[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Iron Maiden: O frio não pode parar a máquina da Donzela

Resenha - Iron Maiden (Morumbi, São Paulo, 04/09/2022)

Por Diego Camara
Postado em 07 de setembro de 2022

Pouco tempo antes do show, a Move Concerts havia postado em suas redes sociais a notícia: ingressos esgotados, mais uma vez o Iron Maiden consegue encher sua casa em São Paulo. Para muitos, ir ao show foi somente na base do ódio, dado o frio extremo que atingiu a capital paulista no fim de semana e o já conhecido efeito congelante no Morumbi. Para piorar, risco de chuva, o que felizmente não ocorreu para o alívio do público. O resultado desta vez foi de um público que superou a preguiça do domingo, o frio e a chuva e foi cheio de vontade congelar com o Iron Maiden. Confira os principais detalhes do show, com as imagens de Fernando Yokota.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O show começou com um pequeno atraso previsível do show. Passaram 10 minutos e o público estaria cantando a plenos pulmões o clássico "Doctor Doctor", do UFO, um símbolo para todos os fãs do Maiden. A banda subiu ao palco aos gritos e aplausos dos fãs, que viram a abertura baseada no último disco da banda, "Senjutsu". A turnê ainda é a mesma, mas esta pequena sequência de músicas novas serve para o uso do novo disco ainda na Legacy of the Beast. O público não se empolgou tanto com as novas músicas, e a aparição do Eddie Samurai foi o ponto alto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em termos técnicos, a banda mostra grande empolgação e vontade. O som estava limpo desde o início do show, e a técnica foi impecável, com especial destaque as guitarras. Bruce Dickinson demonstrou estar muito feliz por novamente por os pés em São Paulo, e depois de tanto tempo agradeceu os fãs novamente pelo suporte. Porém, até mesmo o britânico, acostumado com o frio de seu país, pareceu também incomodado com o gelo que estava a cidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Aqui é sempre sol, nunca chove, mas hoje o tempo mudou", disse ele, também afirmando estar extremamente contente que os fãs do Iron Maiden não mudam. Assim ele fez uma introdução bastante emocionante para "Blood Brothers", fazendo todos os fãs do Maiden comemorarem a união por meio da música.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O público estava afiado com os clássicos, e cantando todas as músicas com bastante vontade. O refrão de "Sign of the Cross", do infame "The X Factor" teve grande participação do público, além de um belíssimo solo de guitarra limpo, que explode o público em gritos e bate cabeça. O efeito da cruz na mão de Dickinson ilumina os fãs, em mais um dos inúmeros truques visuais que o Maiden trouxe para o show.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas foi em "Fear of the Dark" que realmente a chavinha do espetáculo virou. O público, participativo e emocionado, ganhou ares de força neste ponto, onde o estádio lotado cantou cada uma das linhas da música, fazendo os coros da música - só faltou cantarem os solos de guitarra e a bateria. A excelente performance de Bruce, com sua lanterna e ao estilo de um personagem de um filme de terror, é a cereja do bolo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aqui o show seguiu de maneira insana. A sequência manteve o público em chamas, com "Hallowed Be Thy Name" e "Number of the Beast", outras duas favoritas do público, que cantou com vontade junto de Bruce, que no comando do público na ponta dos seus dedos faz o que quiser com os fãs.

No bis, a banda novamente jogou com o certo. Primeiro com "The Trooper", em mais uma excelente performance, mantendo a tradição clássica de Bruce vestido de Redcoat com direito a combate contra o Eddie Trooper, que é finalizado com um tiro de mosquete com a bandeira do Brasil, para delírio dos fãs. "The Clansman" e "Run to the Hills" completam o bis, com mais amor do público.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Fechando o último bis, quando parte do público já tentava deixar o Estádio antes da hora, a banda voltou para tocar "Aces High". O palco aqui é a experiência completa, com o avião pairando sobre a banda e a excelente performance no trio das guitarras. A banda está realmente ótima, e é impressionante que consiga trazer uma performance em altíssimo nível depois de tantos anos na estrada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como nem tudo são flores, fico bem triste com a performance de Nicko McBrain. O baterista não está mais no seu melhor nível, e parece ter grandes dificuldades para aguentar o pique dos seus colegas de banda, com uma bateria que em alguns momentos parecia estar segurando o ritmo do resto do Maiden.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Setlist:

Senjutsu
Stratego
The Writing on the Wall
Revelations
Blood Brothers
Sign of the Cross
Flight of Icarus
Fear of the Dark
Hallowed Be Thy Name
The Number of the Beast
Iron Maiden

Bis 1:

The Trooper
The Clansman
Run to the Hills

Bis 2:

Aces High

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Alter Bridge: show prova que podem carregar a bandeira do Rock


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.
Mais matérias de Diego Camara.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS