Cavalera Conspiracy: Noite animada em Belo Horizonte

Resenha - Cavalera Conspiracy (Music Hall, Belo Horizonte,13/09/2014)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Bello
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O público de Belo Horizonte encheu boa parte do Music Hall para assistir à segunda apresentação do Cavalera Conspiracy na capital mineira do projeto musical dos irmãos MAX e IGGOR CAVALERA, ex-integrantes do Sepultura, com os músicos MARC RIZZO (guitarra) e TONY CAMPOS (baixo).

2359 acessosMax, Igor e Sepultura: vídeo compara performances ao vivo5000 acessosMegadeth: Dave explica por que não tocar "The Conjuring"

A noite começou às 20h com a abertura das bandas Capadocia e Project46, que mostraram sons pesados, atitude no palco e agradaram bastante a platéia. Enquanto as banda se apresentaram na respectiva ordem, JAIRO GUEDZ, ex-guitarrista do Sepultura, chegou à casa de shows. Simpático, posou para diversas fotos e atendeu aos pedidos de autógrafos em seu trajeto até a região dos camarins.

Os irmãos Cavalera subiram ao palco por volta das 23h. Ao perceber a presença dos ídolos no palco, o público se agitou bastante. MAX entrou em cena segurando sua guitarra e a apresentação começou com "Inflikted" seguida por "Warlord". O público reagiu bem com as primeiras músicas, mas delirou mesmo ao ouvir sucessos do SEPULTURA, como: "Desperate Cry" , "Troops Of Doom", "Inner Self" e "Territory", músicas que foram cantadas em coro junto com MAX, que se empolgou e comandava a festa de cima do palco.

MARC RIZZO mostrou que não tem só presença de palco,mas que é um grande guitarrista. Reproduziu com perfeição os solos dos clássicos, gravados em estúdio por ANDREAS KISSER. TONY também deixou sua marca no show, agitando bastante no palco e mostrando sua agilidade no baixo. Na bateria, IGGOR deu um verdadeiro show à parte. Sempre veloz e com seu toque personalizado nos clássicos do SEPULTURA e nas demais músicas.

Um momento memorável no show foi a participação de JAIRO GUEDZ tocando guitarra na música "Necromancer" do disco "Bestial Devastation". Max falou que eles haviam ensaiado uma vez apenas. Se houve alguma falha, certamente ninguém percebeu. Afinal, ali estava parte da primeira formação de uma das maiores bandas de metal de todos os tempos, tocando um de seus clássicos e em Beagá, terra onde tudo começou. A noite animada finalizou com "Roots Bloody Roots" deixando os fãs na expectativa da próxima apresentação na cidade.

A cena de JAIRO tocando mais uma vez com IGGOR e MAX alimentou, de certa forma, a vontade dos fãs mineiros de verem o tão sonhado reencontro do grupo nos palcos para um show ou turnê. Coisa que só o tempo dirá se algum dia pode voltar a acontecer.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 15 de setembro de 2014

Max, Igor e SepulturaMax, Igor e Sepultura
Vídeo compara performances ao vivo

2546 acessosSepultura: Jean Dolabella comenta sobre documentário da banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sepultura"

PolêmicaPolêmica
Cinco artistas inesperadamente Rock n' Roll

PanteraPantera
Gloria Cavalera lembra da louca turnê

O espírito do SepulturaO espírito do Sepultura
Max e Igor tocam "Roots" na íntegra ao vivo

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"0 acessosTodas as matérias sobre "Cavalera Conspiracy"

Dave MustaineDave Mustaine
"Joguei dois feitiços em pessoas, ambos funcionaram!"

Blind FaithBlind Faith
Uma das capas mais polêmicas da história do rock

Demonstrações de afetoDemonstrações de afeto
Fotos de rockstars que já se beijaram

5000 acessosBon Jovi: Larissa Riquelme dançando com os seios de fora5000 acessosGigwise: as capas mais polêmicas dos anos 20005000 acessosHá quem goste: As 10 bandas mais odiadas do universo5000 acessosAndre Matos: vídeo de 2000 explicando saída do Angra4755 acessosIndústria: Como as gravadoras fazem dinheiro hoje em dia3904 acessosHeavy Metal: as dez melhores bandas sul-americanas do gênero

Sobre Ricardo Bello

Ricardo Bello é jornalista,humorista e escritor. Mineiro de Belo Horizonte, nascido em 16/02/78, tem um livro publicado intitulado "Caçador de Celebridades" e colabora com o Whiplash.Net.

Mais informações sobre Ricardo Bello

Mais matérias de Ricardo Bello no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online