Triumph of Metal: dois dias de agito para os headbangers

Resenha - Triumph of Metal (Clube Fernão Dias, Pouso Alegre, MG, 10/11/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Écio Souza Diniz, Fonte: Pólvora Zine
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Falar da importância do Triumph of metal festival para a cena metálica nacional é quase o equivalente ao bordão “chover no molhado”. Nesta sexta edição o evento se superou em organização e qualidade das bandas, proporcionando dois dias de muito agito para os headbangers de Pouso Alegre (MG) e região.

3009 acessosKrisiun: banda agradece e Ward conta como conheceu brasileiros5000 acessosBruce Dickinson: punks não sabem tocar e tem inveja do metal

O primeiro dia do evento (09/11/2012) que contou com a presença das ótimas bandas KING BIRD, EVIL EYES, ATACKE NUCLEAR, PENUMBRA e REBORN foi uma abertura para aquecer os motores para o dia seguinte. O Pólvora Zine teve a oportunidade de conferir o dia principal do evento (10/11/2012) e assistir aos grandes shows das bandas KRISIUN, VULCANO, CORPSE GRINDER UGANGA, COMANDO NUCLEAR, SLIPPERY, DEADLINESS, TRAY OF GIFT e CARRO BOMBA.

A banda SLIPPERY abriu a jornada que se seguiria noite afora, ligada numa a alta voltagem de Hard Rock oitentista tocado por músicos que tem a malícia necessária para fazer um som enérgico e bem sacado. Atualmente, a banda está divulgando seu primeiro álbum “The first blow” (2012) que é um bom aperitivo para os fãs do estilo.

Na sequência entrou em cena o UGANGA, que é outra banda que tem despontado bastante na cena, até para fora do Brasil, e após uma bem sucedida turnê europeia está divulgando seu trabalho mais recente “Eurocaos ao vivo” (2012). O vocalista Manu ‘Joker’ Henriques (ex-SARCÓFAGO) levantou a galera através dos clássicos da banda como ‘Fronteiras da tolerância’ e ainda mandou um cover de ‘Troops of doom’ do SEPULTURA que deixou a galera insana.

Para aqueles que gostam de um Heavy Metal mais visceral como aquele praticado por bandas clássicas dos anos 80 no Brasil como HARPPIA, CENTURIAS, TAURUS, entre outras, os paulistanos do COMANDO NUCLEAR vieram no momento certo, divulgando seu mais recente trabalho, o álbum “Guerreiros da noite” (2011). O visual ‘retrô’ usado pela banda também dá aquele gosto nostálgico da época áurea do Metal no Brasil, nos fazendo ansiar pelo surgimento de mais bandas com essa raiz.

O caldo engrossou mais ainda com os veteranos do CORPSE GRINDER, tocando seu Death metal Oldschool. Já com mais de 20 anos de estrada, a banda de Machado (MG) mostrou mais uma vez o porquê do respeito que conquistaram no underground nacional. Os clássicos como ‘Trilogy of the end’ e ‘Shadows land’ foram suficientes para fazer muitas pessoas baterem cabeça.

O DEADLINESS liderado pelo vocalista/guitarrista Roberto Antunes (ex-CALVARY DEATH), seus filhos Igor (guitarra) e ícaro (baixo), e com a presença de Moisés Corradi (bateria) fez um show incansável e de ótima qualidade, mostrando a força do Metal em família. A banda está trabalhando em um novo álbum que promete ser tão afiado quanto o excelente “No future” (2006).

Finalmente chegou a hora do KRISIUN entrar no palco, o que era um momento aguardado por boa parte do público do evento. Após uma turnê nos Estados Unidos, a banda retornou ao território brasileiro para continuar a divulgação de “The great execution” (2011) e neste show não deixou pedra sobre pedra. A postura e presença de palco de Alex (baixo/vocal), Moisés (guitarra) e Max (bateria) reafirmou porque o KRISIUN é uma das grandes bandas de Death metal do Brasil e do mundo.

