Para músicos: dicas para encarar o medo do palco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fábio Sena, Fonte: Fábio Sena, O Louco do Baixo
Enviar correções  |  Ver Acessos

São muito comuns os relatos de músicos que têm medo ou não sentem-se a vontade no palco. Para lidar com o medo e a ansiedade vou sugerir uma série de dicas aqui.

Refrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/MetalPlanet Rock: as maiores vozes da história do rock

- Filme-se

Quanto mais registros você fizer tocando seu instrumento, mais você vai se conscientizar da sua postura, linguagem corporal, timbre e técnica, além de forçar você a tocar uma música do começo ao fim sem errar.

- Pratique o repertório ANTES da apresentação

Quanto mais você repetir as músicas, menos você precisará pensar para executá-las. Isso vai ajudar no palco, naquele momento em que a ansiedade e o medo podem dominar. Mesmo que você fique extremamente nervoso(a) e comece a tremer (acontece muito), inconscientemente você se lembrará de como tocar, apenas porque você praticou várias vezes as músicas.

- Viver o momento

Encare o palco como o SEU MOMENTO. Isso quer dizer que você tem que se divertir ao máximo e NINGUÉM, incluindo você mesmo, tem o direito de roubar a cena. Então relaxe e curta o momento. Independente de ter público ou não, do som estar bom ou não, ou de qualquer outra coisa. Simplesmente DIVIRTA-SE no palco.

- Encare o público

Não tenha medo ou vergonha de olhar para as pessoas. Me refiro a olhar nos olhos e criar um vínculo com a platéia. Se coloque no lugar do público: você gostaria de ver um músico tocando cabisbaixo? Se tiver alguém te filmando ou fotografando, encare a pessoa e a câmera. Se olhar para as outras pessoas te incomoda, levante a cabeça e procure um ponto fixo que não tenha ninguém. Mesmo que não olhe para alguém, passará ao público uma expressão mais confiante do que ficar somente de cabeça baixa.

- Movimente-se

Lembre-se: a função da performance musical é fazer você e as outras pessoas se divertirem, então, deixe de lado a vergonha de dançar, pular e fazer maluquices. O movimento e a dança aumenta a expressividade da performance musical. Evite dar as costas ou ficar de lado para a platéia por um longo tempo. Se posicione e domine o palco.

- Manutenção e cuidados com equipamentos

Cuide do seu instrumento e periféricos para que não apresentem ruídos indesejados e para que funcionem adequadamente durante a apresentação, sempre com um bom som.

- Vá ao banheiro momentos antes da apresentação

Apesar de engraçado é verdade! Necessidades fisiológicas podem atrapalhar a concentração e criar tensão involuntária. Não leve xixi para o palco.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Matérias

Refrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/MetalRefrãos
Alguns dos mais marcantes do Rock/Metal

Planet Rock: as maiores vozes da história do rockPlanet Rock
As maiores vozes da história do rock

Loudwire: as 10 melhores músicas do Slipknot segundo o siteLoudwire
As 10 melhores músicas do Slipknot segundo o site

Slayer: Raining Blood é brutal, mesmo com a bateria da BarbieSlayer
"Raining Blood" é brutal, mesmo com a bateria da Barbie

Rockstars: Tatuagens que possivelmente geram arrependimentoRockstars
Tatuagens que possivelmente geram arrependimento

Rammstein: Veja o que os alemães pensam sobre a banda (vídeo)Rammstein
Veja o que os alemães pensam sobre a banda (vídeo)

Power Metal: 10 álbuns essenciais segundo About.comPower Metal
10 álbuns essenciais segundo About.com


Sobre Fábio Sena

Fábio Sena, O Louco do Baixo é músico profissional. Professor de música, toca na banda Grungeria, Orquestra Filarmônica de Santo Amaro (OFISA), Bass Solo Performer e escreve no blog "O Louco do Baixo".

Mais matérias de Fábio Sena no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336