Matérias Mais Lidas

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemThe Rolling Stones: 5 músicas para provar que Mick Taylor é um gênio

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagemMike Shinoda não está nada feliz com a interferência das redes sociais na música


Death DTA: Show memorável em São Paulo

Resenha - Death DTA - (Via Marquês, São Paulo, 07/09/2014)

Por Kennedy Silva
Em 17/09/14

Todo fã de metal tem um estilo preferido, o de muitos é o death metal e essa escolha se da em grande parte por causa da banda Death, alguns desses fãs puderam apreciar nesse domingo 07/09 no Via Marquês, São Paulo, a belíssima apresentação da banda Death To All e esse que voz fala, tentará passar através de suas palavras e fotografias como foi essa apresentação.

A fila era grande do lado de fora da casa, todos ansiosos para verem esse tributo que está rodando o mundo, tributo esse que está sendo feito pela banda Death To All, formada por: Baixo, Steve DiGiorgio (Sadus, Autopsy, Testament, Iced Earth); Bateria Gene Hoglan (Testament, Dark Angel) ; Guitarra Bobby Koelble (Ex Death) ; E Vocais de Max Phelps (Cynic) e Steffen Kummerer (Obscura). Eles vieram com a proposta de tocar músicas de toda a carreira da banda Death, grandes sucessos que até hoje inspiram bandas novas e também bandas mais experientes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas antes do Death To All subir ao palco, quem inicio o show foram duas ótimas bandas nacionais. Test, um duo que é formado por vocal/guitar João Kombi e nas baquetas "Barata", que também toca em outra banda que abriu o evento, o D.E.R, que é formado além do barata na bateria por : Renato (guitarra); Mauricio (baixo); Thiago (vocal) . Eles fizeram uma apresentação um tanto "diferente", ambas subiram juntas ao palco, intercalando as músicas e até mesmo tocando juntas, (isso mesmo, enquanto o TEST tocava uma música o D.E.R. tocava outra, só fico imaginando o grau de dificuldade para o Barata tocar ambas as músicas ao mesmo tempo na bateria) algo que para alguns ficou meio confuso, mas eu curti bastante essa "bagunça" (risos). Para quem quiser conhecer um pouco mais o trabalho dessas bandas, ao final do texto encontram-se alguns links.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após os brazucas do Test e do D.E.R. tocarem, chega à vez da banda tão esperada da noite, e enquanto as cortinas não sobem, os telões mostram a discografia da banda que está sendo homenageada, assim como de seus integrantes (incluindo o grande Chuck Schuldiner) e a cada troca de imagem no telão o publico gritava ansioso e eufórico.

Pouco antes das 21:00h os integrantes do Death To All sobem ao palco. Como já disse a cima, eles vieram para tocar grandes clássicos da carreira do Death e foi o que fizeram, começando por "The philosopher", seguida por "Leprosy" e "Left to Die", só pelo começo podemos ver que a noite seria uma grande festa, recheada de muitas rodas e cabeleiras balançando, impulsionada por Max Phelps, que me surpreendeu por sua voz muito parecida com a de Chuck além dos trejeitos muito parecidos e também por Steve que sempre chamava o público para agitar mais e mais, e foi exatamente isso que aconteceu. Conforme iam passando as músicas como "Suicide Machine", "Lack of Comprehension" os fãs iam ficando cada vez mais eufóricos e os moshpits estavam cada vez mais pesados.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Phelps deu um tempo dos vocais após a excelente "Flattening of Emotions" e deu lugar para o vocal de Steffen Kummerer, e esse já vem com mais uma paulada para todos os presentes, "Symbolic", mais um dos hinos do Death, cantado por todo o público, fazendo com que os "bate cabeças" não parassem após sua subida ao palco. Steffen Kummerer prosseguiu no vocal até a "Overactive Imagination". Phelps reassumiu o microfone cantando "Zombie Ritual" e encerrou essa noite memorável com mais três grandes sons, "Baptized in Blood", "Crystal Mountain" e "Pull the Plug".

Não tem muito que falar para concluir essa resenha, apenas que o show foi um dos melhores que já fui, que sem dúvida esta na lista dos melhores do ano e que quem esteve lá jamais irá esquecer dessa apresentação. Estão de parabéns o Death To All , a produtora que nos proporcionou essa oportunidade e os fãs que deram um show a parte agitando do inicio ao fim.

facebook.com/DeathDTATours
facebook.com/testgrind
testdeath.com.br
facebook.com/dergrindon
myspace.com/derpunk

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fotos: Kennedy Silva. Galeria completa neste link.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Paul Masvidal conta que passagem pelo Death foi muito emocionante




Sobre Kennedy Silva

Sou um apaixonado por Rock n' Roll, desde o mais pesado até os grandes clássicos. Um louco por fotografia, principalmente de bandas e de shows e que está sempre disposto a contribuir para a cena.

Mais matérias de Kennedy Silva.