Jimi Hendrix: um dos pais do Heavy Metal (?)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ivison Poleto dos Santos
Enviar correções  |  Comentários  | 

Quem está começando a ouvir Metal agora pode se perguntar o que raios Jimi Hendrix tem a ver com o estilo. Uma pergunta muito válida por sinal, pois eu mesmo a fiz há alguns anos. Depois de ouvir guitarristas como Eddie Van Hallen, Yngwie Malmsteen, Joe Satriani e tantos outros, o legado do grande mestre pode parecer um pouco obscurecido. Mas é um ledo engano. Jimi Hendrix foi, e continua sendo, um dos grandes mestres da guitarra e, principalmente no que nos interessa, um dos pioneiros do gênero. É óbvio que não estou afirmando que Jimi Hendrix inventou o Metal, mas grande parte da sua sonoridade se deve a ele.

5000 acessosJoe Satriani: tocar Jimi Hendrix é a coisa mais perigosa que existe5000 acessosMotorhead: destaques do funeral de Lemmy Kilmister

Jimi foi basicamente, na sua própria opinião, um músico de Blues. Foi este gênero que ele começou a tocar e com os seus grandes mestres ele aprendeu. Nada muito diferente dos outros guitarristas de rock de sua época. Mas a grande diferença estava no gosto de Jimi por tentar aliar novas sonoridades e novas tecnologias à sua música. Jimi era capaz de passar horas em estúdio percebendo as sonoridades. Foi, afinal de contas, um grande estudioso do instrumento que não largava. Os amigos dizem que sempre o viam com uma guitarra a tiracolo.

Levado por Chas Chandler, ex-baixista do "The Animals", a sua ida à Inglaterra foi um grande divisor de águas para ele. Deixou de ser o músico convidado para ser protagonista de uma banda. Chandler foi uma espécie de guia musical para Jimi. Foi ele que o apoiou, que conseguiu os primeiros trabalhos, e principalmente, quem conseguiu reunir os músicos que o acompanhariam. E esta não foi uma tarefa fácil. Jimi conta que queria músicos que vissem a música como ele mesmo via. Conta a lenda que Noel Redding, seu futuro baixista, foi à audição achando que seria convidado para tocar guitarra para o "The Animals". Foi com a banda montada, a "The Jimi Hendrix Experience" que ele deu os primeiros, e mais importantes passos, para a fama. Na swinging London da época, Jimi conheceu a efervescente cena musical que o cativaria e o acolheria. Digamos que Jimi deu um toque do Blues americano ao Blues tocado na Inglaterra e um toque inglês ao Blues americano.

Confira as três músicas executadas ao vivo abaixo prestando muita atenção às linhas de guitarra.

Escolhi estas três músicas ao vivo porque elas dão uma percepção maior do estilo de Hendrix. É ao vivo que se nota com mais precisão as características que queremos realçar.

Notou várias características das guitarras de Metal, não?

Pois é, Jimi não foi o primeiro a usar e abusar da distorção obtida pela saturação das válvulas dos amplificadores Marshall antigos. E Jimi tocava muito alto, mas muito alto como você pôde perceber. Uma outra característica marcante foi o gosto de Jimi pelas inovações em efeitos que estavam aparecendo. E ele usava muitos efeitos tais como o Wah, o Phaser, o Chorus e outros. Como estudioso da guitarra, Jimi usava técnicas que mais tarde se tornariam muito comuns nos guitarristas de Metal: as ligaduras, as alavancadas, os solos longos, os ecos e as microfonias. Além disso, Jimi era um guitarrista rápido para a época, bastante rápido. Isso para um cara que só usava escalas pentatônicas. Junte a tudo isso um baixo marcante e uma bateria pesada e temos os ingredientes de uma música de Metal.Perceba que na terceira música, Fire, ela apresenta um elemento marcante e que define as músicas de Metal. O riff de guitarra! Talvez a característica musical mais marcante do estilo!

Jimi Hendrix pode não ter inventado o Metal, mas que ajudou a defini-lo, isso sim eu não tenho a menor dúvida!

Comente: Na sua opinião, quem são os pais e avôs do Heavy Metal?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Joe SatrianiJoe Satriani
Tocar Jimi Hendrix é a coisa mais perigosa que existe

1249 acessosJimi Hendrix: novo álbum, "Both Sides Of The Sky", sai em março404 acessosFilipe Zanella: Como tocar como Jimi Hendrix?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Jimi Hendrix"

Classic RockClassic Rock
Elegendo os 10 melhores álbuns de estréia

Liam GallagherLiam Gallagher
Ele não gosta de Queen e odeia o som de Brian May

GuitarristasGuitarristas
Os sete mais influentes de todos os tempos

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Jimi Hendrix"


MotorheadMotorhead
Destaques do funeral de Lemmy Kilmister

ListasListas
As 10 melhores bandas da era pós-Nirvana

Lars UlrichLars Ulrich
Fãs pediam que eles transassem com suas namoradas?

5000 acessosRock, Revolução e Satanismo5000 acessosNirvana: "Teoria é um desperdício de tempo", dizia Kurt5000 acessosFotos de Infância: Arch Enemy5000 acessosDio: qual foi sua melhor banda? Os rockstars respondem4271 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson compara tratamento de câncer a ter a cabeça cozida5000 acessosAxl Rose: rara entrevista de Axl nos bastidores da NBA em 2001

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 09 de maio de 2017


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online