Heavy metal: Importância e Relevância

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Heavy metal: Importância e Relevância


  | Comentários:

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Já começo sabendo que vou ganhar aproximadamente 782 novos haters pelo que vou escrever aqui. Então cuide as palavras que irá ler e, por favor, não faça distorção de argumentos. Este é sim um texto opinativo, isento de imparcialidade. Não tenho a intenção de falar de metal nacional, mamilos polêmicos ou sobre chupar rola de gringo

O que eu venho falar é sobre uma troca de pele natural do estilo musical que todos aqui compartilham e o quanto vocês apoiam isto. Não faz muito tempo que eu vi um redator citar em uma “notícia” (entre aspas, pois NOTÍCIA não deveria conter opiniões) uma série de adjetivos para uma banda recente que tem ganhado espaço. Tudo bem, ele tem o direito de não gostar. Eu particularmente nem gosto da tal banda, então não estou aqui apenas pra defender algo que me deixou magoado.

O que eu venho, de verdade, dizer aqui é que: Banda nova = banda ruim (no senso comum deste nicho). Se uma banda não é um clássico dos anos 80 ou 70, ela não presta. As pessoas, às vezes, esquecem que, um dia, BLACK SABBATH, KISS, e GUNS N’ ROSES também já foram bandas iniciantes! Críticas lançadas por quem não estava acostumado com o que ouvia. O próprio Sr. Osbourne cita em sua biografia que, na primeira vez que a banda executou a música “Black Sabbath” ao vivo, metade da audiência saiu correndo em disparada de medo. Foi impactante e era uma mudança muito radical. Os que souberam ser flexíveis, tornarem-se fãs da banda que, supostamente, criou o Heavy Metal.

O que me deixa embasbacado são pessoas criticando bandas como AVENGED SEVENFOLD, SLIPKNOT, KORN, IN THIS MOMENT, BULLET FOR MY VALENTINE, BLACK VAIL BRIDES e tantas outras que estão surgindo com algo diferente. Você tem todo o direito de não gostar destas bandas, mas admita o talento (de algumas) delas! Existe uma grande diferença entre VOCÊ não gostar e ser ruim. Exemplo prático: Eu detesto DREAM THEATER! É uma questão pessoal, não curto o som deles, acho monótono... Como eu poderia ter a audácia de dizer que é ruim? São os melhores músicos do planeta reunidos em um só grupo! Mas vamos retomar o foco, só citei isso pra mostrar que não sou um defensor de ‘New Wave’.

[Obs.: Das bandas que citei acima, metade eu odeio. Mais uma vez, não estou aqui para tentar acolher ninguém].

As pessoas devem lembrar-se que IRON MAIDEN e JUDAS PRIEST também já foram bandas consolidando uma nova modalidade dentro do metal. Eles já foram tratados como todas estas bandas citadas, simplesmente porque eram novos e estavam mudando algo.

E é aí que entra o ponto da relevância (onde eu serei crucificado pelo resto da vida por manifestar minha opinião): Bandas como METALLICA, IRON MAIDEN, HELLOWEEN, BLACK SABBATH e LED ZEPPELIN serão eternamente importantes, mas não são mais relevantes!

A diferença entre “Importância” e “Relevância” é o tempo em que isso se encontra. Relevante é tudo aquilo que é importante AGORA! Estas bandas clássicas já consolidaram um estigma. Basta ouvir meia frase de uma música para reconhecer a voz de James Hetfield. Em duas notas de “Paranoid”, qualquer público que estiver em sua frente vai à loucura. Estas bandas foram importantes por terem feito a diferença, enquanto muitas outras caíram no esquecimento por fazer mais do mesmo. Elas poderão ser relevantes para quem as conhecer agora mas, em geral e no meio musical, são bandas muito importantes pelo trabalho já feito (e quero deixar claro que devem sim ser para sempre admiradas por isto)

Mudar é importante e mantém o rock n’ roll vivo! “Ah, mas banda X está mudando para um som de merda!” Ok! Mantenha a calma e não entre em pânico. A música é um poço interminável de criatividade e as mudanças nunca apontam para uma direção só. Se aquela banda não revolucionou do jeito que você gostaria, vai aparecer outra que irá te conquistar. Tudo o que você precisa fazer é permitir que esta banda, ao menos, tente! Se você tivesse a oportunidade de fazer sucesso com uma banda, mais cedo ou mais tarde teria vontade de fazer algo diferente do que todos estão fazendo. Não critique as bandas que estão realizando esta vontade! Se não gostar, afaste-se e procure algo que vá gostar. Divulgue o que gostar. Patrocine e apoie o que gostar! Não seja um receptor de cultura. Faça isso tornar-se uma bola de neve que apoie o cenário! Caso contrário, você entrará no mesmo paradigma Importância x Relevância... E é aí que eu entro no real defeito dos amantes de boa música deste país...

FAÇA ALGUMA COISA EM PROL DA CENA HEAVY METAL!

Você não precisa ser nenhum produtor fodão, você não precisa ser um rockstar, você não precisa ser um jornalista global. Eu sempre fui um Zé-ninguém (ainda sou), mas não me acomodei. Criei o Programa MoitaRock. Muitos odeiam meu programa, mas eu não ligo. Se eu souber que, através do meu programa, UM CD foi vendido que ajudasse os músicos que eu gosto, missão cumprida. Hoje tenho a satisfação de saber que MUITAS PESSOAS se tornaram fãs de HIBRIA, KIARA ROCKS, SOULSPELL, BLIND GUARDIAN, BLACK STONE CHERRY, SEBASTIAN BACH e muitas outras por minha causa. Eu me fiz ser relevante na vida destas pessoas, mesmo que não tenham sido milhões.

Eu dei um exemplo meu, mas existem diversos meios. Produções, apoio a festivais, compras de produtos, colaborações em sites e blogs, campanhas publicitárias, fanzines... Tudo é válido! Hoje nós temos uma massa de milhões de headbanger no Brasil que não tem RELEVÂNCIA NENHUMA! Ficam sentados com a bunda criando um buraco na cadeira do computador criticando o trabalho de quem faz alguma coisa! E ainda acham ruim quando veem uma manada de pré-adolescentes da “Família Restart” lotando shows de bandas ruins com calças coloridas... Olha o que os fãs deles fazem por eles! Quem dera os fãs de metal tivessem a mesma paixão...

Seja relevante você também... O máximo que puder! Torne-se alguém Importante para a música, mesmo que para poucas pessoas. Pense duas vezes antes de dizer que não gostou do meu artigo e gritar aos quatro cantos que eu sou um babaca. Eu não vou deixar de fazer minha parte por sua causa. Portanto, pare de chover no molhado criticando o que todo mundo já sabe que é ruim, elogiando o que todo mundo já sabe que é bom. Levanta essa bunda do sofá, pense no que você pode ajudar para mudar as coisas e arregace as mangas!

Atenciosamente

Moita

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Opiniões

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Lucas Steinmetz Moita

Cresceu com o Rock nacional, descobrindo bandas internacionais com doze anos. Estuda jornalismo e faz o possível para trabalhar na mídia favorecendo a boa música. Já foi colaborador de grandes sites de Rock e Heavy Metal, trabalha como cinegrafista, fotógrafo, redator e ¨tour reporter¨. Atualmente tem um programa em vídeo no endereço http://moitarock.blogspot.com. Siga no Twitter @MoitaRock www.twitter.com/MoitaRock.

Mais informações sobre Lucas Steinmetz Moita

Mais matérias de Lucas Steinmetz Moita no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas