Sebastian Bach: jam com rockstars o colocou no Skid Row

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

O Skid Row foi projetado, desde o início, para ser grande. Sempre foi este o objetivo do baixista Rachel Bolan e do guitarrista Dave "The Snake" Sabo, que formaram a banda em 1986, na cidade de Toms River, Nova Jersey, nos Estados Unidos.

5000 acessosSebastian Bach: reunião do Skid Row pode estar próxima de acontecer5000 acessosNovas caras do metal: 40 bandas que você precisa conhecer

Para chegar a este objetivo, Bolan e Sabo precisavam de um grupo ideal. Logo encontraram o também guitarrista Scotti Hill e o baterista Rob Affuso, por meio de anúncios em jornais.

Antes mesmo de ter se formado, o Skid Row já sabia que poderia contar com um "empurrãozinho" e tanto para chegar ao estrelato. A ajuda seria de Jon Bon Jovi, já consagrado, naquela época, pelo trabalho com o Bon Jovi.

Por que o grupo contava com a ajuda de Jon? Durante a adolescência, ele havia feito uma espécie de pacto com Dave "The Snake" Sabo. O trato era: ambos seriam estrelas do rock, não importava como chegariam a este objetivo. E quem conseguisse primeiro, deveria ajudar o segundo.

Jon conseguiu. E recebeu a tarefa de ajudar o amigo, Dave, a atingir esse status. Mas, para chegar ao objetivo traçado desde a adolescência, "The Snake" precisava de um vocalista.

Por pouco, não foi Matt Fallon. O cantor integrou o grupo entre 1986 e 1987, após ter integrado o Anthrax por alguns meses e ter tocado com Dave Sabo em uma banda chamada Steel Fortune. Fallon chegou a gravar uma demo com o Skid Row, no estúdio que Jon Bon Jovi havia construído na Filadélfia. Só que não deu certo e Matt deixou o grupo.

Portanto, não foi John Corabi. Houve um contato para que Corabi integrasse o Skid Row, antes mesmo de fazer parte do The Scream, banda que o projetou o bastante para ser convidado a substituir Vince Neil no Mötley Crüe. Não vingou.

A solução para os vocais do Skid Row veio de onde ninguém esperava. No início de 1987, o fotógrafo Mark Weiss deu uma festa de casamento e, entre os presentes, estava Sebastian Philip Bierk, conhecido como Sebastian Bach, um jovem cantor de apenas 18 anos.

Nascido nos Bahamas e criado no Canadá, Sebastian Bach não era nenhum novato. Ele teve uma banda, chamada Kid Wikkid, durante a sua adolescência. Depois, substituiu Bret Kaiser no Madam X.

Por acaso, Sebastian Bach estava na festa de casamento de Mark Weiss. Ele se destacou após uma jam com diversos rockstars que estavam, conforme relatou uma edição de 1989 da revista "Spin", "bêbados". Entre os nomes com quem Bach tocou, estavam o guitarrista Zakk Wylde (Ozzy Osbourne), integrantes do Twisted Sister e o vocalista Kevin DuBrow (na ocasião, ex-Quiet Riot).

A jam foi marcada pela descontração. Os rockstars - e Bach - tocaram, basicamente, músicas do Led Zeppelin no equipamento da banda-baile que animava a festa.

Sebastian Bach em 1989. Foto por Eddie Malluk
Sebastian Bach em 1989. Foto por Eddie Malluk

De acordo com o relato do próprio Sebastian Bach em sua autobiografia, sua performance durante a festa de casamento, mesmo que durante um momento de descontração, deixou algumas pessoas impressionadas - entre eles, o pai de Jon Bon Jovi, que comentou sobre o cantor ao filho. Foi assim que Scotti Hill, que sequer estava na confraternização, soube de Bach.

Rapidamente, Sebastian Bach conseguiu uma audição com o Skid Row. Conforme relatou Rachel Bolan, em entrevista à revista Classic Rock: "Ele (Bach) cantava as músicas tão alto que tínhamos que controlá-lo, mas depois de trabalharem sua voz, tudo se encaixou. Sebastian era muito obnóxio e alto, mas precisávamos de um cantor".

Apesar das observações de Rachel Bolan, Sebastian Bach agradou a todos. Com Bach, o Skid Row conseguiu um contrato com a Underground, editora de Jon Bon Jovi e do guitarrista Richie Sambora. Também assinaram com a gravadora Atlantic e conseguiram orçamento para seu primeiro disco, gravado no estúdio Royal Recorders, em Lake Geneva, Wisconsin.

O resto é história.

Comente: Você prefere Sebastian Bach no Skid Row ou em carreira solo?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Sebastian BachSebastian Bach
Reunião do Skid Row pode estar próxima de acontecer

997 acessosSebastian Bach: covers em bar na Austrália, veja vídeos102 acessosEm 20/11/2007: Sebastian Bach lança o álbum Angel Down0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sebastian Bach"

Sebastian BachSebastian Bach
A "Escola de Grito" do vocalista

Sebastian BachSebastian Bach
Por que ele continua tocando "I Remember You"?

Sebastian BachSebastian Bach
Emocionado, cantor relata como perdeu sua casa em 2011

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Skid Row"0 acessosTodas as matérias sobre "Sebastian Bach"


Novas caras do metalNovas caras do metal
40 bandas que você precisa conhecer

Jason BeckerJason Becker
O mais tocante desafio do balde de gelo até agora

PreçosPreços
Quanto custa para contratar a sua banda favorita

5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Mustaine e um Cocker Spaniel5000 acessosMetal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômito5000 acessosKiss: as 10 músicas mais "demoníacas" da banda5000 acessosMotorhead: a gafe nazista de Lemmy em Nuremberg4905 acessosMúsicas Cover: quando uma versão sai terrivelmente errada5000 acessosSeparados no nascimento: Ozzy Osbourne e Jim Carrey

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 19 de abril de 2017


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online