Therion: Noite inesquecível para fãs de música pesada em SP

Resenha - Therion (Teatro Abril, São Paulo, 05/06/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Hunter
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Havia uma grande expectativa em torno desta apresentação do THERION. Afinal, seria a comemoração de 25 anos de carreira da banda. Para celebrar a data, tocariam, na íntegra, um de seus melhores albuns, "The Secret of the Runes". O local também chamava a atenção. O imponente Teatro Abril, acostumado a receber espetáculos da Broadway, abriria as portas, pela primeira vez, a um evento de metal. Portanto, havia motivos mais do que suficientes para ir ao show, certo? A julgar pelo número de pessoas presentes, errado.

Hellish War: banda brasileira de heavy lança o álbum Wine Of GodsDimebag Darrell: namorada fala sobre a vida e a morte do músico

A verdade é que esse concerto não poderia ter acontecido em pior hora. Cerca de um mês antes, a produtora do evento esteve envolvida no fiasco do Metal Open Air. Pouco depois da tragédia do MOA, a mesma produtora antecipou em cerca de uma hora o show do GRAVE DIGGER em São Paulo, fazendo com que muitos fãs perdessem a apresentação dos caras. Outro fator que pode ter espantado o público foi o fato de terem escolhido um terça-feira para a realização do evento. Para piorar, caía uma chuva torrencial na cidade. Felizmente, a banda parecia estar alheia a esses problemas...

...O show

O HELLLIGHT, banda paulista de Doom Metal, abriu o espetáculo. Apesar do curto set realizaram uma apresentação competente, empolgando os fãs do gênero presentes no local. Esse foi o segundo show do THERION que teve o HELLLIGHT como banda de abertura, e, desta vez, o convite partiu da própria atração principal. Sem dúvida, um grande reconhecimento para o trabalho dos caras.

Finalmente, os acordes de "O Fortuna", de Carl Orff, foram ouvidos, enquanto os integrantes do THERION entravam no palco. O que se viu, a partir daí, foi uma daquelas experiências para ficar na memória. Conforme prometido, executaram o album "Secret of the Runes" na íntegra. Já na primeira música, "Ginnungagap", ninguém mais estava sentado (ok, o lugar é bonito e tudo, mas ver show de metal sentado, definitivamente, não rola). Em seguida tocaram aquela que talvez seja uma das mais belas músicas de todo o repertório do THERION, "Midgard". O concerto prosseguiu com execuções perfeitas para um de seus albuns mais emblemáticos. Destaque para a perfeita interação entre público e banda.

A segunda parte do show foi marcada por clássicos como "Wine of Aluqah", "Lemuria" e "Dark Venus Persephone". Os arranjos vocais mereceriam um texto a parte, tamanha sua qualidade. Lori Lewis, Snowy Shaw (além de extremamete técnico, o cara é muito carismático) e Thomas Vikströn estavam perfeitamente entrosados. A nova integrante e filha de Vikströn, Linnes Vikströn, parece não estar à altura de sua antecessora, Katarina Lilja, cuja voz e presença de palco combinavam de maneira mais harmoniosa com a voz de Lori Lewis.

Ainda houve espaço para um medley com algumas músicas de início de carreira apresentadas por Johnsson (numa de suas poucas intervenções) como "a época em que ainda estávamos buscando nosso estilo". Johnsson ainda brincou dizendo que agradecia as cinco pessoas que conheciam as músicas.
Mais uma rápida parada e a banda retornou para um encore triunfante com "The Rise of Sodom and Gomorrah" e "To Mega Therion". Fechando em grande estilo uma noite inesquecível para os fãs de música pesada. Claro que o concerto podia ter se extendido por, pelo menos, umas quatro horas, mas aí seria pedir demais. Quem venha o próximo show.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Therion"Todas as matérias sobre "Grave Digger"


Hellish War: banda brasileira de heavy lança o álbum Wine Of Gods

Kai Hansen: escolhendo as dez maiores bandas de metal da AlemanhaKai Hansen
Escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha

Anos 90: 10 shows pouco comentadosAnos 90
10 shows pouco comentados

Grave Digger: Ozzy foi a pior performance que vi na minha vidaGrave Digger
Ozzy foi a pior performance que vi na minha vida


Dimebag Darrell: namorada fala sobre a vida e a morte do músicoDimebag Darrell
Namorada fala sobre a vida e a morte do músico

Avenged Sevenfold: The Rev dizia que não passaria dos 30Avenged Sevenfold
The Rev dizia que não passaria dos 30

Linkin Park: Chester Bennington abre o jogo sobre seu vícioLinkin Park
Chester Bennington abre o jogo sobre seu vício

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Ozzy Osbourne: "Eu detesto a expressão Heavy Metal!"Runaways: Lita Ford saiu da banda por medo de assédio de companheirasDia de Coxinha: rock stars contraindo bodas

Sobre Marcelo Hunter

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.