Após o KRISIUN a outra grande atração do evento foi o lendário VULCANO, que era muito aguardado, principalmente, pelos headbangers da velha guarda. O set list foi no mínimo impecável, composto, principalmente, por clássicos dos anos 80 de álbuns como “Anthropophagy (1987)”, “Bloody Vengeance (1986)” e “Who are the true?” (1988). O encerramento do show com a avassaladora ‘Total destruição’ levou os bangers à loucura.

Depois de tanta pancadaria o ambiente deu uma “acalmada” com o Folk Metal da banda TRAY OF GRIFT, formada por Rodrigo Berne (guitarra) e Giovani Gomes (baixo), ambos da banda TUATHA DE DANANN e conta ainda com o baterista Wilson Melkor e o tecladista Felipe Batiston (ambos ex-TUATHA DE DANANN), e completa o time Adriano Sarto (vocal) ,Raphael Wagner (guitarra) e Marcos Teixeira (flauta). O TRAY OF GIFT que lançou este ano seu primeiro álbum auto intitulado conseguiu agradar os fãs do estilo, e também agradou aos fãs da TUATHA DE DANANN por tocar alguns de seus clássicos. Pela criatividade dos músicos a banda tem muito pra ser promissora.

Pra fechar com garra o festival o CARRO BOMBA já veio trazendo a energia de sobra que fez movimentar o público presente, que pela hora da madrugada que já era considerável, ainda era razoável. O seu recente álbum, “Carcaça” (2011) tem sido bem aceito muito bem aceito pelo público e crítica especializada.
Em poucas palavras resumo que esta edição do Triumph of metal em aspectos gerais com foi excelente.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

KrisiunKrisiun
Banda agradece e Bill Ward conta como conheceu os brasileiros

613 acessosKrisiun: Alex fala com a revista Ultraje sobre novo álbum (vídeo)1103 acessosKrisiun: encerrada polêmica tour na Ásia763 acessosNerd Metal: Krisiun, Nervochaos; A intolerância vs Heavy Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Krisiun"

KrisiunKrisiun
Se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa

Heavy MetalHeavy Metal
Clipes de metal que marcaram uma geração

Heavy MetalHeavy Metal
As dez melhores bandas sul-americanas do gênero

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Krisiun"0 acessosTodas as matérias sobre "Vulcano"0 acessosTodas as matérias sobre "Corpse Grinder"0 acessosTodas as matérias sobre "Comando Nuclear"0 acessosTodas as matérias sobre "Slippery"0 acessosTodas as matérias sobre "Uganga"0 acessosTodas as matérias sobre "Carro Bomba"

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Punks não sabem tocar e tem inveja do Metal

Guitarras e BaixosGuitarras e Baixos
Perguntas e respostas sobre os instrumentos

Maquiagem, spikes e sorrisosMaquiagem, spikes e sorrisos
Conheça o Happy Black Metal

5000 acessosCristina Scabbia: cantora fala sobre seus seios e Playboy5000 acessosOzzy Osbourne: comendo oferenda de macumba no Rock in Rio5000 acessosBlack Metal: o cotidiano fascinante dos fãs adolescentes5000 acessosImmortal: A selfie do Oscar em uma versão muito mais true5000 acessosMarty Friedman: 10 álbuns que mudaram a vida do guitarrista5000 acessosFuturologia: como estariam Cobain, Hendrix, Joplin e Morrisson?

Sobre Écio Souza Diniz

Graduado em Ciências Biológicas e pesquisador na área de Ecologia e Evolução vegetal, sempre foi aficionado por leituras sobre o mundo do Rock/Metal. Além do metal, tem como paixões filmes de terror e épicos. Já participou como vocalista de várias bandas de Death/Grind, mas como nenhuma vingou se encontrou melhor em redigir matérias, fundando há alguns anos atrás o Pólvora Zine. Colabora também com vários sites especializados e com a revista Roadie Crew. Suas bandas preferidas são Iron Maiden, Black Sabbath, Dio, Dorsal Atlântica, Candlemass e Sarcófago.

Mais matérias de Écio Souza Diniz no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online