Arkona: Noite histórica no Music Hall de Belo Horizonte

Resenha - Arkona (Music Hall, Belo Horizonte, 27/04/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Matheus H. Guerra
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

27/04/2012 foi uma noite histórica com a apresentacao de uma das maiores bandas de Folk Metal da cena mundial, os russos do Arkona fizeram uma apresentação memorável para os presentes nessa grande noite de Folk em BH. Do lado de fora presenciei a desconfiança da galera, que se decepcionou com a apresentação do Tyr e esperava nao se decepcionar novamente tendo em vista o valor do ingresso, que chegava a até R$120,00. Acredito que esse foi um dos motivos pelo pequeno público presente nessa grande apresentação.

5000 acessosSlipknot: Veja membros atuais sem máscara5000 acessosAngra: Aquiles detona ex-companheiros de banda em workshop

O show comecou por volta de 22:00 com a banda de abertura Lothoryen, banda esta que em minha opinião estava muito abaixo do nivel para este evento, executando um som muito mais puxado para o heavy metal melodico que para o Folk e esse foi o ponto baixo do evento, pois quando estamos em um evento esperamos ver uma banda de abertura que tenha a ver com a banda principal e nisso a organização vacilou, esperariamos ter visto abrindo esse evento bandas como Iron Woods (SP) ou Barbarian (BH), estou certo que com essas bandas de abertura com certeza o publico seria maior.

Por volta de 23:20 após uma introdução mecânica finalmente sobe ao palco o Arkona. Já no início mostrando uma energia incontestavel no principio da primeira musica, energia essa que se mutiplicou quando entrou a vocalista Masha vestinda com uma pele de raposa, correndo de um lado para o outro do palco, batendo cabeca e sempre chamando a galera para participar do show, sendo com palmas ou com gritos de "hey". Foi realmente impressionante a energia que a banda conseguia passar para todos presentes, que a cada música iam ainda mais ao delirio, em um show que há muito tempo nao viamos em BH.

Um dos pontos altos das 1h e 30 minutos de show foi com certeza quando Masha disse que não falava ingles mas ia tentar uma coisa e com a ajuda do flautista Vladimir separou a galera e fez uma grande batalha.

Podemos com tudo isso concluir que com certeza esse foi o melhor show do ano em BH, e que a banda como todo está de parabens pelo nivel do evento e principalmente pelo grande carisma e humildade de todos os integrantes e que aquele sentimento de desconfianca que alguns estavam no inicio se transformou no sentimento que valeu cada centavo pago.

Espero apenas que essa baixa media de publico nao desanime os organizadores e que em breve possamos presenciar outro evento nesse nivel.

Parabens à banda e aos organizadores.

Nota final: 9
Por: Matheus H. Guerra

Acesse tambem: warmetalbh.blogspot.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 29 de abril de 2012

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Arkona"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Arkona"

SlipknotSlipknot
Veja membros atuais sem máscara

AngraAngra
Aquiles detona ex-companheiros de banda em workshop

QueenQueen
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

5000 acessosDeep Purple: a contestada entrevista na Globo em 20065000 acessosJoão Gordo: Crente? Vai tomar no cu quem tá acreditando!5000 acessosSlipknot: Joey Jordison revela o verdadeiro motivo de sua saída5000 acessosLegião Urbana: "Faroeste Caboclo" com censura da Globo5000 acessosPaul Di'Anno: "Drogas vão cobrar seu preço! Veja meu exemplo!"5000 acessosRoots Bloody Roots: versão arrasadora com Soulfly e Igor Cavalera

Sobre Matheus H. Guerra

Mineiro de Belo Horizonte, 25 anos, apreciador do verdadeiro metal desde os 16 anos de idade iniciou sua vida musical como guitarrista da banda Mist Descendants, onde saiu após dois anos para se dedicar a outros projetos, hoje é guitarrista e vocalista das bandas Dark opus e Crux Cullum, contribui com a cena metal sendo editor dos blogs WAR METAL e WAR METAL AGENDA organiza shows em BH, tais como WAR METAL e junto a produtora União Headbangers foi um dos responsáveis pela apresentação do HORNA em BH no DESTROYER FESTIVAL em outubro de 2011 e WAR METAL II em dezembro do mesmo ano.

Mais matérias de Matheus H. Guerra no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online