Matérias Mais Lidas


Por que a parte mais legal de Eddie Van Halen era ser um atleta, segundo Paul Gilbert

Por Igor Miranda
Postado em 24 de julho de 2021

Eddie Van Halen, guitarrista que nos deixou em 2020, foi um dos maiores nomes do instrumento em toda a história. Os talentos do revolucionário músico foram exaltados por Paul Gilbert, conhecido pelos trabalhos com o Mr. Big, Racer X e carreira solo, em entrevista.

Van Halen - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As declarações foram feitas em bate-papo com IgorMiranda.com.br no YouTube (vídeo disponível abaixo). Paul Gilbert também falou sobre ídolos como Ronnie James Dio e Paul McCartney enquanto discutia a inserção de uma abordagem mais melódica a seu novo álbum solo, "Werewolves of Portland", já disponível no streaming.

Inicialmente, ele comentou: "Melodias são novidade para mim. Toco guitarra há muito tempo, mas nunca realmente toquei melodias. Já cantei melodias antes e minha extensão vocal não é grande, então é interessante pensar em melodias na guitarra, pois dá para tocar quase qualquer nota. Se você quiser tocar uma nota alta, você consegue. Porém, não consigo cantar essa nota, é muito alta para a minha voz. Por isso, comecei a pesquisar minhas melodias favoritas de outros cantores".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, no vídeo, ele tocou um trecho de "Long Live Rock 'n' Roll", clássico do Rainbow na voz de Ronnie James Dio. O músico transpôs a melodia de canto na guitarra. O mesmo foi feito com "Blackbird", dos Beatles.

"Se eu pegar uma melodia de Ronnie James Dio - pois ele é um grande cantor de heavy metal - em, por exemplo, 'Long Live Rock ‘n’ Roll', [...] é bem diferente de subir e descer nas escalas como eu fazia. Aí comecei a aprender muitas melodias dos meus ídolos. Aprendi 'Blackbird', de Paul McCartney, e é uma música realmente complicada. Eu consegui tocá-la dessa vez, mas tive que treinar muito", declarou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Depois, Paul Gilbert destacou que sua carreira começou em uma época onde Eddie Van Halen ditava as regras da guitarra. E, naqueles tempos, o grande direcionamento no instrumento era tocar rápido para "criar entusiasmo" - quase como uma abordagem atlética à guitarra.

"Na época, o que se queria era criar entusiasmo. O que me entusiasmou sobre Van Halen foi seu jeito rápido de tocar e ele também tinha um estilo bem legal, ele tinha um vibrato bem legal. Ele era como um atleta. De vez em quando, ele tocava melodias, mas essa era a parte menos emocionante", explicou.

Na visão de Gilbert, entre os clássicos do rock e heavy metal, as melodias mais legais vêm dos cantores, não dos guitarristas. Por isso, sua abordagem no instrumento não era tão direcionada à melodia. Agora, porém, ele busca tirar o atraso nesse sentido e abordar a guitarra da forma mais melódica possível.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Amo cantores de heavy metal como Ronnie James Dio e Klaus Meine, do Scorpions, e, claro, bandas pop como Beatles e Carpenters. Melodias fantásticas, mas eu sempre pensava: 'é o vocalista ali'. Mas ao longo dos anos eu continuei tentando trazer isso", pontuou.

A entrevista completa com Paul Gilbert pode ser assistida, com legendas em português, no vídeo a seguir.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS