Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemVeja Iron Maiden tocando músicas do "Senjutsu" pela primeira vez ao vivo

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park


Stamp

Felipe Machado: Guitarrista lançou álbum solo em show competente

Resenha - Felipe Machado (Na Mata Café, São Paulo, 10/09/2015)

Por Nelson de Souza Lima
Em 21/09/15

Apesar da noite fria e chuvosa o Na Mata Café, nos Jardins, recebeu um público razoável para acompanhar a apresentação de Felipe Machado no dia 10 de setembro. O guitarrista do Viper fez show de lançamento do álbum "FM Solo", primeiro trabalho sem os companheiros de banda. Absolutamente pessoal o disco contém 10 faixas que trazem todas as influências de Machado, indo além das musicais, passando também por referências do cinema e da literatura. O Na Mata é bem aconchegante sendo que o público pode circular e ficar à vontade no setor do bar/restaurante, assim como no espaço do show. Antes da sonzeira a galera dá um role pela casa aproveitando pra comer, beber alguma coisa e papear. Mas os preços do local não convidam pra tomar nada muito além de uma água ou refrigerante. Em tempo, fica aqui o toque que valores estratosféricos não são exclusividade do Na Mata. Ir a qualquer bar, clube ou restaurante em São Paulo é uma tarefa muito dispendiosa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas o assunto aqui é o show de Felipe Machado e companhia. Aproveitei pra conversar com Val Santos e Guilherme Martin, respectivamente, guitarra e batera que integram o grupo de Felipe. O baterista Martin deu um toque que sua outra banda, Toy Shop, prepara disco novo para breve. Além dos dois o grupo conta ainda com o baixista Roberto Gutierrez. Enquanto isso, no backstage Felipe se concentrava para a apresentação. Com horário previsto para as 22 horas, o show teve um pequeno atraso começando cinqüenta minutos depois. Entre os presentes muitos amigos e fãs. Estavam lá Dinho Ouro Preto e Yves Passarell, do Capital Inicial e Pit Passarell, parceiro de Felipe Machado no Viper.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

No telão atrás da bateria teve início um vídeo alucinante destacando as palavras GOD MAN APE (Deus Homem Macaco). Seria a teoria da Evolução ou Involução, segundo Felipe Machado?. Isso eu não sei.

Ao mesmo tempo em que rolavam as imagens a apoteótica/caótica "Iceland", única faixa instrumental de "FM Solo" anuncia a entrada da banda. Saudados pela galera os caras detonam "Perfect One", "So Much to Lose" e "The Shelter", a mesma sequência que está no CD.

Músicos talentosos, os caras são bem seguros empunhando os instrumentos. Martin espancou a bateria sem dó. Santos e Felipe alternavam bons solos de guitarra e Gutierrez dá toda a base para os demais companheiros.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Numa rápida troca de guitarras, da Lês Paul para a Strato, Felipe Machado e trupe mandaram mais três, também na mesma sequência do álbum: "Take a Chance", "Speedway" e "Dark Angel". Esta última, para mim, é a melhor do disco..

Não acompanhei toda a apresentação, mas foi o suficiente para ver um grupo bastante forte e competente no palco. Banda gabaritada que sabe dar conta do recado empolgando o público. Felipe Machado mostra com esse trabalho que existe vida além do Viper.

SET LIST
Perfect One
So Much To Lose
The Shelter
Take a Chance
Speedway
Dark Angel
Love Letter
Tourist
Mother
Someday
Unnatural feeling
A Cry From The Edge
Living For the Night
I Fought The Law

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Rodz Online: Leandro Caçoilo, vocalista do Viper, no Rodcast.

Felipe Machado, do Viper, lança "Primata", seu novo álbum solo


Andre Matos: vídeo de 2000 explicando saída do Angra



Sobre Nelson de Souza Lima

Jornalista, repórter, resenhista, colunista musical. Assim é Nelson de Souza Lima. Mas acima de tudo um amante do rock, classic, hard e metal. Entre minhas entrevistas estão as feitas com Angra, André Mattos, Royal Hunt, Blind Guardian, entre muitas outras. Além disso sou baixista da banda de Classic Rock e metal The Green Pigs.

Mais matérias de Nelson de Souza Lima.