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


127 acessosGuilherme Costa: demonstrando técnicas em 5 clássicos do rock/metal127 acessosGuitarra: Licks Aranha (misturando Satriani e Paul Gilbert)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Instrumentos"

MetallicaMetallica
Hetfield: "Fico deprimido quando não pego a guitarra!"

Heavy MetalHeavy Metal
50 dos mais famosos riffs em 18 minutos

GuitarpediaGuitarpedia
5 diferenças entre guitarristas amadores e profissionais

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Instrumentos"


EmosEmos
23 músicas que já estiveram na sua playlist

Iron MaidenIron Maiden
Veja a banda como você não gostaria de vê-la

TatuagensTatuagens
Forma de expressão artística há mais de 3.500 anos

5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19865000 acessosVan Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana5000 acessosEm 08/03/1995: Ingo Schwichtenberg, baterista do Helloween, comete suicídio5000 acessosAngra: repórter fala sobre possuir mesmo nome que baixista5000 acessosSeparados no nascimento: Paul Stanley e Ronaldo Esper5000 acessosPorta dos Fundos: Andreas Kisser e a cobrança dos metaleiros

Sobre Thiago Mingues da Silva

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online