RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemFatboy Slim confessa ter se arrependido de conhecer David Bowie pessoalmente

imagemA influente banda que acabou causando a "separação" do Guns N' Roses

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemO megahit dos Beatles inspirado em desenho de amiguinha do filho de John Lennon

imagemOzzy Osbourne é contemplado com dois Grammy na edição de 2023 do evento

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemAs polêmicas escolhas do Nirvana para o "MTV Unplugged in New York"

imagemAs 5 bandas confirmadas no Summer Breeze Brasil que não tocarão em outras cidades

imagemO hit da Legião Urbana que Renato Russo considerava "pretensioso e babaca"

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemNovo álbum do Angra será o melhor da era Fabio Lione, segundo Felipe Andreoli

imagemLendário empresário do Kiss se manifesta sobre acusações de playback de Paul Stanley

imagemKiss: Segundo Gene Simmons, Ace Frehley votou pela demissão de Peter Criss, em 1980

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos


Stamp

Blaze Bayley: mostrando potencial sem as amarras do Maiden

Resenha - Blaze Bayley (Bueiro do Rock, Teresina, 01/04/2010)

Por Igor Soares
Postado em 05 de abril de 2010

Blaze Bayley, alguns amam, muitos odeiam e uma boa parcela após mais de uma década está aprendendo a gostar... Independentemente de se falar bem ou mal, Blaze é um vocalista que dispensa apresentações.

Fotos: Juscelino Ribeiro Jr

O eterno ex-vocalista do Iron Maiden desembarcou no Brasil para mais uma turnê, dessa vez para divulgar o recém lançado "Promise and Terror", sexto disco de sua carreira solo. A chegada ao país parece ter sido um pouco confusa e conturbada, após horas e horas em meio a atrasos nos aeroportos brasileiros, Blaze chegou à capital do Piauí vindo praticamente do avião direto para o palco do Bueiro do Rock, que antes da banda britânica ainda viu o ótimo show dos teresinenses do Hevora, que aqueceu o público na noite chuvosa da capital do Piauí com seu Heavy Metal literalmente destruidor, apresentando músicas como "Disciples of Hevora", "Damned from the River", "The Disaster" e "Wings Aflame".

Após uma longa espera, eis que surgem Blaze Bayley, os guitarristas Nico Bermudez e Jay Walsh, o baixista David Bermudez e o baterista Claudio que substitui Lawrence Paterson afastado da turnê devido a problemas de saúde. A matadora "Madness And Sorrow" abriu o show com seus riffs rápidos e diretos e logo nos primeiros versos foi emocionante ouvir ao vivo a inconfundível voz de Blaze Bayley, que agora sem as amarras que o limitavam no Iron Maiden, pode mostrar o real potencial de sua voz. A ótima e cativante "Voices From The Past" continuou a fantástica sequência alternada de músicas dos dois últimos discos de Blaze, "City Of Bones", "Blackmailer", "Faceless" e "Smile Back At Death" mostraram ao público que certamente valeria a pena ter enfrentado a forte chuva daquela noite e deixado de viajar no tradicional feriado da "Semana Santa".

Confesso que fiquei um pouco decepcionado por Blaze não tocar mais músicas do álbum "Blood & Belief" nesta turnê, mas a faixa título estava no set e foi oferecida "a todos que possuem uma banda e dão seu sangue por ela." Logo depois, foi a vez de relembrar as antigas "The Launch" e "The Brave" ambas do primeiro álbum Silicon Messiah lançado em 2000.

"As vezes na vida você tem que se arriscar para chegar onde você pensa que deveria estar... dê seu primeiro passo para dentro do desconhecido... Dê um salto de fé!" Os versos da faixa "Leap of Faith" do album Tenth Dimenson de 2003 talvez resumam as escolhas feitas por Blaze após sua saída do Maiden e o quanto ele lutou e continua lutando pra superar todos os problemas pessoais e decepções de sua carreira, a interpretação nesta música foi carregada de emoção e mostrou ao público um lado de Bayley que muitos não conheciam. Na sequência mais uma dobradinha dos dois últimos discos, a forte "Letting Go Of The World" e "Waiting For My Life To Begin", a primeira com um recado claro para aqueles que ainda falam mal de Bayley sem ao menos conhecê-lo "Reject me, they don't know who or what I am... I don't care who they are".

Quem acompanha a carreira solo de Blaze, sabe que ele sempre manteve uma postura absolutamente digna após sua saída do Iron Maiden, e sempre fez questão de agradecer a chance que teve ao lado dos ex-companheiros, sem jamais criticá-los, ao contrário de um outro ex-vocalista da Donzela. Talvez por isso, seja bem mais legal poder ver e ouvir este cara cantando músicas como "Lord Of The Flies" e "Futureal" que quase fizeram vir abaixo o local do show, tamanha foi a histeria e loucura que tomou conta do pequeno, porém barulhento público no Bueiro do Rock. O mais legal desta parte do show, foi ver a galera gritando "Blaze, Blaze, Blaze!!!" ao invés do óbvio coro com o nome da antiga banda de Bayley, nesse momento percebi um sorriso sincero e emocionado do vocalista que agradeceu o carinho dos fãs e na sequência mandou ver com mais duas músicas do disco "The Man Who Would Not Die" a faixa título e a pesadíssima "Robot".

O show já poderia acabar ali, era clara a satisfação do público, todos se cumprimentavam e sorriam mostrando a alegria de ter visto um grande show! Mas pra fechar com chave de ouro, Blaze ainda mandou ver mais uma do Iron Maiden, "Man On The Edge" que foi cantada em uníssono por todos os presentes. Fantástico!

No set, ainda podíamos ver "Kill And Destroy" que infelizmente não foi tocada, talvez devido ao atraso do início do show, e a necessidade de rumar em direção à Fortaleza que receberia o Messiah na noite seguinte. Mesmo com os problemas e o visível cansaço, Blaze e os demais membros da banda sem estrelismos, fizeram questão de cumprimentar todos os fãs, um a um, tirar fotos e autografar CDs e DVDs.

[an error occurred while processing this directive]

[an error occurred while processing this directive]

[an error occurred while processing this directive]

[an error occurred while processing this directive]

[an error occurred while processing this directive]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2

Blaze Bayley: as 10 músicas preferidas do Maiden que ele não canta

Blaze Bayley: dentro ou fora do Maiden, Bruce Dickinson sempre o apoiou


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Soares

Brasiliense de nascimento e piauiense de coração, Igor é Geógrafo e Desenvolvedor Web. Acessa o Whiplash.Net desde os primórdios e o Iron Maiden, sua banda favorita, é uma das razões dele ter se tornado colaborador do site.
Mais matérias de Igor Soares.