26/04/14 - Paul Gilbert (São Paulo - SP)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Otávio Augusto Juliano, Fonte: E M & T/Território da Música
Enviar correções  |  Ver Acessos

Gilbert (MR. BIG) dispensa apresentações. Velho conhecido dos alunos do IG&T, o músico apresenta-se em workshop exclusivo em São Paulo

Danilo Gentili: O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiroTradução: O clássico The Wall, do Pink Floyd

Sábado, 26 de abril, às 15h00

Auditório UNIP
Rua Dr. Bacelar 1212- Vila Mariana

Convites pelo telefone: 11-5012.2777

Patrocínio: Ernie Ball e IG&T

Apoio: IBANEZ, MIX FM, C&A, Yamaha, Staner, Shure, Chauvet, Santo Angelo e Made In Brazil Megastore




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção AgendaTodas as matérias sobre "Paul Gilbert"


Paul Gilbert: o álbum que o salvou de virar um clone do Yngwie MalmsteenPaul Gilbert
O álbum que o salvou de virar um clone do Yngwie Malmsteen

Paul Gilbert: meu impacto no mundo da guitarra é menor que penseiPaul Gilbert
Meu impacto no mundo da guitarra é menor que pensei


Danilo Gentili: O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiroDanilo Gentili
O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiro

Tradução: O clássico The Wall, do Pink FloydTradução
O clássico The Wall, do Pink Floyd


Sobre Otávio Augusto Juliano

Otávio é paulistano, tem 29 anos e faz algo nada a ver com o Rock: é advogado. Por gostar muito de música e não possuir talento algum para tocar instrumentos musicais, tornou-se um comprador compulsivo de cds. Sempre interessado em leitura ligada ao Rock e Metal, começou a enviar algumas pequenas colaborações para a Whiplash e hoje contribui principalmente com textos relacionados ao Hard Rock, estilo musical de sua preferência. De qualquer forma, é eclético e não dispensa álbuns de todas as demais vertentes do Metal, sendo fã incondicional de W.A.S.P., Mötley Crüe e dos trabalhos do guitarrista Steve Stevens.

Mais matérias de Otávio Augusto Juliano no Whiplash.Net.