Black Sabbath: A passagem da turnê "The End" pelo Canadá

Resenha - Black Sabbath (Molson Canadian Amphitheatre, Toronto, 29/02/2016)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eliseu Baldo
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O demônio emerge das profundezas do inferno e com um movimento de braço, a destruição total do mundo! É o fim!

263 acessosDoom Metal: os 25 maiores álbuns do gênero5000 acessosCourtney Love: "Parei com drogas e transei como um coelho"

Logo após o vídeo introdutório, as primeiras badaladas do sino com a música Black Sabbath, assim começa THE END, a turnê final dos criadores do Heavy Metal.

Um show espetacular. os anos se passaram, mas a sensação é que a banda que estava ali presente é a mesma que 30-40 anos atrás - em se falando de energia e qualidade (com exceção de Bill claro). Ozzy por exemplo em plena forma, sua voz soando muito bem, com mínimas restrições em alcance. Pulando e agitando o público do seu jeito peculiar - até arriscando seus "saltos de gato" uma vez ou outra- Tudo isso estando resfriado!

Não sei se foi impressão minha, mas realmente eles estavam um pouco diferente da turne de 2014 (13 Thirteen). Muito mais alegres no palco, tocando literalmente como se fosse a última vez. Todos conversando muito entre si, agitando o público, comentando pontos da carreira. A cada música a sensação de que seria a última vez ouvindo-a direto dos instrumentos de seus criadores. Enfim, notei uma paixão extra dessa vez, um tom de despedida.

Um momento comovente foi durante "Dirty Woman", Ozzy literalmente parou suas macaquices e ficou observando paralisado o solo de guitarra de Tony.

O setlist muito bem escolhido, e como mencionado por Tony antes do início da turne, algumas músicas não muito presentes nos últimos shows (2014) seriam executadas - tendo em vista a turnê final queriam fazer uma breve revisitação à carreira da banda. Sendo assim, foi um prazer ouvir músicas como "After forever", "Hand of doom", "Dirty Women".

Fechando com "Paranoid", a banda se despede. Sendo o fim definitivo ou não, THE END é uma turnê do Black Sabbath onde encerram tudo dignamente e em forma. Triste da despedida, mas feliz por ver ao vivo uma das maiores bandas do planeta.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Black SabbathBlack Sabbath
"Podemos fazer alguns shows pontuais", diz Iommi

263 acessosDoom Metal: os 25 maiores álbuns do gênero12 acessosEm 18/09/1970: Black Sabbath lança o álbum Paranoid0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

HalloweenHalloween
Dez clássicos do Heavy Metal para curtir a data

Heavy MetalHeavy Metal
Dez discos essenciais dos anos setenta

Bill WardBill Ward
A receita para sobreviver no ramo da música

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Courtney LoveCourtney Love
"Parei com drogas e fodi como um coelho"

AberturaAbertura
Baterista reclama da recepção dos fãs dos Iron Maiden

Guns N RosesGuns N' Roses
A crítica de Portnoy ao trabalho de Matt Sorum

5000 acessosJimi Hendrix: 12 coisas que talvez você não saiba sobre ele5000 acessosRock In Rio I: Pra quem tem menos de quarenta anos fica difícil imaginar5000 acessosBatismo: Os nomes verdadeiros dos artistas do Rock e Metal5000 acessosKirk Windstein: "se o Gene Simmons peidar, eu compro!"5000 acessosZakk Wylde: tocando Black Sabbath na mini-guitarra da Hello Kitty5000 acessosPaul McCartney: ex-Beatle defende a cantora Miley Cyrus

Sobre Eliseu Baldo

Eliseu Folego Baldo é Webdesigner. Teve contato com o rock desde cedo, mas sem despertar muito interesse, ouvindo rock dos anos 80. Sua vida mudou ao ouvir Rainbow por volta de 93 e o Heavy Metal o matou em 96 ao ouvir Helloween. Rainbow, Motorhead, Megadeth e VirginSteele são as bandas preferidas, mas ouve e ama tudo do Rock´n´Roll.

Mais matérias de Eliseu Baldo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online