RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemO que faltou para o Overkill entrar no "Big Four" do thrash, segundo D. D. Verni

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo


Inferno Club: se fazendo presente no dia 25 de março

Resenha - Nervosa, Desalmado, Forka (Inferno Club, São Paulo, 25/03/2012)

Por Rodrigo Noé de Souza
Fonte: Esporro Público 2012
Postado em 01 de abril de 2012

O dia 25 de março (que data mais famosa!) poderia ser um dia qualquer. Porém, foi marcado como o dia em que cinco bandas de Metal Brazuka invadiu o Inferno. Não, não estou falando desse inferno. É o famoso INFERNO CLUB, localizado na Rua Augusta, na capital paulista. Lá foi realizado um festival pra deixar qualquer mortal maluco. NERVOSA, DESALMADO, FORKA, LAMA NEGRA e OLIGARQUIA tiveram seus papéis fundamentais para mostrar as desgraças sonoras que tiveram a honra de dilacerar.

A primeira do dia (ou da noite?) foi a OLIGARQUIA, tradicional representante do Death Metal, com fortes influências do CANNIBAL CORPSE, OBITUARY e KRISIUN. Pelo jeito, eles estavam com muito sangue pra derramar naquele recinto. Toda a banda estava mais brutal do que nunca, especialmente os guitarristas Guilherme e Pancho, que solavam e fritaram seus dedos. Panda não mostrou piedade com seu kit. Perfeito do começo ao fim.

Outra banda a seguir foi a LAMA NEGRA, com seu Thrash Metal de primeira, cantado em português. Com certeza, a proposta da banda é fazer todo mundo moshar, pogar e agitar a cabeça até ficar com torcicólo, porque o som é demais. Alex Coelho (ex-ANDRALLS) destaca em seus solos, enquanto o vocalista Tiago Morelli berra feito urso. Só faltava ele dar um mosh sob a platéia.

Mais uma vez os headbangers não estavam afim de descanso, pois o FORKA quer mesmo é acabar com as vidas que restam no lugar. Pela energia que eles despejaram, só posso dizer uma coisa: ninguém está vivo. Pois os caras estavam pirados de tão perfeitos. Ronaldo Coelho dá uma canja de sangue, enquanto os seus companheiros ora pulavam, ora faziam caretas para o público. Mais uma prova do porque eles surgirem no ABC paulista. A banda tinha acabado de voltar da Bahia. Pelo jeito, eles estavam arretados. Pra salpicar mais ódio mandaram suas versões de Propaganda (SEPULTURA) e Rainning Blood (SLAYER).

O INFERNO CLUB recebeu mais uma banda underground, o DESALMADO. Com seu Grindcore afiado, o quinteto fincou pancadaria de deixar qualquer reles mortal num ataque de nervos. Enquanto a banda destilava seu veneno, só a baixista Maria Piti permanece na dela, tocando muito e agitando pouco. O vocalista Caio parece que tomou algo que não fez bem, pois gutura como um cão. Pra quem curte NAPALM DEATH, EXTREME NOISE TERROR e TERRORIZER, DESALMADO é um prato bom de se degustar.

Assim que o tempo passava, chegou a vez da mais nova revelação do Metal Brazuka: NERVOSA. Formada por Fernanda Lira (BX/V), Prika Amaral (G/BV) e Fernanda Terra (BT), as gatas fincaram um Thrash Metal de deixar pirados, tamanha a desenvoltura dessas. Fresquíssimas por suas conquistas mais recentes, elas mostraram que não estão de brincadeira. Seu set foi baseado na demo que está por vir, alem das cover de War Inside My Head (SUICIDAL TENDENCIES), You Suffer (NAPALM DEATH) e Black Magic (SLAYER). Sempre carismática, Fernanda brincou com os fãs e com os roadies. A seguir tocaram Time of Death, Urânio Em Nós, Invisible Opression e a play que virou seu primeiro vídeoclipe, Masked Betrayer. Essa virou clásica de imediato. Parabens pra elas e para as bandas que fizeram a festa do Metal Brazuka.

[an error occurred while processing this directive]

[an error occurred while processing this directive]

Oligarquia é Formada por Max (v), Guilherme e Pancho (g), Artour (bx) e Panda Reis (bt).

Lama Negra é Tiago Moreli (v), Alex Coelho Silva e Dhiego Lúcio (g), Anderson Veiga (bx) e Rodrigo Rossi (bt)

Forka é Ronaldo Coelho (vocals), Samuel ´Pastor´ Dias (guitars), Alan Moura (guitars), Ricardo Dickoff (bass)e Rodolfo Salviato (drums)

Desalmado é Caio Augusttus - Vocals, Estevam Romera - Guitars, Maria Piti - Bass, Ricardo Nutzmann - Drums, Bruno Teixeira - Guitars.

[an error occurred while processing this directive]

[an error occurred while processing this directive]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don't Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun.
Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza.