Living Colour: Revigorado, Living Colour volta a São Paulo

Resenha - Living Colour (Tropical Butantã, São Paulo, 11/05/2018)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Yokota
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em impressionante forma, os veteranos do Living Colour trouxeram para São Paulo o show da turnê que promove seu último lançamento, o aclamado Shade. O álbum, uma volta à grande forma, é um sopro de frescor na carreira dos americanos que se refletiu na apresentação de duas horas no Tropical Butantã, a única da tour no Brasil. O público, em bom número, demonstrou que assimilou bem o material do trabalho mais novo mas se manifestava de maneira mais efusiva nos clássicos como Cult of Personality, Glamour Boys e em Open Letter (to a landlord), no momento de maior conexão entre o palco e a pista na noite.

Stevie D: músico lança álbum Torn From The Pages com Corey Glover, do Living ColourRock in Rio: Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991

Vernon Reid (guitarra), Corey Glover (voz), Doug Wimbish (baixo) e Will Calhoun (bateria) são sumidades em cada um de seus instrumentos, entretanto não deixam a apresentação ficar com jeito de workshop. Para além da técnica, é a musicalidade que emana dos poros dos músicos que assombra a plateia. Nem mesmo os temíveis solos de baixo e bateria tornam-se momentos enfadonhos no show, com Wimbish tocando por cima do próprio baixo com o auxílio de loops a maravilhosa Swirl e Calhoun (que é profundo conhecedor da música brasileira) incorporando elementos percussivos eletrônicos em seu inebriante solo de bateria.

Entre reproduções fieis (Cult of Personality e Middle Man, por exemplo) e desconstruções como em Type, que em momentos lembrava o que seria o Dillinger Escape Plan desmontando o clássico, a banda não perde o controle do palco nem mesmo quando a guitarra de Reid resolve parar de funcionar no meio da apresentação. Houve espaço ainda para a boa versão de Who Shot Ya, do finado rapper Notorius B.I.G., em clara alusão à questão da violência contra a população negra americana associada à massificação da circulação das armas de fogo no país.

Para quem inovou tanto na história do rock, a escolha de Rock and Roll (daquelas que nem quem é muito fã de Led Zeppelin aguenta mais ouvir) para finalizar a espetacular noit é uma ironia para quem, sem sombra de dúvidas, sempre teve os melhores momentos da carreira quando ousou musicalmente.

Setlist:

Preachin' Blues (cover de Robert Johnson)
Middle Man
Desperate People
Freedom of Expression (F.O.X.)
Funny Vibe
Wall
Memories Can't Wait (cover dos Talking Heads)
Ignorance Is Bliss
Who Shot Ya? (cover de The Notorious B.I.G.)
Open Letter (To a Landlord)
Swirl (solo de baixo de Doug Wimbish)
Glamour Boys
Who's That
Love Rears Its Ugly Head
Type (com trecho de "Police and Thieves" do Clash)
Cult of Personality
Time's Up (com trecho de "Sex Machine" de James Brown)
Solo de bateria
Rock and Roll (cover do Led Zeppelin, com trechos de "What's Your Favorite Color?")




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Living Colour"


Stevie D: músico lança álbum Torn From The Pages com Corey Glover, do Living Colour

Anos 90: 10 shows pouco comentadosAnos 90
10 shows pouco comentados

Megadeth: Pepeu Gomes comenta convite para tocar na bandaMegadeth
Pepeu Gomes comenta convite para tocar na banda


Rock in Rio: Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991Rock in Rio
Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991

Rockstars: 18 roqueiros que já apareceram em filmesRockstars
18 roqueiros que já apareceram em filmes

Vanusa e Black Sabbath: a notável coincidência nos riffsVanusa e Black Sabbath
A notável coincidência nos riffs

Por pouco: 15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhorPor pouco
15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhor

Time Magazine: os 100 maiores álbuns de todos os temposTime Magazine
Os 100 maiores álbuns de todos os tempos

Separados no nascimento: Roger Waters e Richard Gere.Separados no nascimento
Roger Waters e Richard Gere.

Musas: o calendário de beldades da Revolver MagazineMusas
O calendário de beldades da Revolver Magazine


Sobre Fernando Yokota

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336