Resenha - Krisiun (Music Hall, Belo Horizonte, 07/01/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gisela Cardoso
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Após quase três anos, a banda gaúcha de Brutal Death Metal, Krisiun, retornou à capital mineira, no dia 07/01, realizando uma apresentação de divulgação de seu novo trabalho, "The Great Execution". Em meio à agressividade de seu som, o grupo gaúcho pôde perceber a empolgação da plateia em veneração à sua performance.

Krisiun: banda anuncia turnê na Europa com 32 datas em 32 diasSasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

Após terminada a apresentação de abertura da banda belo-horizontina Tormento, não demorou muito para que os gaúchos do Krisiun ocupassem os seus lugares. Na primeira parte, o grupo mesclou novas músicas com os clássicos já conhecidos. "Kings Of Killing", "Combustion Inferno", "The Will To Potency", "Vicious Wrath" e "Sentenced Morning" foram as primeiras do setlist do trio que conta com Alex Camargo (vocal/baixo), Max Kolesne (bateria) e Moyses Kolesne (guitarra).

Dando ênfase aos clássicos, o público não poderia ficar parado. A agitação e a empolgação agressiva dos headbangers presentes eram nítidas. Sendo o último show de sua tour brasileira, o trio soube se superar cada vez mais ao longo de sua apresentação de encerramento.

Seguindo com o show,o Krisiun não se preocupou em seguir o seu novo trabalho na íntegra. "Descending Abomination", "Hatred Inherit", "Slaying Steel", "Bloodcraft", "Black Force Domain" e "Minotaur" deram continuidade.

Durante a performance, pôde-se notar uma certa harmonia entre a banda e o público que lotou o Music Hall. A comunicação entre ambos era clara. Após anos sem retornar a Belo Horizonte, o grupo foi muito bem recebido pelo seu público mineiro.

"Ravager","Slain Fate" e "Apocalyptic Victory" fecharam o repertório antes da banda sair do palco.

Em geral, o Krisiun recebeu boas-vindas calorosas do público mineiro que já espera um próximo retorno do grupo a Belo Horizonte. Com seu setlist composto na maioria por clássicos,a banda encerrou com chave de ouro a sua tour pelo Brasil e honrou o seu nome mais uma vez em terras mineiras.


Outras resenhas de Krisiun (Music Hall, Belo Horizonte, 07/01/2012)

Krisiun: Abrindo temporada musical de peso em Minas GeraisKrisiun: uma devastação sonora intensa, muito intensa




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Krisiun"


Krisiun: banda anuncia turnê na Europa com 32 datas em 32 dias

Krisiun: homenagem a Andre Matos no Dia Internacional do RockKrisiun
Homenagem a Andre Matos no Dia Internacional do Rock

Krisiun: se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa, diz MoysesKrisiun
Se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa, diz Moyses

Metal Brasileiro: As 10 melhores bandas segundo o site OC WeeklyMetal Brasileiro
As 10 melhores bandas segundo o site OC Weekly

Krisiun: Edu Falaschi não viveu o undergroundKrisiun
"Edu Falaschi não viveu o underground"


Sasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinilSasha Grey
Sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

Astros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?Astros mortos
Como estariam alguns se ainda estivessem vivos?

David Bowie: a última foto pública e a última foto privadaDavid Bowie
A última foto pública e a última foto privada

Metallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TVLemmy Kilmister: "Esta coisa de Black Metal me faz rir!"Loudwire: as dez melhores bandas da era GrungeGuns N' Roses: banda se separou por causa de Michael Jackson, diz empresário

Sobre Gisela Cardoso

Headbanger, Jornalista, Crítica de Metal, vocalista, instrumentista, anarco-comunista, vegetariana, apaixonada por Mitologia Nórdica e adoradora do Deus Metal. A música me move e as palavras constroem! @GisaGrind.

Mais matérias de Gisela Cardoso no Whiplash.Net.