Matérias Mais Lidas

João Gordo: quando ele brigou com Sérgio Mallandro na TV e o Bozo teve que apaziguarJoão Gordo
Quando ele brigou com Sérgio Mallandro na TV e o Bozo teve que apaziguar

Steven Adler: por que ele não ligou por Axl transar com sua namorada em Rocket QueenSteven Adler
Por que ele não ligou por Axl transar com sua namorada em "Rocket Queen"

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda

RATM: Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarraRATM
Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarra

Metallica: papagaio metaleiro vai ao delírio ouvindo Enter SandmanMetallica
Papagaio metaleiro vai ao delírio ouvindo "Enter Sandman"

Sepultura: Gloria Cavalera xinga e rebate Derrick Green após entrevistaSepultura
Gloria Cavalera xinga e rebate Derrick Green após entrevista

Nirvana: sobre o que Kurt Cobain canta em Smells Like Teen Spirit, segundo GrohlNirvana
Sobre o que Kurt Cobain canta em "Smells Like Teen Spirit", segundo Grohl

Jon Schaffer: semanas após a prisão, ele ainda está vendo o Sol nascer quadradoJon Schaffer
Semanas após a prisão, ele ainda está vendo o Sol nascer quadrado

Marilyn Manson: Vou contar ao FBI tudo o que sei, diz atriz que se relacionou com eleMarilyn Manson
"Vou contar ao FBI tudo o que sei", diz atriz que se relacionou com ele

Offspring: O retorno após 9 anos, traz novo som e maturidadeOffspring
O retorno após 9 anos, traz novo som e maturidade

Judas Priest: quando eles negaram música a Top Gun e apostaram em filme que fracassouJudas Priest
Quando eles negaram música a Top Gun e apostaram em filme que fracassou

Van Halen: quando eles tocaram Jump desastrosamente fora do tom em 2007Van Halen
Quando eles tocaram "Jump" desastrosamente fora do tom em 2007

AC/DC: por que Angus Young usa uniforme escolar no palco - e de quem é a ideiaAC/DC
Por que Angus Young usa uniforme escolar no palco - e de quem é a ideia

Lollapalooza: jornalista diz que festival será adiado para 2022, sem o Guns N' RosesLollapalooza
Jornalista diz que festival será adiado para 2022, sem o Guns N' Roses

Neil Peart: por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike PortnoyNeil Peart
Por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike Portnoy


Stamp

Brujeria: Artilharia pesada para um público insano em BH

Resenha - Brujeria (Music Hall, Belo Horizonte, 19/04/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luiz Figueiredo
Enviar Correções  

Quinta-feira de fila longa na Avenida do Contorno dobrando a esquina com Avenida Winston Churchill, bairro Santa Efigênia. O motivo disso? Apresentação do Brujeria. A lendária banda de grindcore levou um público grande no Music Hall, no último dia 19 de abril.

Mesmo sendo no meio de semana em que todos teriam que trabalhar no dia seguinte, os horários de início às 20h não foram cumpridos. A bilheteria, para os que ainda não tinham ingresso, só abril às 21hs e a entrada só foi permitida também neste horário. Mas este período de espera foi bem preenchido pela cervejinha vendida do lado de fora, uma das marcas de qualquer show na capital mineira.

publicidade

Mas a noite começou a ficar quente quando o Colt 45 subiu ao palco e distribuiu seu peso com muita qualidade técnica para o público que neste momento enchia a casa. O gutural impecável de Marcelo Santana impressiona pela agressividade que imprime no som do grupo. Literalmente fez o público bater cabeça e gritar pelo nome da banda.

Um momento engraçado aconteceu quando o baterista Vinícius não esperou Marcelo anunciar o nome completo da música "The Exhumed Leprous Body... In London" e começou a tocar. Todos da banda ficaram parados e riram quando Marcelo pediu calma ao batera, e fez o anúncio pela segunda vez. Ao fim da execução desta música, Vinícius foi apresentado como novo baterista do Colt 45, e emendou uma exibição solo. A banda mostrou, em mais um show, que leva o trabalho com muito profissionalismo e qualidade instrumental. Fizeram um show excelente que foi bastante elogiado pelos presentes.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Na sequência uma banda de Brasília, a Possuído Pelo Cão, banda de Pedro Poney (Violator) e Túlio (DFC). Outro show de altíssima qualidade. Um thrash metal velocíssimo que fica ainda mais agitado com a correria que Poney arruma no palco. Além do clássico do Slayer, The Antichrist, o Possuído pelo Cão completou com 14 músicas seu setlist. Incluindo a sátira "Semen Churches" que, unida a outras como a própria "Possuído pelo Cão", levou o público a um nível acima da loucura e insanidade.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Os próprios integrantes da banda brasiliense pediram, com muito humor e ‘zuação’, claro, para que o pessoal pegasse pelo menos um pouco mais leva com as rodas de mosh e o crowding surfing. Mas nem adiantou falar, a coisa até mesmo piorou no show seguinte. Pobres seguranças que, além de terem que segurar os "surfistas de multidões", precisam segurar a frágil, e vergonhosa, grade para que a mesma não caia com a pressão do público.

A fragilidade da grade já é problema antigo em shows no Music Hall. Antes que haja um problema mais sério, como, por exemplo, danos físicos aos espectadores, a produção dos shows ou a equipe da casa deveria trocar por uma grade própria para esse tipo de eventos.

Bruxaria

Finalizado o agitado show do Possuído Pelo Cão, estava na hora de la gran atracción de la noche… a grande atração era o… Deixe-me lembrar… foi o Brujeria. A demora que levou da banda de Brasília aos ‘mexicanos’ foi muito grande, bem maior que a demora para mencionar aqui o nome do headliner. Infelizmente, pela demora, algumas pessoas não puderam esperar o show e deixaram o Music Hall sem ver a quadrilha comandada por Juan Brujo.

O relógio marcava 0h30 quando os bandidos subiram ao palco com artilharia pesada para os ouvidos de um público insano. A escalação no palco era a seguinte: El Cynico à extrema direita do palco escondia o conhecido Jeff Walker (Carcass), na outra extremidade o guitarrista Guero El Viey (informação retirada do blog ‘O Curupira’), ao fundo o "pequeno" Hongo Jr. na batera e no front Juan Brujo apoiado pelo seu braço direito Fantasma e depois Pinche Peach se juntou ao bando.

Muita polêmica envolve a proposta do Brujeria. Letras ligadas ao tráfico de drogas, os próprios integrantes serem ‘traficantes mexicanos’, considerarem como líder, na letra de "El Patron", o conhecido traficante Pablo Escobar... "o rei da cocaína; o pai dos pobres", como diz a música. Enfim, muito humor e mais "zuação" marcam o show do início ao fim, além é claro do som violento mesclado a passagens que faziam Juan Brujo até ensaiar passinhos desajeitados parecidos um pouco com samba no palco e os três do front fazendo dancinhas sincronizadas.

Mas o público não parava ao som do death executado. As rodas estavam cada vez mais violentas e não era diferente com os crowding surfers que pegavam ondas cada vez maiores. Trabalho pesado mais uma vez para os seguranças que precisavam evitar a subida desses malucos no palco e segurar a grade que devia segurar o público. Por fim, eles venceram, pois não deixaram ninguém subir ao palco.

O setlist apesar de ter 19 músicas teve exatamente 1h de duração. Pouco tempo, mas grande abrangência, todos os grandes clássicos da banda foram curtidos por quem lotou a casa. Uma apresentação muito boa em que era possível ver nos músicos o prazer em estar ali em cima, isso é transmitir para o público e o espetáculo fica completo.

Matando Gueros fechou a noite com Juan Brujo empunhando seu facão sujo de sangue e afiadíssimo. Mas essa foi a última música executada pelos mexicanos, quem fechou a noite mesmo foi a música "Hey Marijuana" saindo do som, no ritmo de Macarena, para legalizar o cigarrinho do capeta no recinto.

Setlist COLT 45:
1. Divine Human Disease
2. Cativeiro
3. The Exhumed Leprous Body... In London
4. Solo Vinícus (bateria)
5. A Subjective Disembowelment
6. Grind
7. Troops of Doom (Sepultura cover)
8. Juggernaut

Setlist POSSUÍDO PELO CÃO:
1. A Marcha do Cão
2. Ugly Inside Too
3. Air Mail Surgery
4. Catholic Beast
5. Demo(n)cracy
6. Policial de Cu
7. Grey World (AA)
8. Too Fast Too Die
9. The Antichrist (Slayer cover)
10. Toxic Possession
11. Mosh Jocks
12. Anarco-M-Cops
13. Semen Churches
14. Blame Satan
15. Possuídos Pelo Cão

Setlist BRUJERIA:
1. Pito Wilson
2. El Desmadre
3. Cuiden
4. Marcha De Odio
5. Colas De Rata
6. Cruza La Fronteira
7. Mecosario
8. Vayan Sin Miedo
9. Brujerizmo
10. La Migra
11. Anti-Castro
12. Revolution
13. No Acceptan
14. Hechando Chingazos
15. Division De El Norte
16. La Ley De Plomo
17. Angel De La Frontera
18. Consejos Narcos
19. Matando Gueros
20. Hey Marijuana (Som)